21/09/2016

[ RESENHA ] Menina Má

Título: Menina Má
Autor: William March
Editora: DarkSide
Páginas: 262
Estrelas: 4/5

Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.MENINA MÁ é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.



"Será a maldade uma espécie de semente que carregamos dentro de nós, capaz de brotar na mais adorável das crianças?"

  
É assim que somos apresentados a Menina Má, uma suspense clássico de 1954, que inspirou escritores e cinéfilos em obras de terror posteriores. Causou burburinhos nas conversas entre os leitores, desde sensações exultantes quanto exasperadas com  ousadia do autor.

"Toda era em que vivem seres humanos, é uma era de ansiedade", respondeu o outro. "Se me perguntassem, eu diria que a era em que vivemos é a da violência. Me parece que todo mundo tem violência na cabeça hoje em dia. E acho que vamos simplesmente continuar por esse caminho até não ter mais nada que estragar. Se você parar para pensar é assustador".



É impressionante, de uma forma negativa, o quanto os diálogos do livro parecem atuais, como se o autor já imaginasse que incontáveis pessoas se deixariam consumir por instintos primitivos, onde não há nada a fazer a não ser matar um oponente pelo simples fato de que uma opinião ou atitude sejam contrárias as dele. A similaridade com a realidade, a perturbação da mente é colocado em pauta a toda hora


Rhoda Penmark, uma criança com rosto de anjo, cabelos trançados e vestidos delicados, é um retrato frio e calculista que o ser humano, sem dúvida, é o mais cruel do predadores quando quer algo para si.

"Rhoda nunca foi desobediente, preguiçosa ou petulante, como algumas crianças são. Ela tem tantas qualidades. Só tem esse probleminha; essa peculiaridade de caráter"

É, principalmente, pelos olhos de Christine Penmark, que lemos e imaginamos a historia da menina que não evitava em conquistar o que lhe convinha não importasse o custo. Deve ser esta a maior causa de aflição na leitura, como dizer a uma mãe que sua filha não é capaz de amar ninguém além dela mesma e é igualmente incapaz de realizar o bem se não lhe trouxer benefícios? 

Como aceitar que não foi um erro de criação, mas sim algo intrínseco no caráter, uma condição que veio como presente do mal? Rhoda não tem limites, comete deslizes, mas é uma garota adorável e inteligente aprendendo com suas falhas e aprimorando suas atuações. 

Esse Thriller psicológico mostra uma mãe por muito tempo lutando contra si mesma para encontrar uma solução viável ao seu "problema". Também conhecemos personagens como Leroy, o zelador do prédio onde morava os Penmark, e um pouco parecido com Rhoda em seus pensamentos maldosos, porém de um adulto malicioso e insatisfeito com a própria vida, vítima da sua própria ignorância e preguiça. Posso dizer que ele foi quem mais conseguiu se aproximar  e interessar Rhoda.

"Ela estava quase acordando nesse momento e disse: 'Rhoda vai destruir a todos nós. Na verdade, eu também não escapei. Na hora certa, ela vai destruir a todos nós!'".

Menina má é uma leitura viciante, não dá para imaginar como uma criança consegue ser tão fria! E por muitas vezes senti vontade de destrinchar os pensamentos peculiares dela. Você termina o livro e pensa como alguém chega a juventude sendo como ela. Para mim, esse pensamento, embora me venha com certa frequência, é muito romântico, alienado. Não se espantem, afinal, olhe ao redor, abra o jornal ou ligue a TV. Assustadoramente essas pessoas estão por toda parte.

O que é possível fazer além de dizer: Por favor, há outras maneiras de triunfar. Somos melhores que isso.


20 comentários:

  1. Oi, Thaise!
    Ótima resenha! Esse livro já está na minha lista há um tempinho, mas como estou presa a muitas leituras, ainda não consegui comprar. Me interesso bastante por histórias assim e me prendo demais na leitura, espero que Menina Má me cause isso!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Belle,

      Também desejo que Menina Má prenda você do início ao fim.
      Perturbadora é hehehe

      Bjs

      Excluir
  2. Ola Thaise menina que edição maravilhosa hein, a premissa do livro a primeira vista não chamou minha atenção, porém sua resenha ressaltando pontos altos do livro me convidou para a leitura, não imagino tanta frieza em uma criança chega a ser assustador. Dica mais que anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joyce,

      Fiquei apaixonada demais pela edição da Darkside e achei que fez justiça a ideia do livro. Você olha o trabalho deles e fica imaginando a Rhoda, assustador ;)

      Bjs

      Excluir
  3. Olá
    A Darkside sempre capricha na diagramação.
    Simplesmente adoro esse gênero de livro. Recheado de maldade :)
    Boa resenha!!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosana,
      Concordo com você, eles são muito caprichosos. Trabalho lindo!
      Obrigada <3

      Bjs

      Excluir
  4. Olá Thaise, como vai?
    Garota eu sou completamente louca para ler esse livro que você nem imagina, quero assistir ao filme também da menina, suas fotos ficaram lindas e tive a oportunidade de ver como é a obra por dentro, que está impecável. Dica super anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Morgana,
      Espero que a resenha tenha aguçado ainda mais sua curiosidade em ler. Realmente é uma linda edição, vale a pena.

      Bjs

      Excluir
  5. Olá
    Estou bem curiosa com esse livro, adoro essas histórias psicológicas e o meu já esta me esperando na estante.
    É bem triste, mas pessoas como Rhoda estão andando por aí, e nós não temos como identifica-las, já que elas são muito convincentes de ser o contrário do que mostram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniele,
      Não dá pra confiar em ninguém, mas também não podemos viver escondidos, não é? :(

      Esse thriller psicológico é muito recomendado. Obrigada pela visita!

      Excluir
  6. Oi Thaíse
    Deus, já me deu agonia só pela sua resenha. Essa menina é bem encapetada hein. Jesus.
    Então, sou meio medroso, então obras desse gênero não me chamam atenção além disso. Vou ser do contra e dizer que não gostei dessa capa. Achei esquisita, igual a temática do livro. Céus, sei se teria coragem pra ler nao. Prefiro as fantasia da Darkside

    Abraços
    David
    Territorio Geek Nerd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David,
      Fiquei indignada em como ela é dissimulada, você nem faz ideia hahahaha

      Primeira pessoa que não gosta da capa. Será? rs
      Mas disse bem, estranha como a temática do livro, eu não costumo ler coisas de crianças assim também ;)

      Obrigada pela visita.

      Excluir
  7. Thaise...UAU! Amei sua resenha... Eu já achava esse livro sinistro, só pela capa e sinopse. Depois de ler sua resenha, a primeira sobre o livro que me permiti ler... Caramba. Eu comprei o livro, tá na estante só esperando o momento certo. Gosto de títulos assim, que falem sobre o ser humano e todas as suas particularidades, inclusive as ruins. A psicóloga em mim sempre se prende aos transtornos e questões mentais que são abordados.

    Amei a dica! E as fotos, ficaram ótima (deram até medinho)

    www.leitorasinquietas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Krisna,
      Poxa, obrigada. Fico muito feliz em fisgar um leitor com a resenha hahahaha
      Realmente é um livro que me deixou parada um tempo pensando: Que loucura!!!

      Obrigada mesmo :D
      Até mais

      Excluir
  8. Olá,
    Estou muito curiosa para conferir tamanha frieza que uma criança pode apresentar. É interessante saber que o autor coloca a perturbação da mente em pauta a toda hora e como ela pode levar alguém a cometer algumas atitudes.
    A diagramação parece estar maravilhosa.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Te falar que eu tinha um certo pé atrás com esse livro pq a DarkSide tem essa coisa do terror, né? E eu como uma boa cagona, evito ao máximo, evito totalmente rs. Só que aí eu li uma resenha desse livro, a sua deve ser a segunda e ambas abriram os meus olhos e me deixaram bem curiosa, sabe. Talvez eu leia pq aguçou o bichinho da curiosidade pra saber sobre essa criança má.
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Em um primeiro momento, esse livro seria um que eu correria totalmente, entretanto você disse a palabra chave... thriller psicológico e eu adoro esse gênero.
    Fiquei curiosa, contudo, ainda não sei se o leria.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  11. Oie
    eu estou louca para ter esse livro, pirei na edição e parece ser muuuuito legal, adoro esse gênero, sua resenha me deioxu ainda mais curiosa, espero com certeza ter e ler em breve

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Tudo bem?
    Muito legal ver o livro pelo seu ponto de vista eu já o tenho em mãos mais ainda não fiz a leitura espero conseguir ainda esse ano.
    Assim como você disse é bem dificl pensar nos motivs que levam uma pessoa a cometer tanta maldade estar na cabeça de uma criança malvada desse jeito deve ser um terror eu tenho dificuldade em assimilar livros desse tipo mais estou ansiosa para fazer a leitura ainda mais com essa capa linda.
    Adorei o post
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  13. Pois é, acho que ninguém imagina algo assim em uma criança. Me vi assistindo Precisamos falar com Kevin e é apavorante ter uma criança psicopata e não saber como agir pela frieza da mesma. Me parece um ´ótimo livro a já vi um filme com o mesmo nome em que ela também é de uma maldade sem fim.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo