08/01/2018

32 [ RESENHA ] Cicatrizes

Título: Cicatrizes (Torn #1)
Autora: K.A. Robinson
Editora: Fabrica 231
Páginas: 288
Estrelas: 4/5
Livro: Cortesia da Editora

Foram poucos os relacionamentos de Chloe até a chegada à universidade. Ela escolheu ingressar na West Virginia e cursar Psicologia pela oportunidade de permanecer perto de Amber, a melhor amiga, e Logan, o fiel escudeiro e amigo desde os tempos de ensino médio. Chloe nunca teve uma boa convivência com a mãe, drogada e desequilibrada. Mas justamente no primeiro dia de aula, o destino de Chloe começa a ser traçado em outra direção. É quando ela senta ao lado de um típico bad boy tatuado, piercings nos lábios e nas sobrancelhas. O coração bate mais forte, a respiração fica alterada, e a boca seca. Drake Allen é o motivo. Dono de um mustang e vocalista da banda Breaking the Hunger, o rapaz é bastante assediado pelas fãs e não se prende a ninguém. Drake não resiste à troca de olhares com Chloe, quando se esbarram pela primeira vez na sala de aula. É o início de uma relação com muitos obstáculos, movida por desejo e paixão intensos. Mas Drake se declara num momento em que Chloe, desiludida, resolve ceder aos encantos de Logan, o melhor amigo, que há anos nutre um amor platônico, e que finalmente tem coragem de se declarar.
Seria válido trocar um amor seguro por um músico bad boy, ou mais cômodo manter a amizade disfarçada de namoro? De um lado, Logan, lindo, gentil e carinhoso. De outro, Drake, uma paixão rude e avassaladora. Mas por que será que os caminhos do coração indicam sempre as curvas mais tortuosas? Chloe decide então seguir em frente na busca pela felicidade, mas não contava que o passado voltaria a bater em sua porta.


Para Chloe Richards, a palavra amor materno não existe, pelo menos não em relação à sua mãe biológica.  Engravidara aos 17 anos, ia a muitas festas e como resultado de uma noite de drogas e álcool com um homem que ela não se lembrava, Chloe nasceu.  Na gravidez, ela não usava drogas, mas continuava a fumar e beber, fazendo com que sua filha nascesse prematura. Ao invés de mudar os seus hábitos e ter uma vida diferente ao lado da sua única filha, ela voltara a ir a festas e usar drogas, ficando dias ou semanas fora de casa, deixando Chloe com pessoas estranhas. Quando Chloe completara sete anos, sua mãe passara a levá-la junto, deixando-a sozinha por horas, mas essa ainda não era a pior parte, e sim, quando ela se ressentia por Chloe ter nascido e começava a agredi-la junto com algum namorado que ela levava para casa.
E assim a tortura se seguia, até que no primeiro ano do ensino médio, sua mãe começou a sumir por vários meses, até que ela passou a visitá-la apenas uma vez no ano. Com isso, os pais de Amber, sua melhor amiga desde o ensino fundamental, cuidaram dela como se fossem sua filha e aos 14 anos, Chloe decide morar com eles.   

Nunquam Amavit- Nunca Amada

Estas duas palavras sempre estariam gravadas no seu interior, como um lembrete do seu passado cruel, cujo medo de que algum dia ele voltasse a assombrá-la era tão grande a ponto de fazê-la mudar da sua cidade natal em Charlestown para Morgantown. Onde ela poderia ter uma vida nova, ingressando na Universidade West Virgínia para estudar Psicologia, morando no alojamento da faculdade junto com seus dois melhores amigos Amber e Logan.

Logan é um dos caras mais gatos que Chloe já vira. Meigo, bonito e sarado. Ele e Chloe se conheceram no ensino médio e não se desgrudaram mais desde então. Ela até tinha uma queda por ele na época do colégio, mas a paixão se tornara amizade com o tempo. E assim como Amber, Logan também presenciara as crueldades que a mãe de Chloe fazia com ela, a ponto de ter se tornado bem protetor quando alguém tenta magoá-la.


Faltando apenas um minuto antes da aula começar, os dois veem duas carteiras vazias na última fila e logo se sentam. Ao colocar a bolsa no chão, Chloe tem a inocente ideia de olhar para o cara do seu lado, e é a partir daí que a sua vida começa a ficar complicada. Pois além do seu coração quase parar, ela fica de cara com o bad boy mais lindo da sua vida.

“Nunca tinha visto um homem tão lindo em toda a minha vida. Enquanto Logan era todo tranqüilo e doce, o outro era o perfeito bad boy. O cabelo era muito escuro, quase preto, e caía nos olhos e pelo rosto, meio despenteado, mas muito charmoso. Não consegui ver a cor dos olhos, mas pareciam tão escuros quanto o cabelo. Notei piercings na sobrancelha e no lábio, e algumas tatuagens nos braços que apareciam pela manga da camisa. Olhando fixamente as tatuagens, imaginei se ele teria outras escondidas por baixo da camisa.”

Seu nome era Drake Allen e sentindo que estava sendo observado, ele a encara de volta com um sorriso tão descarado que faz Chloe desviar o olhar, envergonhada por ter sido pega no flagra. Esse jogo continua pelo resto da aula, Chloe sentia os olhos dele em sua direção, mas se recusava a olhá-lo. Drake estava fumando, parado perto do pátio da faculdade quando Chloe e Logan passam por ele. Com isso, Drake começa a encará-la com um sorriso malicioso, fazendo Logan ficar irritado.

“ –Chloe, você é maluca. Qualquer um que tenha olhos pode ver que você é linda. Eu ia dar uma resposta sarcástica, mas ele me interrompeu. –Claro, até você abrir a boca. Aí, eles fogem apavorados. Dei um soco em seu braço. –Eu tenho uma personalidade maravilhosa, muito obrigada! Ele riu da minha expressão desapontada. –Estou brincando. Mas, sério, você é incrível, Chloe. Espero que ele realmente não tenha ficado a fim de você porque eu não gostei dele.”

Mas Chloe rapidamente o tranquiliza, pois ela sabia que um cara do estilo de Drake, nunca ficaria interessado nela. Tremendo engano! Para descontrair e esquecer o ocorrido do primeiro dia de aula, Chloe decide ir a uma festa numa das casas da Irmandade com Amber, ela só não sabia que além de conhecer uma das Bandas mais incríveis que ela já ouviu chamada Breaking the Hunger, também descobriria que o vocalista era ninguém menos que Drake Allen. E que outra vez, estava encarando-a do palco. Sua cabeça estava confusa sobre ele, e encará-lo não estava ajudando em nada, por isso ela decide ir embora mais cedo.

Estando um pouco alterada por conta das bebidas que tomara na festa, Chloe caminha em direção ao alojamento quando a ponta do seu salto prende numa rachadura da calçada, fazendo com que seu corpo curvasse para frente e ela caísse de cara e com a bunda empinada para o ar, dando um belo show para quem estivesse atrás dela, pois para o seu azar ela estava usando uma calcinha fio dental.  

E quem seria o ser que misteriosamente aparece para salvá-la? É claro que é o Drake! Depois do momento constrangedor, ele resolve lhe dar uma carona para o alojamento. Os dois começam a falar sobre a banda e ele rapidamente a convida para vê-los tocar num bar da cidade. A partir deste dia, os dois começam uma amizade divertida e bem diferente da que ela tem com Amber e Logan, pois estava na cara que os dois estavam atraídos um pelo outro, mas ela não sabia se o que Drake sentia era sério.

“-Ah, ela faz ameaças. Agora estou com medo. Mostrei a língua para ele enquanto me virava para frente da sala, tirando o livro da bolsa. –Você deve ter medo mesmo. Drake ficou em silêncio por um momento, então me virei para ele de novo e parei de respirar ao ver seu olhar. Era como se ele quisesse me devorar ali mesmo e engoli em seco. –Que foi? Ele se curvou um pouco ao falar. –Mostre a língua de novo e vamos ver o que acontece. Minha boca se abriu e rapidamente virei o rosto enquanto o professor entrava na sala. Depois que a aula começou, tentei ignorá-lo, mas era impossível. Eu não conseguia parar de olhá-lo e sempre o pegava me encarando com aqueles olhos cheios de desejo. Eu me remexi na carteira, pouco à vontade, e ele sorriu.”

 Com isso, também vinha o problema de que Chloe não consegue mais tirá-lo da cabeça, ela se sentira atraída logo na primeira vez que o vira, com o seu charme e sorriso malicioso. Mas ao conhecê-lo melhor, os seus sentimentos estavam começando a ficar mais fortes.

Essa amizade acaba irritando Logan, que não estava gostando nada dessa aproximação dos dois. E Drake rapidamente percebe que Logan sentia muito mais por Chloe do que apenas amizade, fazendo-a refletir sobre o seu relacionamento com Logan. Mas se o que Drake diz for realmente verdade, isso iria mudar tudo.

Logan finalmente revela o que sente por Chloe e ela se vê dividida entre esses dois homens que são tão diferentes um do outro e ao mesmo tempo são muito especiais na sua vida. E ela não gostaria de perder nenhum dos dois.   

Além de lindo, Drake era um bad boy e o vocalista da banda mais famosa da Universidade, ele sabia o efeito que causava nas mulheres e obviamente usava isso a seu favor, exalando sensualidade por onde passava. Mas será que ele seria capaz de largar todas para ficar com Chloe?
Já Logan, era gentil, protetor, romântico e sempre esteve ao seu lado. Será uma decisão difícil, mas que mudará para sempre o seu relacionamento com eles, se será para bem ou mal, só lendo para descobrir!

Eitaa, um triângulo amoroso! Mas na verdade não é bem assim haha, conforme eu lia, dava para perceber claramente por quem Chloe estava realmente apaixonada e quem ela amava apenas como amigo, mas o seu medo em arriscar algo que no final poderia machucá-la, a faz tomar uma decisão precipitada. E é aí que começa o drama, confesso que fiquei bem indignada com algumas decisões que ela tomou e me via gritando com a personagem durante a leitura haha.

 A história é tão viciante que quase li em um dia, gostei do Drake logo de cara pelo seu jeito descarado de dizer as coisas haha, o Logan é um fofo e muito encantador, Amber é uma amiga muito louca e divertida, como toda melhor amiga deve ser haha. O livro é narrado em primeira pessoa pela Chloe, descobri que esse é o primeiro livro da série Torn, mas por enquanto apenas o segundo livro foi lançado aqui no Brasil e eu já estou ansiosa para ler as continuações. Vale a pena conferir!



32 comentários via Blogger
comentários via Facebook

32 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Já vi bastante este livro por aí e tenho bastante curiosidade de ler. Adorei tua resenha, parece ser uma estória muito boa!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! Que bom que você gostou, é sim. Espero que você possa ler um dia. Bjss!

      Excluir
  2. Oiie, tudo bom? Amei a resenha e estou com vontade de ler, os quotes estão ótimos também ^^ Muito bom a resenha, fiquei curiosa para ler. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! Obrigada, fico feliz que você tenha ficado com vontade de ler. São mesmo, né? Haha foi difícil escolher quais eram os três melhores para colocar na resenha haha. Bjss!

      Excluir
  3. Eu ainda não conhecia o livro, mas depois da sua resenha. É óbvio que quero conhecer! Você ainda selecionou aqueles quotes que deixam a gente com ainda MAIS vontade de ler! Adorei a resenha, me deixou curiosa, empolgada e já com "raivinha" da Chloe, que parece ser confusa. Adorei a dica e já a anotei!

    Abraços,
    https://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é o primeiro volume da série Torn. Aaah que bom que ficou curiosa. Simm, era essa a minha intenção haha. Pois é, tive que ter bastante paciência com a Chloe haha. Bjss!

      Excluir
  4. Eu super leria esta história. Imagino o sofrimento da personagem na infância e como ela luta para fugir dele =/.
    Gostei da proposta e da resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clayci! Aaah que ótimo! É muito triste mesmo, mas graças aos amigos, ela conseguiu seguir em frente. Obrigada <3! Bjss.

      Excluir
  5. Parece ser uma ótima pedida para quem gosta desse tipo de leitura linda, quem sabe trocar por alguém não tão conhecido seja uma má ideia hahaahaha gostei de saber o seu passado e sei que me emocionaria.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Morgs! Com certeza. Pois é, o Drake não parece ser uma boa escolha de início haha, mas ele irá surpreender. Espero que goste da história, bjss!

      Excluir
  6. Oi, Jennifer!
    A história não me chamou tanto a atenção, talvez por estar já saturada desse estilo de triângulo amoroso, ou quase triângulo. rsrs Mas gostei da sua resenha, acho que vale a leitura. Bjos!
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lucy! Te entendo totalmente haha, às vezes é cansativo mesmo. Obrigada e espero que você possa lê-lo um dia. Bjss!

      Excluir
  7. Oi, tudo bem? Já li algumas resenhas sobre esse livro, mas já faz algum tempo. Confesso que não é o tipo de livro que leio com frequência, new adults geralmente me irritam por trazerem tanta desgraça com propósitos tão bobos (fragilizar o leitor, vender tragédias como desculpas para os comportamentos ridículos das personagens etc). Não leria, mas sei que na época do lançamento muita gente gostou muito.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nina! Sério? Eu ainda não tinha lido as resenhas desse livro. Pois é, depende muito do leitor.

      Excluir
  8. Oi Jennifer, tudo bem? Achei bem interessante a proposta do livro e o drama envolvendo o enredo, mas no momento estou em uma pegada fantasia e romance mais leves. Acho que nós leitores temos fases, ao menos eu sou assim.

    Beijos,
    Blog Luna literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Júlia! Te entendo, com certeza. Espero que você tenha a oportunidade de ler um dia. Bjss!

      Excluir
  9. O enredo inicial parece ser bem dramático e eu já odiei a mãe de Chloe sem ler o livro. Agora fiquei tão dividida quanto a moça em relação a esses rapazes. Espero que os demais livros da série sejam tão bons quanto este parece ser, se tiver a oportunidade adoraria ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É simm. Pois é, os dois são incríveis haha. Fiquei com pena tanto da Chloe quanto do Drake e do Logan. Eu também estou ansiosa para ler as continuações. Espero que você goste da história tanto quanto eu, bjss.

      Excluir
  10. Oi Jennifer, você é das minhas, vivo brigando com alguns personagens também kkkkk
    Tem gente que decididamente não nasceu para ser mãe né? Adorei a dica e vou colocar na lista.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Tem umas personagens que dá vontade de entrar no livro pra dar uns chacoalhões hahahah!
    Ainda não li este livro, mas adoro a premissa dele e espero conseguir ler futuramente.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oieee, infelizmente só de ler a sinopse já sei que não seria o tipo de leitura que procuro, muito clichê, quando começa a descrever o bad boy cheio de pircings e tatoos....

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Oii
    Imagino que deva ser uma leitura viciante mesmo, adoro enredos assim e tenho quase certeza que vou amar esse livro quando o ler. ADorei sua resenha.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  14. Olá, acho linda a capa desse livro. Bom saber que ele é tão viciante assim, mas não sei se gostaria desse triângulo amoroso onde o coração da protagonista já fez a escolha mas ela não quer aceitar ainda.

    ResponderExcluir
  15. Olá! Logo de cara, só pela sinopse, já amei! Adoro esses livros que são viciantes e que vc não consegue largar! hahaha Com toda certeza vou anotar aqui na minha lista pra ler depois!

    Um beijo, Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  16. Eu não gosto de triângulos amorosos, mas foi bom você explicar que a mocinha deixa seu interesse claro, mas mesmo assim sinto q sentiria raiva lendo . haha. Porque imagino algumas atitudes que não vou gostar. kk sou dessas. Adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  17. Olá Jennifer, apesar dos seus comentários bem positivos não consegui ficar empolgada para lê-lo, mas sem duvida deve ser uma ótima leitura para fãs do gênero.

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Quero ler esse livro. O título ja chama atenção e todo esse drama ao longo do desenrolar da história me atraí muito pra leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    Achei que se tratava de algo mais profundo, mas parece mais do mesmo, um ney adult com premissa idêntica aos demais, infelizmente não me chamou a atenção.

    ResponderExcluir
  20. Um livro com um dilema clássico. Gostei. Leio de tudo e vou anotar este título.

    ResponderExcluir
  21. Olá Jennifer, tudo bem?
    Eu nunca quis ler esse livro, mas achei a sua resenha muito interessante, apesar de não ter simpatizado com a personagem, sabe? Eu estou um pouco cansada com essas coisas de triângulo amorosos, principalmente, por o envolvimento não ser convincente, sabe?
    No mais, acho que talvez eu possa anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Olá, não conhecia essa obra e gostei bastante do enredo que você apresentou. É com bastante frequência que leio obras e não fico muito feliz com alguns personagens.

    Abraços

    ResponderExcluir
  23. Ola
    Interessante, que bom que vc gostou da leitura, mas no momento não é algo que procuro , então vou deixar para uma leitura futura.
    Bjus

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ 2018 - Todos os direitos reservados ♥ imagem-logo