01/12/2016

[ RESENHA ] Entre o Sol e a Lua

Título:  Entre o Sol e a Lua
Autora: Ana Ferrarezi
Páginas: 516
Editora: Novo Século (Talentos da Literatura Brasileira)
Estrelas: 4.2/5
Livro: Cortesia da autora.

Joana cresceu em uma cidade no interior de São Paulo e, para dar um novo rumo à sua tumultuada vida, aceita um emprego em uma multinacional no Rio de Janeiro. Enquanto ela enfrenta os desafios desta nova fase, Cauã – entidade do Sol – a reencontra e a reconhece como o amor milenar dele. Joana não tem conhecimento de que é a personificação de uma importante entidade milenar, representada pela Lua, tampouco tem ideia de que agora faz parte de uma perigosa batalha entre entidades indígenas e de que irá se deparar com inimigos inimagináveis. Surge entre eles uma paixão sem limites. No entanto, Cauã precisará unir forças para proteger a sua amada. E quebrar o encantamento que o impede de estar ao lado dela. Afinal, se o Sol precisa de Cauã para existir, ele precisa de Joana para viver. Num enredo intrigante e mágico, Entre o Sol e a Lua dá vida a personagens míticos e à encantadoras lendas, parte do folclore brasileiro ainda pouco explorado: a mitologia tupi-guarani.


É um livro bem diferente do que estamos acostumados a ler. E isso é no sentido bom. Com misturas de romance, fantasia e folclore brasileiro, Entre O Sol e a Lua veio para desmitificar que cultura brasileira é ruim. Leia esse livro e descubra como nosso país é rico em mitologia.

Esse primeiro volume da série Esmeralda, nos traz a história de Jaci e Guaraci. Jaci e Guaraci são respectivamente a Lua e o Sol, duas entidades que se amavam e resolveram se materializar em humanos para concretizar e pode viver esse amor. Porém acontecimentos passados fizeram eles se separar, fazendo com que quando Jaci retornasse em corpo humano não lembrasse nada do seu passado e nada do seu Guaraci. Atualmente Guaraci com nome de Cauã está esperando há 500 anos o retorno da sua amada e está despedaçado. Joana, que detém Jaci no seu meio, não desconfia nada disso quando é contratada para trabalhar na empresa do seu futuro amado. O que eles não esperavam é que para ficarem juntos, teriam vários percalços.



Quando iniciei o enredo tive o completo medo de não saber lidar com essa lado da nossa cultura que eu não conhecia. Porém a autora, já ganhando um ponto positivo, nos começa mostrando um conto que está presente no prólogo sobre Guaraci e Jaci para nos situarmos no que seremos apresentados e não por satisfeito, temos um glossário e termos próprios que nos ajuda e muito durante a leitura.

Com suas mais de 500 páginas a trama não se prende apenas em certo gênero. A todo instante temos aventura, temos romance e temos a fantasia muito bem representada. E isso enriqueceu muito a escrita junto com a história. Quando pensamos que uma situação iria decorrer e autora iria por um ponto final, ela desmembra, faz revirar e nos vemos em uma nova situação. A pesquisa com certeza foi grande porque apesar de a todo momento sermos apresentados a nova entidades, a novos elementos, a narrativa possui uma amarração. Nenhum elemento foi colocado e ficou sem resposta.


" — Estou lhe dizendo isso, meu amigo, para alertá-lo sobre a felicidade. Ela é como a água. Quando a gente acha que capturou, ela escorre entre as mãos." 

A interação também dos personagens é bem cativante. Quando conhecemos os principais e alguns secundários, de alguma forma todos já tinham alguma ligação de amizade, ou romance, ou de ser conhecido. E isso é muito benéfico para também o leitor se conectar. Destaque para o Gabriel, que representa Rudá - a entidade do amor, que dá os toques a mais em tudo que decorre.

E o romance que move barreiras e move mundos é tocante.  É surpreendente o quanto você fica encantando com tudo que a Ana nos traz. E percebe o quão pouco da cultura brasileira você conhece. Ela avisa no início que pediu licença poética para desfigurar um pouco os contos, mas ao decorrer elas nos apresenta um pouco dos originais e isso é fantástico. O que podemos também citar é o quão descritiva os acontecimentos são. Não é feita de forma exagerada, e sim com o ponto exato para não exaurir o leitor.



E eu tenho que confessar que a capa é belíssima. Representa nós, representa o que nos é contado. A narrativa é feita de forma alternada entre os pontos de vistas dos protagonistas em primeira pessoa e alguns pontos de vistas de personagens secundários em terceira pessoa.

Foi uma surpresa positiva a leitura e o quão ela é maleável no sentido de que não é só fantasia, não é só romance como já tinha dito.  Ela é muito mais que isso e nos traz conforto de ler. Este é o primeiro livro de quatro da série Esmeralda e ele te convida a conhecer mais nosso Brasil.


"O coração anda no compasso singular. Único. Um sentimento não reconhece o conceito da razão. A relação direta do tempo com a intensidade do sentimento. A paixão simplesmente acontece e domina nossa vida sem que o tempo tenha qualquer relação com isso. Simplesmente não se consegue aguardar. Subitamente, se torna uma necessidade fisiológica." 

35 comentários:

  1. Completamente apaixonado pela premissa desse livro! A nossa mitologia é muito mal explorada mesmo, seja por falta de publico ou até preconceito religioso. É gratificante ver que a autora não apenas usou nossa mitologia como base, como fez isso certo. Certamente na lista de prioridades para 2017!

    Abraços
    Fábio - lupiliteratus.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, acho a mesma coisa, até porque nossa cultura mistura religiões. Sim, eu gostei demais! E não vai se arrepender :D

      Excluir
  2. Menina eu tenho tanta vontade de ler esse livro que você nem imagina, é uma obra diferente do que costumo ler e ser que seria uma ótima pedida, além do mais tenho uma admiração muito grande pela autora, ela parece ser uma fofa, adorei a foto e dica anotada.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho visto algumas divulgações desse livro e fiquei muito curiosa com ele e agora que li a sua resenha eu fiquei ainda mais. A trama parece ser confusa em alguns momentos mas acho que isso não deve atrapalhar a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, então eu acho que a trama não parece ser confusa, porém como é muita informação nova mais uma relação sendo criada e alguns mistérios no meio, tem muito coisa para se falar que seu falasse iria estragar a leitura. Tente ler, sério, é uma narrativa bem diferenciada :D

      Excluir
  4. A mistura dele me instingue! Sinceramente, imagino que a leitura tenha sido a base de surpresas. Quem sabe eu não leio um dia.
    Gostei da sua resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, foi a base de surpresas porque até então eu não conhecia quase nada do que era apresentado (algumas passagens tem folclore clássico que eu nem sabia). Obrigada :D

      Excluir
  5. Olá, tudo bem?
    Owmm eu amei a premissa desse livro. Só dele ser bem diferente de tantas "copias" que vemos por ai, já ganhou a minha afeição. Dica anotadissima. Amei a sua resenha. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, de fato é uma história única do que estamos acostumados a ler. Obrigada :D

      Excluir
  6. Oie!
    Eu ainda não conhcia esse livro, e gostei bastante de saber que traz romance e fantasia.
    Eu não tive a oportunidade de ler, mas fiquei bem curiosa para ler o livro. Uma ótima indicação.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, indico muito para quem gosta dos dois gêneros.
      Beijos!

      Excluir
  7. Oi, ja vi um pessoal comentando dele, sério, ele parece ser muito bom. Ja me apaixonei por ser fantasia. Vou adiantar minhas leituras pra ir atrás dele hahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adianta mesmo e não vai se arrepender hahaha
      Beijos!

      Excluir
  8. Olá, Carool! À medida que lia seu texto, fiquei me perguntando como é que demoraram tanto a pensar nisso! Sabemos pouco sobre as lendas tupi-guarani e, a partir da sua narrativa do trabalho da Ana, deu para perceber o quanto é possível encontrar inspiração nelas. Espero encontrar este livro para ler. E uma curiosidade: todos os livros da série Esmeralda terão a mesma inspiração de "Entre a Sol e a Lua"? Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi exatamente a mesma coisa que pensei. Ou o meu mundo é bem pequeno e nunca encontrei esse tipo de história, ou deixam de explorar um mundo riquíssimo. Acredito que sim Beta, terão a mesma inspiração que é o folclore. :D

      Excluir
  9. Gente eu não sabia desse livro e amei a proposta. Fiquei super curiosa para conhecer mais da cultura do meu país. Quando inciei a leitura estava receosa, mas conforme fui lendo me peguei super empolgada para conhecer esse casal! <3

    Beijinhos e até logo!
    Ameeeeeeeeeeeei a dica! <3 <3 <3

    ResponderExcluir
  10. Que legal, primeira vez que vejo um folclore tão brasileiro ser explorado em uma obra, já me interessei :D

    ResponderExcluir
  11. Pelo visto temos um enredo bem rico né? Que bom ver nosso folclore sendo retratado e enriquecido. É tão difícil ver nossa cultura assim. Só por isso eu já leria. A capa está muito bonita mesmo, concordo.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim um enredo bem rico em detalhes. Exatamente, me encantei porque é são raros livros desse tipo.
      Beijos!

      Excluir
  12. Olá, tudo bem?

    É a primeira vez que vejo esse livro, não conhecia e achei interessante pelo fato de misturar romance com fantasia, outro detalhe, essa abordagem do folclore me atraiu. Achei a capa muito legal e sua resenha ficou muito boa, me interessei e vou adicionar na lista de possíveis compras.
    Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada e sim a mistura é bem fascinante :D
      Beijos!

      Excluir
  13. "Entre O Sol e a Lua veio para desmitificar que cultura brasileira é ruim"
    Já adorei daí. Menina, que livro fantástico! Apesar de não gostar muito de mitologia esse me chamou bastante a atenção.
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredite, você vai ficar de queixo caído quando ver essa mitologia, dê uma chance :D
      Obrigada!

      Excluir
  14. Olá,
    Estou aqui babando pela sua resenha e pelo livro!
    É muito difícil encontrarmos alguma obra que fale sobre nossa mitologia e isso com certeza já é um ponto positivo. A autora parece descrever com maestria e fiquei muito curiosa para conferir esses toques de aventura, fantasia e romance que a obra apresenta.
    A capa é extremamente bela e estou ansiosa para saber quando o próximo volume irá ser lançado!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada haha <3 Então o próximo volume ainda não sei quando será lançado mas creio que seja ano que vem :D

      Excluir
  15. Olá,

    Li esse livro essa semana e tivemos impressões bem parecidas, me diverti muito com o livro e adorei o folclore brasileiro ganhando vida nessa história, realmente ficou excelente todo o enredo.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom, então temos gostos e visões parecidas <3 Sim é muito divertido :D

      Excluir
  16. Oiii Ana, tudo bem? Não conhecia esse livro! Achei a premissa mega instigante e gostei muito da sua resenha. Acho que iria gostar da leitura também. Só desanima saber que é uma serie :/

    ResponderExcluir
  17. Adorei a ideia desse enredo. Acho super válido explorarem nossa cultura. Conheço muito bem a história de Jaci, então, seria uma ótima oportunidade saber o que a autora desenvolveu nesse romance. A capa é realmente muito bonita. Adorei.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  18. Oi, adorei a premissa do livro e tua resenha me deixou completamente curiosa. Ja li outra autora Nacional que mostra lendas da nossa cultura e isso se torna algo extraordinário, porque podemos perceber o quanto nossa cultura é rica ,porém pouco apreciada. Dica super anotada, espero poder ler em breve. bjs

    ResponderExcluir
  19. Olá, já faz algum tempo que pretendo ler este livro, sua resenha só me deixou ainda mais animado para começar logo esta leitura. A forma como ela traz temas misticos, lendas conhecidas de uma maneira tão romanceada, me encantou, me encantei ainda mais pels personagens tão bem trabalhados.

    ResponderExcluir
  20. Oie! Que irado! Uma série que livros que vai mostrar nosso folclore, com isso nossos autores nacionais ganham um espaço e nossa cultura e história ficam ainda mais vivos na memória dos leitores. Quero muito acompanhar essa série, já curti e vou anotar sua dica.

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Achei muito interessante essa proposta da autora de misturar fantasia com o nosso folclore, com certeza deu uma diferenciada nos livros desse gênero. Curti muito a ideia e fiquei bem interessada em realizar essa leitura futuramente.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo