03/09/2016

[ RESENHA ] Um Dia o Amor Vai Encontrar Você

Título: Um Dia o Amor vai Encontrar Você
Autora: Luiza Mussnich
Páginas: 116
Editora: ID Cultural 
Estrelas: 4/5
Livro: Cedido pela Autora
O último Natal com biscoitos de limão e beijo de boa noite dos pais; saudade com gosto de framboesa; a menina de olhos cor de poço fundo que economizava as palavras para os caderninhos que eram só seus; o amor que chegou pelo homem certo e acabou por falta de tempo para cuidar das flores. Esse é o universo pelo qual passeia o olhar da jovem escritora Luiza Mussnich. Em textos curtos, singelos e plenos de literatura, ela compartilha vislumbres de sua intimidade enquanto nos faz olhar para dentro, identificando reflexos de seus relatos em nossa própria história. Um livro que toca fundo e prepara o coração para que, um dia, o amor vá encontrar você. 

Sinceramente fiquei muito em duvida sobre como resenhar esse livro, pois ele não é um livro de poesias e nem de contos. Seria mais um livro de pensamentos e fatos da vida em uma linguagem lirica, que leva o leitor a pensar no que autora quis dizer com cada texto, qual a mensagem que ela quis passar? Medos, amores, lições de vida. Ela trabalha muito os conflitos internos e nos desafios que enfrentamos diariamente. 

O Livro é dividido em duas partes: a primeira parte é Amores no pé, que fala daqueles momentos da infâncias que nos marcam, e que deles levamos fragmentos para o resto da vida, são imagens desconectas, mas que para nos sempre tem algum significado, e os guardamos na alma. 
A segunda parte é Amores maduros: que retrata as memorias da vida adulta, como aprendemos a enfrentar as desilusões, como se refazer e continuar a viver, diante de cada desafio que a vida lhe apresenta. Como são vários textos, separei alguns:


Medos - É um testo curto que compara os mais variados tipo de medos.

Os Olhos da avo - Fala sobre olhar além do que os olhos podem ver, o que está no oculto, além das aparências.

Os olhos do papai - Mostra como uma criança que se sente negligenciada de atenção e amor, tanto que chega a desejar ser jornal, só para ter os olhos do pai sobre si e como isso se reflete sobre sua vida.

Cacos de mim - É uma mistura de fatos e comparação, sentimentos destroçados comparados a uma caneca que se quebra e nunca mais pode ser reconstruída.

Era Natal - Gostei muito desse texto, ele contem muito sentimento como os demais, uma sensação de perda, das pessoas que amamos, bem como de um tempo que não existe mais, o natal como era e como é nos dias de hoje, tudo que se perdeu e como isso machuca.

Dois amores - Coisas simples que fazem muita diferença e que nos mostra como alguém nos ama. Como um irmão que vai até a sala de aula da irmã só para levar um doce.

Risco da memoria - Algumas lembranças são comparadas a um diamante que ambos duram para sempre.

Sexo da neve - Uma comparação da neve com a mulher, A inconstância da neve que não sabe se vira água ou gelo, assim como a mulher em seus sentimentos, que pode ser linda, no entanto ser uma linda traiçoeira.

Caramuja - Muitas vezes nos guardamos, se escondemos do mundo por medo ou vergonha dos nossos sentimentos, criamos um mundo só para nos, e mantemos as outras pessoas afastadas, até que alguém, a pessoa certa derruba todas nossas defesas e consegue penetrar onde ninguém antes conseguiu.

Mande flores pela primeira vez - Fala das desilusões amorosas, do sofrimento de cada amor morto, e de como o amor tem varias vidas, ressurgindo numa nova paixão.

Baralho - Como o tempo muda qualquer pessoas, assim como seus sonhos e desejos. mudando o desfecho de tudo, como num jogo, mas com um baralho desfalcado.

Um dia o amor vai te encontrar - Esta frase pode ser vista em vários lugares, num biscoito da sorte, numa conversa. Mas o fato é que a pessoa passa pela vida buscando e procurando onde está esse bendito amor, por vezes pensa que é apenas fantasia, que nunca vai encontrar, mas quando menos se espera ele chega, não pede autorização apenas entra de maneira urgente.

Os textos podem ser interpretado de varias maneiras de acordo com a vivencia de cada um, e são altamente reflexivos. Que podem ser lido sequencial, ou salteadamente. Mas para uma primeira leitura sugiro sequencial, para que possa entender a linha de raciocínio da autora. Que tenta mostrar que o amor está presente do inicio da vida ao fim, escondido nas esquinas da vida, nos momentos que muitas vezes não prestamos atenção.

E o que eu poderia dizer do livro em si? A diagramação é linda, num total de 109 paginas, com muitas imagens ilustrativas. A fonte é de um tamanho confortável para leitura. Finalizado em capa dura, dando a obra maior durabilidade. O que começou de maneira confusa, se tornou uma grande surpresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo