20/09/2016

[ RESENHA ] A Fúria e a Aurora

Título: A Fúria e a Aurora
Autora: Renée Ahdieh
Páginas: 336
Editora: Globo Alt
Estrelas: 5/5
Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado.


Hey leitores? Tudo bem?
Hoje eu trouxe a resenha de um dos livros mais envolventes que li esse ano até agora.

A Fúria e a Aurora é um livro baseado na coleção de histórias e contos de As Mil e Uma Noites, que tem várias origens desde o folclore indiano, persa e principalmente do árabe.
Sherazade al-Khayzuran, ou simplesmente Shazi, é uma jovem ousada e de língua ferina que está determinada a vingar a morte de sua melhor amiga, Shiva, matando o assassino em sua própria casa.
Khalid Ibn al- Rashid é o califa de 18 anos que governa todo o reino de Khorasan, e é considerado um monstro assassino por todo seu povo, pois todas as noites escolhe uma jovem para se casar, e na manhã seguinte ordena que as enforque, aparentemente sem motivo algum, com uma corda de seda. Shiva, a melhor amiga de Shazi, foi uma delas.

Sherazade quer vingança não só por sua querida amiga, mas também por todas as jovens que pereceram, e pelas que viriam a morrer depois dela. Determinada a por fim a esse absurdo, Shazi se voluntaria para ser a próxima noiva do Khalid, o califa. Sherazade tem um plano de sobrevivência.
Quando sua primeira noite com o califa chega, e talvez sua última na vida, ela lhe oferece um acordo, já que Khalid não entende porque de livre e espontânea vontade Shazi se candidatou para morrer. Cauteloso, mas curioso, Khalid aceita o acordo, que propõe que Shazi lhe conte uma história e ao final, ela irá lhe dizer por que se ofereceu.    

“— Quero lhe contar uma história.
— Como?
Pela primeira vez, ela viu uma emoção tomar conta de suas feições.
Ficou surpreso? Fique tranquilo, não será a última vez, Khalid Ibn al-Rashid.
— Quero lhe contar uma história. Você senta e escuta. Quando eu terminar, respondo à sua pergunta.”

À medida que Shazi começa a contar a história mais Khalid se ver envolvido e interessado na narrativa, e quando os raios da aurora começam a invadir o quarto, Shazi pausa a história justamente no seu clímax, mas promete continuar na noite seguinte. Khalid, frustrado, mas intrigado com a história da Shazi, decide deixá-la viver mais um dia. Sherazade al-Khayzuran acaba por se tornar a primeira mulher a sobreviver a noite com o califa.
Os dias se passam, e a cada noite Shazi conta outra e outra história, e durante o dia explora o palácio e aproveita de todas as chances possíveis para conhecer mais sobre seu inimigo, e descobrir sua fraqueza. Porém, ao poucos, Shazi observa que nem tudo é o que parece, e que talvez aja algum motivo por trás de tantas mortes.
Shazi começa a ver por trás da máscara fria e estrategista de Khalid, e também a perceber o homem que ele é quando não está envolto em escuridão.

“— [...] Acredite que o homem que você vê agora é apenas uma sombra do que está por baixo. Se você puder, dê a ele o amor que lhe permitirá ver por seus próprios olhos. Para uma alma perdida, esse tesouro vale seu peso em ouro. Vale seu peso em sonhos.”

Shazi é uma personagem de dá invejar. Ousada, corajosa e muito bem construída para a trama. Adorei como em todo o momento ela sabia o que tinha que fazer e quem ela se tornou ao se casar com o califa. Amei quando ela simplesmente dava uma de rainha, porque caramba, ela é rainha e quem tocar nela contra sua vontade vai ter um monte de ossos quebrados. (isso aconteceu mesmo, e eu amei, porque sou fã de uma confusão sangrenta). E o melhor de tudo... Ela é uma arqueira de fazer o queixo de qualquer um cair duro, juro!

— Discordo. Sherazade é uma moça extremamente confiável. Impetuosa e imprevisível, sim, mas segura de suas convicções. É verdade que você é exigente e tristonho, mas você sempre foi digno de confiança. — Jalal esboçou um sorriso.
— Então você acha que devo jogar Shazi aos lobos?
— Shazi? — O sorriso de Jalal se alargou. — Quer saber? Tenho pena dos lobos.

Khalid não fica muito atrás da Shazi quando se trata de ser um personagem incrível. Ele tem toda essa aura de mistério que o cerca e que nos atrai mais e mais para virar as páginas de modo voraz. O califa de Khorasan é um rei que não depende da proteção de ninguém. Um homem implacável, de olhar cortante e, aparentemente, de coração frio.

“— Você é o califa de Khorasan. Rei dos Reis. Existe algum pedido que não possa conceder?
O rosto dele ficou sombrio.
— Eu sou apenas um homem, Sherazade. ”


E sem contar como os personagens secundários são maravilhosos. Ri horrores de Despina, a camareira da Shazi, e gostei de acompanhar a fidelidade e amizade que nasce entre elas em meio às desconfianças. Despina é muito divertida e encantadora; quase tão corajosa quanto Shazi.

“— Por Zeus, você é uma chata, Sherazade al-Khayzuran! — gritou Despina.
— Que bom que você sabe disso. Vai lhe economizar tempo. Agora, responda à minha pergunta.
— Não.
— Responda, sua tebana miserável.
— Não, sua mula!
Sherazade ficou boquiaberta. ”


E sem falar no Capitão Jalal, o primo do califa, um homem sedutor, gentil e encantador, mas principalmente fiel ao Khalid, porque para ele família vem antes de tudo.

“— Khalid não é meu amigo. Ele também não é meu inimigo. Ele é meu rei. Lembro-me do menino querido que ele era… com uma mente brilhante e inquisitiva. Uma alma viajante. A criatura ferida que ele é agora… estou cansado dela. Você vai me ajudar a curá-lo, Sherazade?” – Capitão Jalal.


Então leitores, acredito que deu para notar o quanto estou apaixonada por essa história. Um único ponto que me deixou quase triste foi não ter mais cenas de Shazi e Khalid juntos, porém, as que o livro contém são infinitamente marcantes. Renée Ahdieh é uma escritora absurdamente formidável. Senti tanta falta de ler um livro assim, tão envolvente e impressionante, que eu não conseguia largar, a ponto de me fazer ficar acordada durante quase toda a madrugada!

A escrita tem um ritmo certo e a narrativa é feita na terceira pessoa, alternando entre alguns personagens, como por exemplo o Tariq Imran al-Ziyad, o filho de um nobre e a paixão de infância de Shiza, que está determinado a salvá-la das mãos do monstro que é seu rei, a ponto de reunir um exército e começar uma rebelião.

“— Eu o desprezo também. Com a força de milhares de sóis, eu o desprezo. Mas é sempre uma boa ideia conhecer o inimigo, Tariq.”

Entenderam o que ainda tem por vim?
A Fúria e a Aurora é o primeiro livro de uma duologia. Lançado recentemente aqui no Brasil pela Globo Alt que simplesmente me conquistou logo pela capa. Tem esse tom claro e escuro de azul, detalhando pequenos desenhos casados com a história do livro. Quase não me aguento de ansiedade pelo próximo volume que acabou de ser lançado nos EUA, cujo nome é The Rose and the Dagger (A Rosa e a Adaga, tradução livre).

“Essas duas palavras ditas por um garoto que valia menos que nada.
Essas duas palavras lhe deram a vontade de lutar contra os demônios:
Minha rainha.




A Fúria e a Aurora é um livro extraordinário, e que superou todas as minhas expectativas. Então, sim e é claro que recomendo muito para todos os leitores que querem mergulhar em uma boa história de fantasia, magia e romance num reino longínquo e fascinante.

“— O que você está fazendo comigo, sua praga? — ele sussurrou.
— Se sou uma praga, então você devia se manter a distância, a não ser que planeje ser destruído. — Com a arma ainda nas mãos, ela o empurrou.
 — Não. — As mãos agora na sua cintura. — Me destrua. ”


27 comentários:

  1. Oie
    Adorei esse livro. Uma bela releitura juvenil de As Mil e uma noites.
    Gostei muito da sua resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Rosana, fico muito feliz que tenha gostado!
      Beijos!

      Excluir
  2. Oiii Marcela, tudo bem?
    Menina eu sou completamente apaixonada por literatura infantojuvenil, além do mais essa edição é a coisa mais linda que já e adoraria ler mesmo, parabéns pela resenha menina, super anotei a dica.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Morgana!
      Apaixonada, hein? Então vai AMAR esse livro!
      Obrigada.
      Beijos!!

      Excluir
  3. Hello! Tudo bem?
    Ameii tb o livro A Fúria e a Aurora, li super rápido, acho que em dois dias e morri com o final.
    A historia é dessas q te prende mto e a capa que a Globo preparou está linda demais.
    Espero que eles publiquem os contos tb, pq eu quero saber de tudo nesse universo da Sherazade.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Suzzy!
      Também estou torcendo para que eles publiquem os contos! E li super rápido também, e meu Senhor, e aquele final? Tô morrendo até hoje, preciso logo da continuação...




      Excluir
  4. Oi, Marcela
    Você não é a primeira a elogiar o livro. Acho que eu iria gostar bastante dessa personagem, pois gosto quando são intensas. Gosto também quando alternam as narrativas.
    Esse livro já estava sendo muito bem falado e fiquei ainda mais curiosa. Bela resenha.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Leticia
      Obrigada, e espero que você ache um tempinho para lê-lo. Acredito que iria gostar bastante!
      Beijos!

      Excluir
  5. Oi, estou louca para ler esse livro desde o seu lançamento e as resenhas que venho lendo só acabam me instigando mais e a sua não foi diferente. Adorei a sua resenha e a leveza com o qual a escreveu. Me encantei pelos personagens e já quero lê-lo e ter sua continuação em mãos para não sofrer de ansiedade.
    bjus

    ResponderExcluir
  6. Estou muito curiosa por esse livro. Muito curiosa com essa trama e espero logo conseguir obter a leitura. Amei a resenha parabéns pelo trabalho.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá, esse livro está na minha lista a um bom tempo,não vejo a hora de lê-lo, mas sempre tenho que colocar outros na frente, mas fico muito ansiosa pois nunca vi nenhuma resenha falando mal dele, sempre são coisas bem positivas

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu quero tanto ler esse livro! Acho a premissa interessantíssima e adorei saber que a Shazi é uma personagem corajosa e muito bem construída. Também fiquei animada em relação aos personagens secundários e gostei de saber que a narrativa tem o ritmo certo.
    Ótima resenha, espero ler a obra em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Jess!
      Muito obrigada, e também espero que possa ler esse livro maravilhoso em breve!
      Beijos!

      Excluir
  9. Eu sou fascinado por esse universo tão bem explorado em alguns filmes e desenhos da disney. E um livro baseado no As Mil e uma noites é de cair o queixo de tanto desejo em ler, ainda mais com todas as qualidades que vc cita. Eu também sou ansioso demais na espera do próximo volume. Adorei sua dica.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    Amo as lendas e histórias da Mil e Uma Noites, gosto mais da parte não tocada pela Disney, que transformou tudo em fofo e cor de rosa. Alladin é cruel, enfim. Interessante a releitura. Parabéns pela resenha.

    bjsss

    ResponderExcluir
  11. Oieee!!!
    Que livo é esse??
    Amei a sua resenha!!!
    Estou doida para ler esse livro, mas acho que vou esperar o segundo né? Se você ficou ansiosa assim, o final é tenso?

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenso?? Quase fico doida! kkk
      É, realmente é bom esperar o segundo, a editora vai lançar em Fevereiro do ano que vem! E obrigada, fico feliz que tenha gostado da resenha!
      Beijoos!!

      Excluir
  12. Olá Marcela,
    Quero muito ler esse livro, só vejo ótimas opiniões sobre ele, que parece ser realmente envolvente com personagens tão incríveis e seguros. Espero fazer essa leitura em breve e me amainar pela obra assim como você.
    Bjim
    Tammy

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Assim que vi a capa desse livro, eu o quis! Só que aí li umas resenhas negativas e fiquei receosa de também não gostar. Daí leio sua resenha, e você só elogia, e fiquei curiosa e empolgada novamente, mas ao mesmo tempo sinto um pouco de receio :/ Se ele tiver por um bom preço no Black Friday irei comprar.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá!!!
    Amei sua resenha, já li esse livro e eu simplesmente amei, e ele também é um dos meus preferidos desse ano, pois quando comecei a ler ele não tinha a menor ideia de que ele seria tão maravilhoso! Adorei os personagens e o que mais me aflinge atualmente é saber que a Globo Alt só irá lançar a continuação ano que vem...

    Beijos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  15. Ola Marcela eu amo esse livro, muito bem escrito a protagonista é dona de uma coragem que nos cativa e nosso linda protagonista repleto de medos e carrega um peso enorme nas costas. Quem não leio precisa ler, amei sua resenha. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Marcela, também li o livro e amei tanto quanto você, é uma história surpreendente mesmo,do tipo que não tem como não se apaixonar. A Sherazade já se tornou uma das minhas protagonistas prediletas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. Oie
    essa capa está linda e parece ser uma leitura realmente muito legal, eu adorei o enredo e só tenho ouvido elogios o que me deixa cada vez mais curiosa

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá Marcela,

    Li esse livro alguns meses atrás e também me apaixonei pela leitura. Adorei o cenário criado pela autora, o romance do Khalid e da Sherazade, além dos outros personagens que são um bocado intrigantes. Estou ansiosa pelo próximo volume.

    Abraços,
    Cá Entre Nós!

    ResponderExcluir
  19. Marcela, tudo bem? Adorei sua resenha! Descreveu muito bem minha opinião sobre o livro. Aliás, estou ansiosíssima para ler a continuação! É uma narrativa envolvente, que tem mesmo um ritmo ideal para cativar o leitor, e prendê-lo até a última página. Por esses dias li As mil noites, e fui cheia de expectativas achando que seria semelhante A fúria e a aurora... Nossa, me decepcionei! Logo em breve vou resenhar.

    Beijo

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  20. Por favor, alguém me dá um HELP, já li várias resenhas e nenhuma fala se ele matou mesmo as mulheres que nem na estória original ou não e eu queria muito saber p/ poder comprar o livro pq se ele for esse cara mal da original, não quero nem versão digital. ALGUÉM com uma boa alma ME RESPONDE explicando se ele é assassino mesmo ? Uma ideia q usam muito p/ os q não querem spoiler, poderia escrever SPOILER e dar um espaço.

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo