14/12/2016

[ RESENHA ] Half Bad


Título: Half Bad
Autor (a): Sally Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 304 
Estrelas: 5/5 ♥
Nathan, filho de uma bruxa da Luz com o mais poderoso e cruel bruxo das Sombras. O adolescente vive com a avó e os meios-irmãos e é visto como uma aberração por seus pares. O Conselho dos Bruxos da Luz vê nele uma ameaça, que precisa ser domada ou exterminada. Prestes a completar dezessete anos – época em que todos os bruxos passam por uma cerimônia em que seu dom é finalmente revelado bem, como sua denominação como bruxo da Luz ou das Sombras –, agora Nathan terá que correr contra o tempo para achar o pai, que jamais teve oportunidade de conhecer, e salvar a própria pele.


Olá, leitores!


É um prazer passar aqui pra falar de um livro que eu adorei ler, que é o Half Bad, primeiro livro da trilogia Half Life. Eu comprei este livro em uma das promoções loucas que a Americanas faz, sabe? Mas eu não dava nadinha pra esse livro, eu achava que ia ser apenas mais um livro com uma história não tão original assim. O que me atraiu realmente foi a capa maravilhosa que esse livro tem e não vou mentir, acabei gostando da história logo que comecei a ler.

Half Bad foi escrito pela autora Sally Green, os outros livros da trilogia estão sendo publicados também pela Intrínseca aqui no Brasil. O segundo livro se chama Half Wild e foi publicado em 2015, se não me engano. O terceiro livro já foi lançado lá fora com o título de Half Lost, mas ainda não há uma previsão certinha de quando ele chega aqui no Brasil. Mas sem mais delongas, vamos saber um pouquinho mais dessa história? 

Logo nas primeiras páginas do livro somos apresentados à um mundo onde humanos e bruxos convivem juntos e nesse mundo existem dois tipos de bruxos: os Bruxos da Luz e os Bruxos da Sombra. Os Bruxos da Luz são tidos como os bonzinhos e pacatos da história e os Bruxos da Sombra são os "ruins" e perversos. Nathan, o narrador e personagem principal, é um meio-código. Meio-código é aquela pessoa que é tanto bruxo da luz quanto bruxo da sombra, Nathan herdou isso por causa de seu pai, que é um poderoso bruxo das sombras e o mais perigoso deles, e de sua mãe que foi uma bruxa da luz, mas acabou se matando pela vergonha de ter se envolvido com um bruxo da sombra e ter tido um filho com ele. Por isso, e também por ser o ÚNICO meio-código, Nathan é visto como uma anomalia por todos os Bruxos da Luz. 


É a partir daí que começam todas as contradições na história, apesar de todos os Bruxos da Luz se denominarem os bonzinhos e tudo o mais, eles não conseguem aceitar que Nathan viva no mesmo mundo em que eles vivem. Eles temem que Nathan esteja em contato com o pai e que juntos estejam tramando contra os Bruxos da Luz. Marcus, pai de Nathan, é apresentado como vilão da história porque ele já matou e roubou muitos Bruxos da Luz e ninguém nunca conseguiu o matar ou o prender.

"Desejado por nenhum. Caçado por todos."

Por causa de todas essas histórias em torno do Marcus, Nathan acaba sendo proibido pelo Conselho (que é quem manda e desmanda no mundo dos bruxos) de visitar locais públicos, de viajar, de fazer amizades ou até mesmo conversar com Bruxos da Luz. Apesar disso tudo, Nathan ainda tem a companhia da sua família, que é composta pela sua avó e seus dois meio-irmãos. Juntos, eles conseguem proteger e orientar Nathan para que ele não faça nada de errado.  


Nesse mundo de Bruxos da Luz e Bruxos das Sombras, nenhum jovem abaixo dos 17 anos é considerado um bruxo por completo. Para que você seja considerado um bruxo de verdade, você precisa receber três presentes e um poder no seu aniversário de 17 anos, esse poder o manterá vivo como bruxo e evitará que você morra, e ele vai te classificar como Bruxo da Sombra ou Bruxo da Luz, na ausência desse poder você poderá ficar muito fraco e acabar morrendo. É o divisor de águas de todos os bruxos, sejam eles da luz ou das sombras. 

"É o modo como você pensa e age que mostra quem você é. Você não é mau, Nathan. Nada em você é mau. Vai ter um dom poderoso, todos podemos ver isso, mas é como vai usá-lo que vai mostrar se você é mau ou bom."

O que acontece é que a medida em que vão aparecendo mais indícios de que Nathan é um bruxo das sombras, o Conselho vai tirando todas possibilidades e direitos de Nathan continuar vivo. Isso se torna um problema e acaba resultando na prisão de Nathan antes mesmo de ele fazer dezessete anos. Nathan acredita que assim que ele fizer esses 17 anos, o Conselho o matará, mas a verdade é que eles planejam usá-lo para matar seu próprio pai. 


Half Bad se tornou um dos meus livros favoritinhos por motivos óbvios: que história sensacional! A autora soube desenvolver muito bem todos os personagens envolvidos. A narrativa é extremamente simples, com detalhes na medida certa e  bem fluída, o que me fez ler o livro em uma tarde só. Em nenhum momento eu me peguei pensando "nossa, que livro chato", muito pelo contrário, o livro me cativou tanto que eu só queria saber mais e mais sobre o que estava acontecendo, o que ia acontecer e qual seria o destino do Nathan.

O livro é dividido em 6 partes e nenhuma delas foi enfadonha, a autora soube se reinventar a cada capítulo e mostrou com cuidado o desenvolvimento e o crescimento de Nathan como personagem. Deu pra perceber muito bem o quanto o Nathan evoluiu desde o começo da história até o final dela, passando de um garoto com medo do futuro a um garoto totalmente disposto a se salvar e mudar a realidade. 

"Tenho que provar a todos, o tempo inteiro, que sou da Luz, que sou totalmente leal a Luz e que meus pensamentos são puramente de Luz."

Confesso que nas últimas páginas do livro eu quase tive um ataque porque Sally Green conseguiu me deixar extremamente curiosa pro próximo livro e ela mostrou claramente as poucas intenções de esclarecer tudo apenas no primeiro volume. O que nos faz pensar que muito vem pela frente e se eu já me senti agoniada por tudo o que o Nathan sofre nesse primeiro livro, eu não consigo imaginar o que será de mim nos próximos dois livros. 

Indico Half Bad a todos os fãs de Harry Potter, pois dá pra perceber que a autora se inspirou bastante nessa saga pra construir sua história e indico também pra todos que querem ler uma história leve e inovadora, apesar de ser sobre um tema que estamos acostumados a ler. 

Espero que tenham gostado da resenha e espero ter feito vocês se interessarem por esse livro porque, sério, ele é MUITO bom! Beijos e boas leituras!


12 comentários:

  1. Oiii Amanda, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez querida a obra não despertou meu interesse, por isso irei pular a dica, mas parabéns pela sua resenha que ficou demais e as fotos ficaram lindas e nítidas <3
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Quando li que tinha bruxos já fiquei animada! Muito legal esse ser meio-a-meio rsrsrs É nessa hora que os bruxos bons irão mostrar sua face. Fiquei curiosa para saber qual lado vai aflorar nele e também em como ele vai se livrar de toda essa perseguição. Dica mais do que anotada! Beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  3. Olá, a princípio, não despertou o meu interesse, porque estou lendo outros estilos. O seu texto ficou muito bom em apresentar a trama e o que a torna interessante. Obrigada pela indicação! Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Olá
    É tão gostoso quando a gente se surpreende com a leitura de um livro, dá vontade de não terminar nunca, não é verdade? Eu tenho q concordar com você, a capa é muito interessante! Eu realmente adorei!Eu tbm adorei sua resenha, gostei de não soltar tudo e nos deixar com gostinho de "preciso do livro" parabéns!
    Bjks

    ResponderExcluir
  5. Amanda, tudo bem?

    Comecei a ler esse livro um tempo atrás, parei logo no comecinho porque queria ter todos lançados, pra não ficar angustiada, sabe? Pretendo retomar assim que der. Concordo com você sobre o ritmo do livro, pelo menos a parte que li estava interessante e nada enfadonha.

    Beijo, e parabéns pela ótima resenha.

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  6. Olá!! Adorei sua resenha, me fez ficar com mais vontade de ler essa série!!
    Bjs
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Opa, se é algo que nos faz lembrar do enredo de Harry, quero muito ler. Gostei dos segredos e deste enredo que não deixou você parada. Não tinha ouvido falar do livro ainda, mas senti que eu me apegaria aos personagens e que leria rapidinho. anotei aqui a dica'

    ResponderExcluir
  8. Oi Amanda, sua linda, tudo bem?
    Eu comprei os dois livros da trilogia em uma promoção na Saraiva, risos... E comprei sem saber nada sobre eles. Fiquei louca quando eles chegaram, pois achei as capas super diferentes. E nossa, esses bruxos da luz não têm nada de luz dentro deles. Eles não tinham o direito de tratá-lo dessa forma. É um absurdo, eles estão com medo de que ele faça alguma coisa e aí o prendem e o condenam sem ele ter feito nada? Só por medo de que ele faça? Estou sem palavras, isso é violação de tudo o que é direito. E ainda por cima querem usá-lo? Nossa, para mim, eles são os vilões!!! Já fiquei nervosa e nem li o livro, risos... E se é para os fãs do Harry Potter, já vi que irei amar. Estou louca para ler. Sua resenha ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Adorei conhecer essa obra! Faz muito o estilo de leitura que eu curto e gostei de saber que eu nenhum momento você a achou chata, tanto que virou um das suas favoritas. Fiquei bem curiosa para conferir e vou adicionar na minha lista de leituras.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Olá, já ouvi falar muito bem desse livro e estou louca para conhecer a escrita da autora, o livro já está na minha lista de leituras de 2017. Adorei o post. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. A capa desse livro é linda mesmo, e que bom que ele acabou te conquistando logo de cara. Nunca pensei que tivesse alguma inspiração de Harry Potter, isso me animou pra ler. Fora que adoro quando dá pra ver a evolução do protagonista.

    ResponderExcluir
  12. Oiii.
    Que otimo que esse livro entrou para os seus favoritos. Tenho muita curiosidade de fazer a leitura, mas tenho muitos outros na frente.
    Amei seu post ♥
    Abraços Mary.

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo