28/06/2017

[ SORTEIO ] Resistência

Olá meus queridos colecionadores!
Hoje em parceria com a editora maravilinda Rocco estaremos sorteando o livro Resistência que se passa durante a segunda guerra mundial e vai contar a história triste e perturbadora de duas irmãs gêmeas - Confira a Resenha - ... 
Vamos ao sorteio?


São apenas 2 regras obrigatórias e uma delas é você colocar um e-mail válido, sério genteeee, tá muito fácil. Cumprindo as duas regras obrigatórias outras extras serão destravadas automaticamente e vocês terão ainda mais chances de ganhar.

REGRAS: Para participar é mega fácil, só tem duas entradas obrigatórias, que são as primeiras e o restante é extra (o que significa que você vai ter mais chances de ganhar!)

a Rafflecopter giveaway

ATENÇÃO!!!

26/06/2017

[ RESENHA ] Uma Longa Jornada Para Casa

Título: Uma Longa Jornada Para Casa
Autor: Saroo Brierley
Editora: Record
Páginas: 229
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da Editora
A história que deu origem ao filme Lion: uma jornada para casa, com Dev Patel. Aos 5 anos, Saroo pede ao irmão mais velho que o deixe acompanhá-lo à cidade onde ele passava os dias em busca de dinheiro e comida. Durante a viagem, o menino adormece. Ao despertar, confuso, se vê sozinho na estação de trem. Ele não sabe onde está o irmão, mas vê um trem parado. Imaginando que Guddu poderia estar lá dentro, Saroo embarca no vagão, e isso o faz atravessar a Índia. Sem saber ler nem escrever, e sem ideia do nome de sua cidade natal ou do próprio sobrenome, ele é obrigado a sobreviver sozinho nas ruas de Calcutá até ser levado para uma agência de adoção e ser escolhido por um casal australiano. Os anos se passam e, ainda que se sinta extremamente agradecido pela nova oportunidade que os Brierleys lhe proporcionaram, Saroo não esquece suas origens. Até que, com o advento do Google Earth, ele tem a oportunidade de procurar pela agulha no palheiro que costumava chamar de casa, e investiga nas imagens de satélite os marcos que poderia reconhecer do pouco que se lembra de sua cidade. Um dia, depois de muito tempo de procura, Saroo encontra o que buscava, mas o que acreditava ser o fim da jornada é apenas um novo começo.





Saroo tem três irmãos, Guddo, o mais velho, Kallu, o segundo, e Shekila, a bebezinha caçula. Sua mãe, Kamla, por ter sido abandonada pelo marido que decidira arranjar outra esposa, trabalhava como operária no canteiro de obras para conseguir sustentar sua família, às vezes até em outras cidades. Passando vários dias fora. Ao atingir os 10 anos, Guddu também arranjara um emprego como lavador de pratos em um restaurante. Então, a incumbência de cuidar de Shekila, ficara com Saroo que tinha apenas três anos na época.

 Morando em um bairro muito pobre, cujas casas eram apertadas e de péssimas condições, eles viviam cada dia como se fosse o último, sem pensar no futuro. A tarefa de cada um era sair para conseguir dinheiro ou comida, dividindo o que conseguiam no final do dia, mas também era muito comum a família passar fome. Mesmo sendo muito novo, Saroo também queria ajudar, e quando seus irmãos estavam em casa, eles saiam para pegar ovos ou tomates em fazendas vizinhas, às vezes até corriam perigos que quase lhes custaram a vida. Nessa hora eu me perguntava, mas ninguém cuidava dessas crianças? Por ser um bairro com muitas pessoas, era raro as crianças ficarem sozinhas sem nenhum responsável.

“No nosso segundo lar, vivíamos sozinhos, porém mais apertados. Nosso apartamento era um dos três que ficavam no andar térreo de um edifício de tijolos vermelhos. Tinha, portanto, o mesmo chão de lama e esterco de vaca. Assim como a casa anterior, tinha apenas um cômodo, com uma lareira em um canto e um tanque de barro no outro, onde bebíamos água e às vezes nos lavávamos. Na única prateleira existente, mantínhamos nossa roupa de cama. As paredes estavam sempre caindo aos pedaços — às vezes, eu e meus irmãos arrancávamos um tijolo e ficávamos espiando o lado de fora pelo buraco, antes de colocá-lo de volta no lugar. Em geral, o clima na nossa cidade era quente e seco, exceto durante o período das monções, quando chovia muito. Nas grandes colinas ao longe, nascia o rio que atravessava os velhos muros da cidade. No período das monções, o rio transbordava de seu leito e inundava os campos adjacentes — costumávamos esperar até que ele recuasse quando as chuvas paravam, pois assim as águas ficavam mais calmas e podíamos tentar pegar pequenos peixes para comer. Na cidade, o período de chuvas também significava que a passagem sob a ferrovia ficava alagada e, portanto, inutilizada. A passarela era um dos nossos lugares favoritos para brincar, apesar da poeira e do cascalho que caíam em cima da gente quando o trem passava.”
Resultado de imagem para Uma Longa Jornada Para Casa LIVRO

Entretanto, por mais que tudo parecesse desagradável, eles eram razoavelmente felizes, embora desejassem, é claro, que as coisas fossem diferentes. Não tinham dinheiro para pagar os estudos, e apesar de tudo, a família era muito unida, Kamla é uma mãe amorosa e gentil, e quando ela não estava em casa, os irmãos cuidavam uns dos outros. Aos 14 e 12 anos, Guddu e Kallu começam a passar pouquíssimo tempo em casa, pois sobreviviam vasculhando em busca de coisas para comer e dormindo em estações de trem. E quando Saroo faz quatro anos, seus irmãos, às vezes, o levavam junto. Para ele, era como se seus irmãos vivessem uma aventura e tivessem liberdade para fazer o que quisessem, e apesar dele adorar cuidar de Shekila, isso era tudo o que ele queria.

23/06/2017

[ RESENHA ] A Rainha Vermelha


Título:  A Rainha Vermelha
Autor: Victoria Aveyard
Editora: Seguinte
Páginas: 422
Estrelas: 5/5
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?

Um breve gostinho da história:

Em um mundo dividido pelo sangue, onde os poderosos prateados comandam e os vermelhos são servos dos prateados, Mare Barrow é uma vermelha.

Os vermelhos são feitos de servos pelos prateados, pois eles, não possuem poderes como estes, ou seja, enquanto os prateados governam e tem diversos poderes diferentes, os vermelhos são apenas humanos normais.

Mare é uma garota que nunca se encaixou nos padrões vermelhos. Nunca foi boa em servir, nunca encontrou algo que de fato soubesse fazer para servir a monarquia;então ela passa os dias roubando para ajudar sua família a sobreviver. Mas nada pode livra-la de ir parar no exército do rei quando completar 17 anos. 
E antes disso seu pai, vai ir lutar contra o exército de outros reinos prateados que querem roubar as terras dos seus reis.

Resultado de imagem para a rainha vermelha livro

Mare sempre teve um instinto protetor, e quando descobre que seu pobre amigo Kilorn será mandado para a frente de batalha, ela deseja fugir com ele para protege-lo de tal futuro, pois ela está certa de que Kilorn não resistiria ao exército e suas guerras. 

Sendo assim, decide fugir com Kilorn, mas como tudo esta cercado pelo rei e seus sentinelas, fica mais difícil escapar. Sendo assim ela precisa de ajuda de pessoas do mercado negro para atravessa-los de barco. Quando eles lhe cobram um preço absurdo para transporta-los, Mare sabe que não poderá conseguir esse dinheiro roubando os pobres vermelhos que ela costuma roubar. 

22/06/2017

[ RESENHA ] Soppy

Título: Soppy
Autora: Philippa Rice
Editora: Rocco
Páginas: 112
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da Editora
Soppy os pequenos detalhes do amor, de Philippa Rice, é uma reunião de bem-humoradas tirinhas criadas a partir de momentos da vida real da designer britânica com seu namorado. Bastante popular na web, com mais de meio milhão de postagens no Tumblr, Soppy conquistou as redes sociais com declarações de amor escondidas nos detalhes do cotidiano de um relacionamento, como dividir uma xícara de chá, a leitura de um livro ou comentários irônicos à frente da TV numa tarde chuvosa.


Hoje a resenha está recheada de fofura genteee!!!
Meu primeiro HQ e ele é simplesmente M-A-R-A-V-I-L-I-N-D-O ... Estou apaixonada!
Soppy é um livrinho todo ilustrado, com poucas a partes escritas. Vamos acompanhar uma história de amor de um casal super fofo. Eles se conhecem, começam a namorar, tem sua primeira viagem e depois decidem morar juntos. 


19/06/2017

[ RESENHA ] A Magia da Raposa

Título: A Magia da Raposa (Foxcraft #1)
Autora: Inbali Iserles
Editora: Rocco
Páginas: 272
Estrelas: 4/5
Livro: Cortesia da Editora
Destemidas, solitárias, trapaceiras, pouco confiáveis... Seja em fábulas ou ditos populares, o imaginário coletivo não tem sido muito generoso com as raposas. A inglesa Inbali Iserles, uma autora premiada e apaixonada por animais, convida os leitores a conhecer melhor esses seres incríveis com a série Foxcraft, uma emocionante trilogia de fantasia protagonizada por uma raposa filhote. Isla vive nos limites das terras dos sem-pelo (os humanos) e está começando a desenvolver suas habilidades. Um dia, ao retornar para sua toca, ela está em chamas e cercada por raposas estranhas. E sua família não está em lugar nenhum. Forçada a fugir, Isla escapa para o frio e cinza mundo dos sem-pelo e é caçada por um inimigo cruel. Para sobreviver e encontrar sua família, Isla precisará dominar a antiga arte das raposas – poderes mágicos conhecidos apenas por elas – e desvendar os segredos da Foxcraft.

Vamos conversar sobre um livro fofo... Muito fofo. 
Isla é um filhote de raposa que vive com a família (pai, mãe, irmã mais velho e sua avó) nos limites da Terracinza (cidade dos humanos).
Ela sempre se diverte com o irmão Pirie por quem tem um carinho muito grande. Os dois são inseparáveis, estão sempre junto brincando e praticando a caça, mas Isla não é tão boa quanto Pirie.



“Você é muito ousada, Isla, muito destemida para esse mundo”

Uma família de raposas felizes, que se protegem e se amam muito. Tudo estava perfeito, até Isla ficar para trás na volta para casa... Ao chegar em sua toca ela não encontra sua família... Todos desapareceram misteriosamente, nem sinal de seus pais, ou do seu querido e amado irmão... Isla entra em desespero e se vê obrigada a fugir quando se depara com raposas estranhas ali perto de sua casa. E a raposinha acaba tendo que ir para Terracinza onde vivem os sem-pelo e onde ela encontrará muito perigo e se sentirá sozinha.

[ RESENHA ] Inesquecível

Título: Inesquecível #1
Autora: Jessica Brody
Editora: Rocco
Páginas: 335
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da Editora
Após um acidente aéreo, uma garota é encontrada ilesa e sem memória em meio aos destroços em pleno oceano Pacífico. Ela não estava na lista de passageiros da aeronave e seu DNA e suas impressões digitais não são reconhecidos em nenhum lugar do mundo. Sua única esperança é um garoto estranho e sedutor que afirma conhecê-la. E que eles eram apaixonados um pelo outro. Mas será que ela pode confiar nele para recuperar seu passado e descobrir quem ela realmente é?


Uma garota é encontrada no meio do oceano Pacífico entre os destroços de um avião que havia caído ali. O estranho é que ela é a única sobrevivente e não sofreu nenhum arranhão. O único problema é que ela perdeu toda memória. 
Ao ser resgatada, ela é levada para um hospital e sua foto logo vai parar nos noticiários de tv.
 Uma garota de uma beleza impecável, e o que intriga a todos é que seu DNA e impressões digitais não são reconhecidos em nenhum lugar, além disso ela não estava na lista de passageiros. 


Logo ela passa a ser conhecida como Viollet, por ter olhos dessa cor. Até conhecer um garoto que aparece misteriosamente em seu quarto no hospital, ele revela que eles se conhecem, que são alma gêmeas e que ela está em perigo, logo depois ela desaparece.
A garota é mandada para uma família adotiva provisória enquanto procuram algum parente, logo ela conhece Cody, seu irmão adotivo provisório, um garoto de 13 anos muito inteligente e que irá ajudar muito a linda garota de olhos violeta. 

[ COMUNICADO ] Uma semana sem post?



Olá pessoal!
O blog ficou 7 dias sem posts e venho aqui para justificar.
Não vou entrar em detalhes, mas enfim...

Meu dia dos namorados foi terrível... Meu baby (Enzo) caiu, (foi algo bem leve mesmo) ele caiu em pé, e começou a chorar e perdeu o fôlego e desmaiou... Ver meu bebê de 1 aninho desmaiado foi TERRÍVEL.  Ele ficou cerca de 1 minuto e meio inconsciente, graças a Deus e a meu pai que conseguiu ir fazendo respiração boca boca e trazê-lo de volta. Fomo para o hospital, ele ficou em observação por 10 horas e ficou tudo bem. 
Ele só está gripadinho, e por conta de todo esse acontecimento não tive cabeça para atualizar o blog. Mas estarei voltando aos poucos. Não sei se vai ter post toda a semana, mas daqui a pouco sai um post maravilhoso.

Agradeço a todos desde já.

Beijinhos 

12/06/2017

[ RESENHA ] O Livro de Sangue e Sombra

Título: O Livro de Sangue e Sombra
Autora: Robin Wasserman
Editora: Fantástica Rocco
Páginas: 384
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da Editora
Quando tudo parecia caminhar bem, um atraso para um encontro muda a vida de Nora Kane para sempre. Seu melhor amigo, Chris, está morto; a namorada dele, Adriane, em estado catatônico; e Max, o príncipe encantado de Nora, desaparecido. Mas o que parecia um pesadelo ruim o suficiente, fica ainda pior quando Max se torna o principal suspeito do crime. Desesperada para provar a inocência do namorado, a jovem, que trabalha num projeto de pesquisa traduzindo antigos manuscritos do latim, segue a trilha de sangue sem se importar com o destino final. E ele vai levá-la dos Estados Unidos à histórica Praga, e ao centro de um enigma que inclui uma teia obscura de sociedades secretas movidas pela ambição de encontrar a Lumen Dei, uma misteriosa máquina que contém a receita para o conhecimento supremo e para a comunhão com o divino, e que estaria enterrada num manuscrito de centenas de anos.
 


O assassinato do melhor amigo, mistérios e enigmas, duas sociedades antigas e com objetivos diferentes, uma que busca o Lumen Dei, uma máquina que dá ao ser humano a possibilidade de entender a língua dos anjos e conversar com Deus.
E a outra quer impedir que este valioso objeto seja encontrado, a caça à este tesouro está prestes a começar. Contudo, o que poucos sabem é que este pode transmitir o caos e a tragédia não apenas aos envolvidos, mas também à toda humanidade.

Tudo isso começa a fazer parte da vida de Nora Kane. Mas por que isso está acontecendo com ela?  Para que possamos entender tudo, a nossa personagem principal decide contar tudo antes da morte de Chris Moore, seu melhor amigo e vítima neste jogo pelo poder do conhecimento divino.

“Mas começar com aquela noite, com o sangue, significa que Chris jamais passará deum cadáver, sangrando sobre o mármore travertino de sua mãe; Adriane não será nada além de uma maluca inexpressiva, tremendo e lamentando, suas roupas encharcadas com o sangue dele, seu rosto pálido com aquele corte vermelho de uma lâmina em sua bochecha. Se eu começasse aí, Max não passaria de uma lacuna. Espaço vazio; vácuo e vento.Talvez essa parte fosse apropriada. Mas não o resto. Porque esse não foi o começo, e muito menos foi o fim. Foi — veja aqui o raciocínio conclusivo e brilhante em ação — o meio. O centro de gravidade ao redor do qual todos nós espiralamos, mas nenhum de nós podia ver. O centro não pode se manter, Max gostava de dizer, naquela época em que as coisas eram novidade, e citar poesia parecia uma maneira irônica e adequada de declarar seu amor. As coisas desmoronam. Mas as coisas não desmoronam simplesmente. As pessoas as quebram.”


A vida de Nora sempre fora difícil e solitária após a morte de seu irmão, Andrew, num acidente de carro por dirigir bêbado. E ao se mudarem de Massachusetts para Chapman, seus pais tornaram-se muito distantes e ausentes para a sua única filha, era como se mesmo morto, eles o amassem mais.

11/06/2017

[ LANÇAMENTOS ] Editora Rocco - Junho

Olá pessoinhas queridas!

Hoje o post é especial, vamos conferir os lançamentos de junho da editora Rocco. Desde já alerto vocês prepararem o coração, pois os lançamentos desse mês estão maravilhosos, fortes emoções. Vamos lá?

JANE AUSTEN ROUBOU MEU NAMORADO - Cora Harrison
Baseado nos diários da escritora Jane Austen na adolescência, este divertido romance juvenil é uma história de aventura, mistério, fofocas e, claro, flertes e paixões. Uma das autoras mais queridas em todo o mundo, cujo bicentenário de morte ocorre este ano, Jane Austen (1775-1817) segue arrebanhando uma legião de fãs em pleno século XXI com romances nos quais retrata a sociedade inglesa de sua época com precisão e ironia. Em Jane Austen roubou meu namorado, a escritora irlandesa Cora Harrison recria, para os jovens de hoje, a atmosfera dos livros da própria Jane Austen mesclando ficção e dados reais, a partir dos diários da autora de Orgulho e Preconceito. O livro retrata as peripécias amorosas da futura escritora, que já se considerava uma especialista em assuntos do coração, e de sua prima Jenny. 


MEUS 15 ANOS - Luiza Trigo
Em Meus 15 anos, Bia sonha com uma festa de cinema para celebrar seu aniversário. Agora, o seu sonho está prestes a se tornar realidade, literalmente! Segundo livro da carioca Luiza Trigo, Meus 15 anos deu origem ao filme homônimo que estreia nos cinemas de todo o país no dia 22 de junho, com a estrela teen – e autora bestseller – Larissa Manoela no papel principal. Publicado pela Rocco em 2014, o romance ganha uma sobrecapa com o cartaz do filme, que promete arrastar uma multidão de fãs aos cinemas (e às livrarias)

09/06/2017

[ RESENHA ] A Herdeira do Vento e o Tesouro Celeste

Título: A Herdeira do Vento e o Tesouro Celeste #1
Autor: Jefferson Navarim
Editora: Multifoco
Páginas: 205
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia do Autor - pdf
A filha de um dos piratas mais cruéis que já existiu recebeu a pior das heranças. Agora dona de um aeronavio e líder de sua tripulação com uma longa vida de crimes, Ven Gaoithe ainda decidindo se deve ou não abandonar o caminho que lhe foi imposto, parte em uma jornada a procura do maior tesouro perdido da história. Em sua jornada cheia de traições e morte, ela encontra evidencias de que o mundo cheio de mistérios em que vive pode ser bem diferente do que todos imaginam e que os pecados de seu pai lhe assombrarão para sempre.
 


Um mundo onde a magia, células azuis e a guerra têm parte fundamentais nessa fascinante história, e com isso, Piratas; Reis; Bruxos; Sintéticos e seres mágicos são os personagens que compõem esse enredo envolvente na busca por um tesouro há muito tempo esquecido. Mas antes de eu falar sobre o tesouro, é preciso contar a história da nossa personagem principal primeiro, chamada: Ven Gaoithe. 

Desde que nascera, a vida de Ven sempre fora dentro do Fortuna de Cellis, o aero navio pelo qual seu pai, Mads “O Louco” Gaoithe, era o capitão. O apelido de Mads vinha com um motivo, ele não era apenas um pirata renomado, mas também um homem cruel, violento, ladrão e assassino. Mas havia apenas uma pessoa pelo qual ele amava acima de tudo, sua filha. Quando Mads não podia estar junto dela, ele exigia que Dimitri e Sokkan, cuidassem dela como se ela fosse filha deles, e assim como eram os fiéis amigos de Mads, eles também sempre tiveram muito amor por Ven. Mas nem sempre a vida da jovem fora fácil, sendo filha de quem era, Ven deveria aprender a se defender caso o Fortuna fosse atacado. Então, ela fora treinada para a guerra desde que seu corpo fosse capaz de aguentar o treinamento. Contudo, nada do que ela aprendeu foi capaz de tirar o seu medo e de prepará-la para a batalha que ocorrera quando ela tinha onze anos.

Escondida num quarto, Ven não consegue ouvir os gritos de dor, barulhos de pólvora e o bater das lâminas por conta de uma goteira, que dava sinal de que uma tempestade estava correndo forte no lado de fora, mas nada a assusta mais do que o barulho da sua porta sendo esmurrada por alguém que tentava entrar para matá-la. Porém, Sokkan é mais rápido e à salva antes que o homem tentasse chegar perto dela. Ele lhe avisa de que Mads queria vê-la, e coberto de sangue, o pai da jovem entra no quarto mancando e segurando o abdômen sangrando com o braço esquerdo. 

"Ele abriu um sorriso largo que não parecia combinar com o seu rosto e ajoelhou-se, como sua filha, tocou o rosto dela e deu-lhe um beijo na testa. A face da criança sujou-se de vermelho e como se não por um acidente, ele terminou de passar sua mão por todo o lado esquerdo daquele pequeno e assustado rosto, da testa até abaixo dos lábios, deixando-a pintada, com a face rubra como se estivesse maquiada para a guerra e deixando também um gosto amargo e metálico de sangue em sua boca..-Você está ferido, pai? -Ah,esse não é o meu sangue- ele soltou seu abdômen ferido e passou a mão esquerda na outra metade do rosto da criança- esse é o meu. -falou, ainda encarando-a com aqueles olhos, como um demônio encararia algo belo."

Ele lhe conta que a partir daquele dia, não apenas Dimitri e Sokkan cuidariam dela, como também o Fortuna de Cellis e tudo dentro dele, seria dela. Havia muitos mortos no chão de madeira no Fortuna, assim como no aero navio inimigo, que estava completamente destruído. Enquanto os vivos ainda batalhavam, Mads também acabava com sua última vítima antes de cair por conta do grave ferimento.

07/06/2017

[ RESENHA ] Alquimia da Tempestade

Título: Alquimia da Tempestade (1 #1)
Autor: D.G.Ducci
Páginas: 105
Editora: 7Letras
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia do autor.
"Alquimia da Tempestade" não é uma obra de ficção, como nos diz o próprio autor, ao final do livro: trata-se de uma quase-autobiografia poética. O que diferencia esta obra de outras tantas coletâneas de poemas são as pistas deixadas, ao longo das páginas, de que se trata de uma jornada no estudo de poesia, na qual mescla-se o Romantismo ao clássico Árcade (“Eu, querida, não sou aventureiro” / “Eu, Marília, não sou algum vaqueiro”), ou à homenagem aos dois amores do soneto 144 de Shakespeare em “Dúbio guerreiro”. A maturação do poeta leva à alquimia de uma tempestade.
 


O livro começa com belas poesias falando sobre a vida do autor e seus desejos, como que ao tocar piano, imaginava-se cantando como Axl Rose, e mesmo que no final soasse fanho, era apenas para expressar o que sentia.
Poesias que parecem histórias de aventuras contendo temas como dragões, reis, cavalheiros e guerreiros que vão em busca de sua própria fé e honra. Contudo, como na última página o autor assinala que não é uma obra de ficção, e sim uma quase-autobiografia.  Ducci também constrói poesias em forma de críticas em relação ao mundo, a sociedade, a violência e a valorização da própria poesia. 



Temas como juventude, solidão, sonhos e morte, cuja escrita se torna mais sombria. Também há um tema que chamou muito a minha atenção durante a leitura. Sobre as três diferentes formas de poesia construídas em relação à mulher.  Nas primeiras páginas, ela é descrita de forma inocente no começo, mas ao despertar do desejo, a escrita muda descrevendo a beleza do seu corpo de uma forma sensual.  Já na segunda parte, a mulher é descrita como modelo e musa que desperta inspiração e adoração ao poeta. E na terceira, e última, ela é descrita como um ser quase inalcançável.

Porém, como estamos falando de poesia, o autor não poderia deixar de introduzir dois temas que se são maravilhosos e ao mesmo tempo angustiantes, como a paixão e o amor. Baseado nas experiências de Ducci, ele cita o amor como uma invasão, a esperança de um dia ter a mulher amada em seus braços é tão grande a ponto de enlouquecer. Adquirindo sofrimento e agonia a ponto de adoecer. 

06/06/2017

[ RESENHA ] Não Pare!

Título: Não Pare! (Trilogia Não Pare #1)
Autora: FML Pepper
Páginas: 280
Editora: Valentina
Estrelas: 5/5
Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas.
E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho!
Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a juventude.Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina!Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?Seria a Morte sua companheira para toda a vida?É chegada a hora da verdade.

 

A estória começa em Amsterdã, sabendo que haveria um showzinho prestes a começar na praça Dam, a predileta de Nina, sua mãe, Stela, a chamava eufórica para que sua filha se apressasse. E enquanto elas iam se aproximando, um artista de rua em sua exibição de facas voadoras, de repente lança um olhar estranho em direção a Nina, um pouco aéreo como se estivesse em transe. Ele começa a se movimentar com uma tremenda rapidez em direção a jovem.  As lâminas afiadas se chocavam, tornando as faíscas hipnóticas despertando gritos de delírio sobre a plateia que não percebia que havia algo de errado. Porém quando as facas se encontraram cada vez mais perto de Nina, ela ouve uma voz incisiva por trás dela mandando-a se abaixar.  E ao mesmo tempo em que ela se abaixava, Nina também se vira na busca pela voz que a alertou, porém ela percebe que não apenas não havia ninguém como também sente um vento frio passando pelo seu cabelo e uma ardência no pescoço, era sangue.


Todos na plateia a olhavam assustados, inclusive o exibicionista, de repente percebendo que uma das lâminas havia escapado de suas mãos. Se o reflexo de Nina não fosse tão rápido, a lâmina teria transpassado seu pescoço. Stela estava apavorada, com medo de que algo mais acontecesse a sua filha ela a puxa acelerada para longe da multidão. Nina não entendia o porquê de todo aquele alvoroço, para ela fora apenas um acidente e que agora estava tudo bem. Até que sua mãe lhe dá a notícia de que elas iriam se mudar outra vez, bastava algo ruim acontecer com Nina, o que também não era nada comum, que elas se mudavam como sempre aconteceu nas dezenas de cidades e países que tinham vivido nos últimos dezessete anos.

02/06/2017

[ SORTEIO ] A Poção Secreta


Olá, pessoal!
Hoje estamos sorteando um livro lindo especial para o dia dos namorados. Quero desde já agradecer a editora pensamentos por estar disponibilizando esse livro fofo para um de vocês. E para participar é muito fácil.



São apenas 2 regras obrigatórias e uma delas é você colocar um e-mail válido, sério genteeee, tá muito fácil. Cumprindo as duas regras obrigatórias outras extras serão destravadas automaticamente e vocês terão ainda mais chances de ganhar.

REGRAS: Para participar é mega fácil, só tem duas entradas obrigatórias, que são as primeiras e o restante é extra (o que significa que você vai ter mais chances de ganhar!)


  • O sorteio será encerrado dia 28 de junho. 
  • Entraremos em contato com o sorteado por e-mail (Então deixe um e-mail válido) o ganhador terá 48 horas para responder o e-mail, caso este não responda no prazo, será desclassificado e sortearemos outra pessoa.
  • A editora grupo editorial Pensamentos será responsável pelo envio do livro, mas não se responsabiliza por extravios ou algo parecido, muito menos se o ganhador nos mandar um endereço errado. 
  • Depois que o ganhador responder o e-mail com o endereço a editora terá  30 dias para enviar o livro.
  • Caso o ganhador não cumprir as regras também será desclassificado, e outra pessoa será sorteada.

Qualquer dúvida entre em contato pelo e-mail: colecoesliterarias@gmail.com 

Deixe um comentário dizendo se está ou não participando e nome de seguidor ♥

Boa Sorte!!!
© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo