11/11/2016

[ RESENHA ] A Protegida

Título: A Protegida
Autora: Bia Braz
Páginas: 704
Editora: Arwen
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da autora
O atentado no trem de Londres em 2005 marcou a sociedade inglesa. Anos se passaram, e o receio de novos ataques mantém o país em cautela. Todos os dias, novos idealistas são recrutados para integrar essa ameaça invisível ao mundo. Em meio à dor e à tentativa de continuar a viver após as perdas, pessoas diferentes têm seus caminhos cruzados.
Lisy teve seu nome mudado e adotou uma nova identidade para fugir de ameaças, comprometendo-se a uma vida com regras mais rígidas e menos liberdade, porém segura.
Katzen é uma jovem inconformada com prisões impostas, então em atos de rebeldia, abandona a proteção e diverte-se anonimamente em festas de um clube, tentando viver intensamente essa liberdade roubada. Torna-se objeto de desejo de um famoso jogador de futebol da cidade. E, disposta a viver o momento, entra nesse romance quente sem exigir nada de volta, guardando para si suas expectativas e emoções. Kat só não contava que o desprendido "pegador" não a permitisse mais sair de sua vida e complicasse seu ordenado esquema de segurança física e emocional.
Brilhante esportista e estudante de Ciências Nucleares, Nicholas Spencer vê seus mundos entrarem em conflito ao envolver-se com a enigmática ruiva Kat, que aparece e desaparece do seu mundo misteriosamente, e ao desenvolver amizade com Lisy, que de um modo sutil passa a integrar seu mundo e torna-se necessária nele.
O arrogante e superior jogador enreda-se num mundo de intrigas, ameaças, preconceito, violência e perigo ao envolver-se com mulheres que o atrai de maneiras diferentes, mas lhe são inalcançáveis.
O quanto um homem é capaz de dividir-se?

No momento que recebi a correspondência pensei que tinha dois livros dentro do envelope e meus olhos se arregalaram quando vi o numero de paginas, num total de 704 paginas, divididos e trés partes. Lembrei do tempo que teria para ler e fiquei preocupada. A capa me agradou muito, mas a sinopse não me chamou muito, aumentando minha desconfiança e por uns dois dias coloquei todas as coisas em dia para me dedicar a ele. Ainda bem que tive esse cuidado de deixar tudo atualizado, por que no momento que iniciei a leitura fui totalmente absorvida para o mundo de Nicholas e e Lindsay, totalmente arrebatada, daquele jeito que deixar a leitura por menor que seja o tempo causa dor, mas pela graça de Deus eu tinha 704 paginas pra ler, e ao chegar no final fiquei com a sensação de quero mais.

Resultado de imagem para livro a protegida bia braz
"Nicholas baixou o olhar avaliador para o corpo. Seios cheios e redondos, mas não grandes. Bem compatível, julgou; aparência saudável e bem pegável."

Sim! Me descobri uma grande fã da Bia Braz, não conhecia seu trabalho antes, mas depois da Protegida quero ler todas as suas obras. Mas deixando de lado minha paixão pelo livro, bora conhecer um pouquinho da história e dos personagens que conquistaram meu coração?

Na primeira parte do livro conta a historia no ponto de vista de Nicholas Spencer, que é um famoso jogador de futebol, o artilheiro do time, também conhecido como Lion. Tinha dinheiro, mulheres e festas. Tudo o que pudesse ter direito um ídolo, o craque do time. Além de jogador, Spencer era estudante de engenharia Nuclear, profissão essa que seu finado pai desejava que seguisse antes de ser morto em um atentado terrorista, e por respeito a memoria de seu pai levaria os estudos até o fim.

" A roupa dela é discreta, esbanja classe e qualidade - ilustrou a prima. - A maquiagem é leve. Ela não dança vulgarmente. - Franzi o cenho como um professo diante de uma experiencia. - Além do que, se o sapato dela não for falsificado, faz parte da coleção exclusiva da Gucci. Significa que é uma mulher de personalidade e importância."

Depois de uma vitória ele foi com seus irmãos e prima para uma comemoração junto com seus companheiros e uma balada, e foi lá que pela primeira vez com a ajuda de Melissa sua prima viu Katrina, uma ruiva vestida muito discretamente. A principio não viu muita graça, mas não conseguia tirar os olhos dela, que dançava de olhos fechados sozinha. Ate que viu seu irmão tentando ataca-la e ela se recusando, e foi até lá ajuda-la. Se sentiu atraído por ela imediatamente. A partir desse dia passou a encontra-la sempre em lugares que costumava ir, mas ela sumia depois, não deixava nenhuma maneira de encontra-la e o pegador safado que era Nicholas agora só pensava nela, e seu leãozinho não não queria outra mulher, somente ela.

Em paralelo a isso ele passou a ter problemas com seus colegas de time, por ser muito impessoal e sua egocentricidade fez com que ele fosse rejeitados por todos, dentro de campo era como se jogasse sozinho e seus amigos se afastaram deixando ainda mais sozinho com seus dilemas. Na faculdade a ,chegada de uma nova aluna islã que usava burca provocou preconceito na grande maioria das pessoas, inclusive ele e sua família. E para sorte e azar de Nicholas ela era sua colega de classe. Azar por que inicialmente ele não queria nenhuma aproximação com pessoas da raça dela, se ressentia pela morte do pai, e sorte por que mesmo sem querer começou a se aproximar de Lise, e encontrou nela uma amiga a qual poderia confiar. Que por coincidência era noiva de um Sheik amigo da mãe de Lion.

"Sem pensar, Nicholas inclinou-se e calou-a, atacando-a com um beijo, o choque dos lábios formigando e vibrando energia dentro dele. Envolveu os braços fortemente no corpo macio, lambeu o lábio fechado, desceu a mão para suas costas e apertou-a contra ele, ao tempo que tentava abrir sua boca com a língua."

Kat era uma obsessão, e Lise uma necessidade, o romance se desenvolveu de uma maneira natural e aos poucos, uma tinha o que a outra não tinha. Katrina confessou que não poderia ser sua namorada por que já era namorada de outra pessoa, mas ainda assim entregou totalmente sua inocência a Nicholas. E depois de resgatar Lise que estava sendo atacada na faculdade, ele sentiu uma atração muito grande por ela, era como se visse nela Katrina, sua obsessão. E nunca imaginou que as duas pudessem ser a mesma mulher, ele definitivamente estava perdido. Por cauda de Lise Spencer tentava ser uma pessoa melhor, conquistando o respeito e confiança de seus colegas novamente. E o contrato tão esperado surgiu e teria que deixar as duas mulheres que lhe eram muito importante para trás e isso o matava, tentou convencer kat a abandonar seu namorado e ir com ele, mas ela rejeitou. Nesse momento da historia Lise conta para ele que Katrina e Lise é a mesma mulher: Lindsay sua amiga de infância que muito carinhosamente lhe apelidou de leãozinho por causa de seu cabelo e olhos dourados. E que agora era A Protegida. Deixando Nicholas revoltado por causa da mentira, mas não ao ponto de esquece-la e rabisca-la da sua vida.

Na segunda parte do livro conhecemos um pouco Lindsay, o que a levou a se tornar uma protegida. Uma jovem com um QI elevadíssimo, e por causa disso tem sua vida destruída. E tudo o que ela mais quer é ter uma vida normal, fazer coisas normais para sua idade, mas tudo isso lhe é vetado e ela tem que viver em uma nuvem de mentiras, mentindo para quem mais ama para protege-lo de tudo. Ninguém mais precisa passar junto com ela seu abismo, e Nicholas seu amor desde a infância, tudo que mais poderia desejar tinha um lindo futuro para frente e ela não queria priva-lo disso. Por isso tentou se manter longe dele e dissuadi-lo dela, mas era impossível ficar longe dele por muito tempo. Aos poucos todo o suspense da primeira parte vai sendo lucidado, no entanto outros mistério começam a surgir. E descobrimos uma jovem que sofreu muito. Desse ponto pra frente tenho que cuidar muito para não entregar nada que não deveria,

"Ela se desencostou da parede e completou seu caminho, pegando-o de surpresa quando enlaçou seu pescoço e cobriu seus lábios afoitamente. Ele apertou-a e correspondeu, faminto. Estremeceu de felicidade ao sentir a energia quente e familiar entre eles."

Na terceira fase a autora amarra muito bem todas as pontas, trazendo a tona traições, vinganças. O livro faz um alerta sutil contra ao preconceito, Lilian irmã de Nicholas gostava muito de Katrina, mas tinha preconceito com relação a pessoas islâmicas, e quando Lise foi atacada no banheiro por seis mulheres, estava dentro do banheiro quando isso aconteceu e não fez nada para ajudar, só sentiu culpa depois que descobriu que por trás daquela burca estava sua amiga Kat. O livro também trás uma mensagem de perdão, da necessidade de perdoar as pessoas, e de se perdoar também. E de certa forma ele nos ensina a dar valor em tudo que temos, pois no momento em que perdemos iremos sentir falta.

Os personagens principais são muito bem construídos, e a história tem profundidade. A leitura é leve e gostosa, flui maravilhosamente. Dei muita risada, me emocionei e em alguns momentos tive raiva da Lindsay. A diagramação é linda, é um livro que gostei muito de ler e indico.

12 comentários:

  1. Não conhecia a autora. Parece interessante a trama intrincada que ela elaborou. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha, eu tenho visto vários canais e blog fazendo resenha do livro e confesso que estou a cada resenha ficando mais curiosa ainda. Adorei a forma como expôs a história, parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Nossa que livrão :)
    Não conhecia o livro, mas parece ser muito bom mesmo.
    Resenha bem detalhada. Dica anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá. Eu só tenho ouvido falar coisas muito boas desse livro e deu até curiosidade. Todos falam que é um livro grande mas que você devora, mas só você narrou que existem partes certinhas. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Confesso que me senti lendo o livro ao ler a sua resenha, não é muito o meu estilo de história favorito, mas minha parceira de blog leu, resenhou e amou, assim como vc.
    Vou deixar a dica passar, mas quem sabe um dia pense em encarar a leitura.
    A May teve a mesma sensação que vc quanto a quantia de páginas do livro - kkk.

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Nossa, 700 página é um baita livro, rs. Realmente eu teria me assustado também quando recebesse o livro.
    Eu ainda não conhecia a história, mas achei bem interessante. Gostei dessa história.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Todas as resenhas que li sobre a obra foram bem positivas e estou bem curiosa para ler já faz um tempo.
    O tamanho realmente é de assustar um pouco e fico feliz que conseguiu te prender do inicio ao fim mesmo assim com personagens bem construídos e um enredo envolvente.
    Quero muito saber como será o desfecho entre os três personagens.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cris, sua linda, tudo bem?
    A editora Arwen está me surpreendendo com suas obras. Eu já tinha lido uma resenha desse livro, mas você me deu uma visão diferente dessa história e conseguiu me cativar. Me vi preza a sua resenha de tão envolvida que fiquei. Lindas as mensagens passadas pela autora. Estou louca para ler. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Confesso que não imaginei ficar curiosa com o livro. Digo isso pois não leio os dados e sinopse em uma resenha e quando você comenta o número de páginas e sua reação inicial fiquei pensando que teria a mesma reação e que o livro poderia não ser para mim.
    Conforme fui lendo sua resenha fui ficando curiosa e encantada com a história - e na maior vontade de conhecer o livro, fiquei mais do que contente em saber que a narrativa flui bem. Até mesmo porque com esse tamanho, se não fosse envolvente seria meio que um sacrifício não é mesmo?
    Entrou para a lista!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  10. Oie
    que legal sua resenha, acho que ainda não conhecia o livro mas tem um enredo interessante, então fiquei curiosa, apesar de não ser bem meu gênero favorito

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Confesso que da primeira vez julguei sim o livro pela capa, que não me atraiu em nada. Agora dando uma olhada melhor, acho que seria uma leitura no mínimo interessante, então fiquei curiosa para fazer.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá!! Curti muito sua resenha e achei muito interessante o livro! Obrigada pela dica! bjs
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo