26/02/2018

32 [ RESENHA ] Anjos Mortais

Título: Anjos Mortais (Entre Mundos #3)
Autora: Thaylane R.Ramos
Páginas: 590
Editora: Amazon
Estrelas: 5/5


Isabelle é uma garota com uma vida adolescente comum, melhor amiga por perto, faculdade dos sonhos e filha única, ama o lugar onde vive e não trocaria sua vida atual por nada. Mas tudo mudará ao saber que seu pai recebeu uma promoção em Toscana e que, por isso, terá que se mudar para lá. Isabelle, então, se vê forçada a se adaptar a uma nova realidade, longe de tudo que sempre amou.Douro Senior, a renomada universidade de Toscana, é o local onde Isabelle continuará a cursar sua faculdade de Medicina, e é lá que sua vida sofrerá uma grande reviravolta. Diante de um mistério que circula os corredores dessa universidade, Isabelle se verá envolvida num dilema, onde terá que encarar o medo, a traição, o preço da amizade e o verdadeiro amor. Com os estranhos acontecimentos que circundam a cidade de Toscana, a ajuda de certos feiticeiros será requisitada, o que decidirá o destino desta nova aventura. Até onde você iria para salvar a vida de um grande amor?
 


Gente, vocês não têm noção do quanto eu estava ansiosa para ler o terceiro volume dessa série maravilhosa, que a nossa incrível e talentosa autora parceira, Thaylane R. Ramos criou. Diferente dos outros volumes, esse livro terá uma nova protagonista, um novo cenário e dessa vez além dos famosos deuses mitológicos que já conhecemos e amamos dos livros anteriores, conheceremos os poderosos anjos celestiais- que para a minha surpresa- são totalmente diferentes dos seres bondosos e protetores dos quais eu estava acostumada a ler nas histórias desse gênero haha. Então, vamos à resenha!

Isabelle Carter tem 17 anos e cursa Medicina na sua cidade natal em Lácio, na Itália. Apesar de ser filha única, ela nunca esteve sozinha, pois sempre teve a sua melhor amiga de infância, Lara, como companhia e que cursava Música na mesma faculdade que ela.  As duas eram inseparáveis e compartilhavam o grande amor pela leitura e principalmente por Shakespeare. Contudo, a vida de 
Isabelle muda completamente quando recebe a notícia de que a sua família iria se mudar imediatamente para um novo estado em Toscana por conta de uma promoção que seu pai recebera no trabalho. Raiva e frustração dão lugar no consciente de Isabelle, pois a sua vida toda estava em Lácio e agora teria que se desfazer dela.  

Incapaz de adiar o inevitável e com muito mau humor, Isabelle tenta se adaptar a nova vizinhança, o clima frio e a nova Universidade em Douro Senior, que segundo seu pai, tinha ótimas referências no campo da Medicina.

 Douro Senior tinha os seus pontos negativos, como professores exigentes que não admitiam atrasos e adolescentes góticos com grandes problemas de temperamento que tentavam a todo custo amedrontar os alunos da Universidade. Mas também tinha seus pontos positivos, como uma arquitetura esplêndida que se assemelhava aos locais da Grécia antiga, e também havia alunos muito simpáticos, atenciosos e divertidos. Como as amigas Ariane e Emma que no primeiro dia de aula, fazem Isabelle perceber que ela poderia se acostumar com a ideia de estudar ali, principalmente com o surgimento de dois rapazes lindos que tornarão a vida de Isabelle mais intensa.

“-Você é bem teimosa - disse um rapaz lindíssimo com o livro Trabalhos de amor Perdidos na mão. -E você é bem insistente -eu respondi no mesmo tom. Ele era um gato! Que olhos azuis eram aqueles? E que boca, que corpo, que postura cortês! Ah não, com certeza aquilo era forçado. E quanto ao rosto angelical? Aquilo não combinava nenhum pouco com o corpo tentador que ele tinha, aquele cara provavelmente devia fazer o maior sucesso ali e, sem dúvidas ser o maior pegador de todos! –O livro –ele estendeu para mim. –Obrigada –eu disse rendida e pegando o livro dele. (...) –Foi um prazer conhecê-lo, Daniel –eu disse indo até a bibliotecária para registrar o aluguel do livro.-Bell –ele me chamou –tenho a impressão de que nos encontraremos mais vezes –ele disse me dando uma piscadela e se virando para outra seção.”


O primeiro é o Daniel, a sua aparição faz Isabelle se encantar rapidamente por ele. Os dois se conhecem na biblioteca e ao pegarem o mesmo livro de Shakespeare, ela descobre que ele além dele ser um aluno de Medicina, também era incrivelmente charmoso e encantador. O segundo, mas não menos importante é o Damian, um estudante de administração- que para Isabelle- ele parecia um típico bad boy misterioso que era cobiçado pela sua incrível beleza, mas que não ligava para nenhuma garota específica da Universidade.

22/02/2018

0 [ DIVULGAÇÃO ] Desde a Primeira Vez

Olá, queridos leitores.
Hoje o post é de revelação de capa do mais novo lançamento da editora Bezz, vamos conhecer um pouco mais sobre o livro????

Pela primeira vez, a Editora Bezz reúne três autoras bestseller Amazon e encanta com histórias de fazer suspirar…

A Segunda Chance sempre é mais doce




E agora, Sr. Alz?, de Elizabeth Bezerra

A música sempre esteve presente na vida de Elisa e ter suas canções entoadas por uma multidão era o seu objetivo. Isso fez com que ela tomasse por garantido o amor dos que a cercavam: o seu pai, sua avó e Jack, e partisse, com planos de nunca mais voltar. Quando oito anos depois, ela se vê obrigada a voltar à pequena cidade de Hope para cuidar de sua avó doente, sem a fama, sem o pai e sem o único homem que já amou, Elisa se depara com uma verdade que esteve diante de seus olhos todo esse tempo: há música nos pequenos gestos de amor.

18/02/2018

0 [ EDITORA PARCEIRA ] Grupo Editorial Letramento

Olá meus queridos e amados leitores!
Hoje o post é mais que especial, pois vou anunciar para vocês mais uma parceria incrível, já sabemos que esse ano promete heim...
Fiquei muito feliz quando recebi o e-mail da editora anunciando que o CL tinha passado na seleção de parceria. 

Vamos conhecer um pouco sobre a editora e alguns dos livros lançados por ela.?


A Editora Letramento foi criada em 2013 a partir do sonho de seus fundadores de servir aos autores e leitores, buscando soluções para desenvolver e disseminar as melhores obras literárias e apoiar ativamente o desenvolvimento social a partir da educação.
A criação da empresa surgiu após uma conversa entre seus sócios fundadores, onde ambos chegaram ao consenso de que haviam muitos autores que estavam enfrentando dificuldades em publicar suas obras e que, se pudessem ajuda-los, poderiam criar parcerias onde todos poderiam se beneficiar. Assim surgiu a Letramento, com valores simples, porém sólidos, baseados em:
  • Servir aos autores e aos clientes
  • Garantir a qualidade de suas obras
  • Criar parcerias duradouras
  • Desenvolver a sociedade
  • Dar retorno aos acionistas
  • Atuar com ética e transparência
Neste pouco tempo de vida a Editora Letramento já conseguiu firmar diversas parcerias, com novos autores e autores já consagrados, que a permitem fornecer um robusto portfólio de obras de alta qualidade para seus leitores, reiterando o nosso compromisso com a satisfação de nossos clientes e autores.

A editora tem 6 selos: Casa do Direito | Alpha | Fome de? | Lampsi | Bubble | Letramento

Algumas obras lançadas pela editora:

15/02/2018

14 [ RESENHA ] Segredos e Mentiras

Titulo: Segredos e Mentiras
Autora: Diane Chamberleain
Editora: Arqueiro
Paginas: 288
Estrelas: 4,5/5
Noelly, Emy e Tara são mulheres diferentes, mas inseparáveis há mais d vinte ans. O laço que as une é tão forte que até seus maridos – ou, no caso de Noelle, o homem que chegou mais perto disso- se tornaram amigos, e as filhas de Tara e Emy são como irmãs. Elas compartilharam alegrias e tristezas, e nos momentos difíceis, têm sempre com quem contar. As três acreditam que sabem tudo uma sobre as outras. Mas quando Noelle toma um coquetel de remédios fatal sem nunca ter dado o menor sinal de ser infeliz, Emy e Tara percebem que não a conheciam tão bem assim. Então, da tristeza e da negação que o suicídio traz, surge a necessidade de entenderem o porquê.

A estória se inicia logo com a decisão de Noelle de dar fim à sua vida, mas não de uma maneira desesperada, mas como se aquela decisão já tivesse sido definida há muito tempo. Suas melhores amigas, Tara e Emy, não conseguem entender a razão desse infeliz acontecimento, pois não havia sinais que provasse algo de errado em Noelle. Mas com o desenrolar da narrativa notamos que existe muito que elas realmente não sabem.

"Ás vezes as pessoas guardam coisas para si Até mesmo as pessoas mais próximas da gente.Nunca se consegue conhecê-las de verdade."

Além de perder a amiga, Tara havia perdido o marido e amor da sua vida há seis meses. Além disso, deve lidar com sua filha, Grace, que é fria e se distancia cada vez mais da mãe. Ela é professora de teatro e antes de tudo, era uma mulher extrovertida e bastante sociável. O sol das três amiga. Emy é mais calma, mas ainda assim amável e toma conta de seu negócio, o Hot!. Sua filha Jenny é a melhor amiga de Grace (e bem mais legal). Quando morreu Noelle deixou um buraco nas amigas, mas deixou também uma carta que dizia “Cara Anna, já comecei esta carta várias vezes e aqui estou, começando-a novamente, sem fazer a mínima ideia de como lhe dizer” e é isso. Uma carta “cortada” no meio e que deixa mais questionamentos que resposta.

Os capítulos são divididos entre as três amigas, Anna e Grace. Infelizmente não posso falar muito de Anna sem dar spoiler, mas a personagem, assim como todas as outras, é cativante. Também no meio desse redemoinho temos Haley, uma garota de 13 anos que sofre com câncer e é filha de Anna. Eu achei ela incrível. A forma como ela é positiva e esperançosa mesmo diante de todas as circunstâncias é incrível. Além disso, ela e sua família são muito importantes na trama.

Nós conhecemos a visão de Noelle que as amigas tinham e da mulher que ela realmente era, cheia de segredos e mentiras (como o título diz). Apesar disso Noelle não é uma vilã ou algo do tipo, ela é um ser humano muito complexo que tomou decisões erradas e difíceis que transformou não apenas sua vida, mas a de todos a seu redor. Eu adorei Tara e Emy, elas são muito bem construídas e têm diversos problemas, mas se apoiam uma na outra em uma amizade linda. Juntas elas decidem descobrir o que há por trás do suicídio de Noelle e vão cavar fundo para isso.

13/02/2018

23 [ RESENHA ] Não Me Abandone Jamais

Título: Não Me Abandone Jamais
Autor: Kazuo Ishiguro
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 344
Estrelas: 4/5
Livro: Cedido pela editora.
 
Kathy H. tem 31 anos e está prestes a encerrar sua carreira de "cuidadora". Enquanto isso, ela relembra o tempo que passou em Hailsham, um internato inglês que dá grande ênfase às atividades artísticas e conta, entre várias outras amenidades, com bosques, um lago povoado de marrecos, uma horta e gramados impecavelmente aparados. No entanto esse internato idílico esconde uma terrível verdade: todos os "alunos" de Hailsham são clones, produzidos com a única finalidade de servir de peças de reposição.Assim que atingirem a idade adulta, e depois de cumprido um período como cuidadores, todos terão o mesmo destino - doar seus órgãos até "concluir". Embora à primeira vista pareça pertencer ao terreno da ficção científica, o livro de Ishiguro lança mão desses "doadores", em tudo e por tudo idênticos a nós, para falar da existência. Pela voz ingênua e contida de Kathy, somos conduzidos até o terreno pantanoso da solidão e da desilusão onde, vez por outra, nos sentimos prestes a atolar.
 


O Instituto Hailsham era considerado um dos melhores internatos da Inglaterra por possuir professores altamente qualificados para o ensino- também chamados de Guardiões-, áreas amplas para que os alunos pudessem se locomover livremente e a introdução de atividades que desenvolvessem a criatividade dos alunos, principalmente relacionadas à arte, como desenhos, pinturas, esculturas e poesias.

Na maior parte do tempo, tanto na maneira como o aluno era visto em Hailsham como o grau de apreço e respeito que lhe dedicavam, tinham relação direta com o quanto este era bom em criar. Pois no final de cada mês, todos os trabalhos dos alunos seriam avaliados e os melhores eram levados para a Galeria pela Madame, uma senhora muito séria e rígida que não gostava de manter nenhum contato com os alunos. Nenhum aluno sabia para o quê as artes serviam ou onde ficava a famosa Galeria. Mas levavam com bastante seriedade a avaliação dos seus trabalhos e quando alguém criava algo mal feito, as provocações eram bem cruéis.

Os alunos sabiam poucas coisas sobre si mesmos, quem eram, e que eram diferentes dos Guardiões, das pessoas de fora; mas ainda não haviam compreendido o que isso significava. Eram levados a crer que eram especiais, proibidos de irem além do muros do internato, por uma razão: todos eles eram clones criados com o único destino; servirem de peça de reposição quando chegasse a hora. 

“Porque em algum lugar lá no fundo uma parte de nós permaneceu igual: receosos do mundo em volta e- por mais que nos envergonhássemos disso- incapazes de deixar o outro partir de uma vez por todas.”

Cada clone passa por algumas etapas antes da primeira doação de órgãos. E a partir dos dezesseis anos, os alunos são levados para um local onde eles passarão por um treinamento até que estejam aptos a se tornarem Cuidadores, pois cada doador precisa de um cuidador nos momentos de fraqueza e cansaço após as doações.   

09/02/2018

21 [ RESENHA ] Namorado de Aluguel

Título: Namorado de Aluguel
Autora: Kasie West
Editora: Verus
Páginas: 250
Estrelas: 4/5

Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento. Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.

Quem de nós não gosta de uma história leve, que nos faça sair da realidade com graciosidade e humor? Acredito que todo mundo ama, mas na história de Gia Montgomery nós encontramos muito mais; percebemos que pequenas desculpas, atitudes e mentiras podem tomar proporções gigantescas!

Gia Montgomery é a protagonista desta obra, uma garota completamente fútil e mimada. Graças à escrita de Kasie West, ela conseguiu conquistar pelo humor, pois, no início, a personalidade da garota é muito fraca. Justamente por isso e pela preocupação excessiva com o que as outras pessoas irão achar dela é que a história começa a acontecer.

Resultado de imagem para namorado de aluguel livro

Para a completa desgraça na vida da mocinha, seu namorado, Bradley, termina o namoro com ela no dia da grandiosa festa de formatura do colégio, em que ela seria coroada rainha. E, pior, ela havia prometido para todas as amigas que, finalmente, iria apresentar seu namorado naquele evento. Sem outra alternativa, Gia encontra, num completo estranho, a solução de todos os seus problemas, afinal, é muito típico encontrar um rapaz charmoso com jeitinho nerd e propôr que ele seja seu namorado postiço no estacionamento do colégio, pois então, foi exatamente o que ocorreu com a moça. Apesar do convite inusitado, o rapaz misterioso fica encantado pelo desespero e pelo poder do convencimento de Gia e aceita ser Bradley (o ex namorado) por uma noite.

“- Veio trazer seu irmão?
- Irmã.
- Perfeito.
Ele ergueu as sobrancelhas.
-Você vai ser o meu par.”

07/02/2018

0 [ LANÇAMENTOS ] Editora Rocco - Fevereiro

Oi, pessoal!

Hoje vamos conhecer os lançamentos da editora rocco para esse mês de fevereiro e só posso dizer que estou muuuuito empolgada.... A editora arrasou novamente.


Bestseller do The New York Times, o romance de estreia de Caroline Kepnes ganhou elogios de escritores do calibre de Stephen King e Sophie Hannah, além de resenhas estreladas, e deu origem a uma série de TV homônima que estreia neste primeiro semestre nos EUA. Não é para menos. Hipnótico, assustador, brilhante são alguns dos adjetivos usados para descrever este thriller sobre um amor obsessivo e suas perigosas consequências. A trama tem início quando Guinevere Beck, que deseja ser escritora, entra na livraria do East Village onde Joe Goldberg trabalha. Bonita, inteligente e sexy, Beck ainda não sabe, mas é a mulher perfeita para Joe, que, a partir do nome impresso no cartão de crédito de sua cliente, passa a vasculhar sua vida na internet e a orquestrar uma série de eventos para garantir que ela caia em seus braços, fazendo com que tudo pareça obra do acaso. À medida que o romance entre os dois engrena, porém, o leitor descobre que Beck também guarda certos segredos e os desdobramentos desse relacionamento mutuamente obsessivo podem ser mortais.



Autor do já clássico O fim da história e o último homem, entre outras obras fundamentais da sociologia e da ciência política contemporânea, Francis Fukuyama retoma seu ambicioso projeto de narrar a longa trajetória das instituições políticas, das organizações tribais até o Estado moderno, em Ordem e decadência política. Após As origens da ordem política, em que cobre a história das sociedades desde a Antiguidade até as Revoluções Francesa e Americana, o autor agora se debruça sobre os acontecimentos que vão do final do século XVIII até a chamada Primavera Árabe, partindo da questão fundamental de como as sociedades desenvolvem instituições políticas fortes, e examina, entre outras coisas, as disfunções da política contemporânea norte-americana, os efeitos da corrupção nas instituições e os diferentes legados do colonialismo na América Latina, África e Ásia. Um panorama completo e ousado da luta da humanidade pela criação de um Estado moderno e eficaz. 

06/02/2018

0 [ EDITORA PARCEIRA ] Bezz Editora

Mais uma mega novidade para vocês, estou tão empolgada que esqueci de dar oi.

Resultado de imagem para gif oi

Gente, nem acredito que conseguimos fechar parceria com a BEZZ .... Muito empolgada e muito feliz com a conquista do blog e devo tudo a vocês. Muito obrigada geeeente.

Agora vamos conhecer um pouco da editora e conhecer algumas das obras lançadas pela mesma.

A Editora Bezz surgiu em função da dificuldade, encontrada por novos autores, em publicar um livro, no mercado brasileiro. Sabemos que, no Brasil, há uma infinidade de talentos em busca de uma oportunidade para compartilhar suas obras. E nós acreditamos e investimos no sonho do autor independente. Para tanto, prestamos serviços realizados por uma equipe técnica, formada por profissionais da área editorial, como redatores, editores, diagramadores, revisores, capistas e artistas gráficos, entre outros. Preparamos seu livro para a divulgação e venda, usando o que há de mais moderno na área.

        



Resultado de imagem para gif empolgada

Só eu que fico assim com essas capas maravilhosas?


02/02/2018

16 [ RESENHA ] O Protegido


Título: O Protegido - Ciclo das Trevas #1
Autor: Peter V Brett
Editora: DarkSide
Páginas: 514
Estrelas: 5/5
"A fantasia épica mais significativa e cinematográfica desde O Senhor dos Anéis. Inspiradora, obrigatória e totalmente viciante!"- Paul W. S. Anderson, criador e diretor da série Resident Evil.Ao cair da noite, eles surgem por todos os lados, famintos por carne humana, demônios de areia, de vento e até de pedra, conhecidos como terraítas. Depois de séculos, a humanidade definhou e se tornou refém da escuridão. Arlen, Leesha e Rojer, jovens sobreviventes, atrevem-se a lutar e encarar as trevas. O jovem Arlen recebe os ensinamentos de um mensageiro e descobre que o medo, mais que os demônios, é o mal a ser combatido. Leesha tem a vida destruída por uma simples mentira e se torna ajudante de uma velha e misteriosa ervanária. E o destino de Rojer muda para sempre quando um menestrel chega à sua vila com uma rabeca. Juntos, eles podem oferecer ao mundo uma última, e fugaz, chance de sobrevivência.

Em um mundo onde os demônios são mais do que seres mitológicos, eles existem fisicamente e se alimentam de seres humanos e animais, as pessoas vivem aterrorizadas presas em círculos protetores que as vezes falham e diversas vidas são eliminadas em uma só noite. E foi nesse cenário que conhecemos três personagens de diferentes lugares no enredo.

A narrativa em terceira pessoa começa nos apresentando Arlen, um menino de apenas treze anos de idade, morador do Riacho de Tibbet, ele não se conforma em apenas se esconder nas proteções magicas, não entende por que os humanos são tão covarde e não luta. Ao tentar argumentar com o pai sobre isso, o pai falou que não havia motivo para lutar, e que dentro das proteções estavam a salvo. 

"Arlen sabia que seu pai estava envergonhado. Era justamente como Ragen dissera. Talvez Jeph até se odiasse, como Cholie se odiava. Ainda assim, Arlen não conseguia sentir compaixão. Sua mãe pagara o preço pela covardia de Jeph."

E que se Arlen ou a mãe estivesse em perigo, ai sim existia um motivo real para luta. Porém quando o motivo real chegou, Arlen viu o pai se acovardar em quanto sua mãe era atacadas pelos terraídes (demônios), Arlen lutou para salva-la, dando uma chance de vida a ela, porem por falta de conhecimento de ervas, sua mãe morreu de febre demoníaca, deixando o jovem revoltado com o pai e por isso fugiu.

"— Arlen! — gritou Jeph, mas o garoto o ignorou, correndo o mais rápido que podia para dentro da floresta que margeava a estrada."

Seu sonho era ser um mensageiro, uma das profissões mais arriscadas que existem, pois tinham que acampar no meio do nada com círculos portáteis de proteções, que muitas vezes falhavam o que significava a morte, mas os homens que se disponha a trabalhar nisso ganhavam verdadeiras fortunas. Mas para Arlen ser um mensageiro significava liberdade, mas antes ele tinha que chegar a uma cidade livre vivo.

Resultado de imagem para o protegido ciclo das trevas

01/02/2018

31 [ RESENHA ] As Perguntas

Título: As Perguntas
Autor: Antônio Xerxenesky
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 184
Estrelas: 3/5
Livro: Cortesia da Editora

Alina enxerga sombras e vultos desde criança. Doutoranda em história das religiões, especializada em tradições ocultistas e aferrada à racionalidade que tudo ilumina, ela se acostumou a considerar as aparições como simples vestígios de sonhos interrompidos.
Certo dia, um telefonema da delegacia desarruma sua rotina de tédio programado. A polícia suspeita de que uma seita vem causando uma onda de surtos psicóticos em São Paulo. A única pista disponível é um símbolo geométrico desenhado por uma das vítimas. Intrigada e ansiosa para fugir da rotina, Alina decide investigar por conta própria um mistério que a fará questionar os limites entre razão e religião, cultura e crença.
Em 'As perguntas', Antonio Xerxenesky costura o tédio da vida cotidiana com o desconforto do horror em um livro repleto de referências ao universo dos filmes, da música e do ocultismo.
 


“Houve uma época em que as noites eram para dormir, um sono profundo, sem sonhos. Eu não consigo dormir. Fico acordado a noite toda, até amanhecer. […] Neste período, os pesadelos vêm até nós. E, se estamos acordados, sentimos medo.Ingmar Bergman, A hora do lobo”

A palavra NOITE no dicionário significa: horário em que está escuro, por falta da luz solar, e em que geralmente as pessoas descansam ou dormem. Contudo, para Alina, era nesse momento em que tudo começava a ficar assustador, quando os pesadelos se iniciavam e sombras sinistras surgiam para atormentá-la.

Tudo começou na sua infância, quando ela acordava gritando, urros tão desesperados que acordavam seus pais e seu irmão. Os gritos iam diminuindo até ela compreender e localizar a linha divisória entre o mundo dos sonhos e a realidade, mas mesmo depois de acordar, ela continuava enxergando as sombras no quarto. Seu pai, no alto do seu cientificismo, explicava que o cérebro demora um pouco para entender que não está mais sonhando.

Alina não tinha muita fé em Deus e sentia que a sua religiosidade era apenas algo de hábito, que nunca fora forte e logo iria desaparecer. Mas para a sua sorte, a frequência dos acontecimentos foi diminuindo com os anos, até quase cessarem e ela esquecer-se do assunto, associando os gritos a um passado distante. As ideias de seu pai foram ganhando espaço, ela acordava, via as sombras, tomava um susto inicial, mas não se deixava vencer pelo desespero. Porém ela sentia que não estava totalmente livre delas e que se trouxesse o assunto a tona, talvez na noite seguinte, ela voltaria a receber as visitas.  

“ Fechou a porta e ficou no escuro por um tempo, gotas de água escorrendo do cabelo e pingando no chão, sentindo o cheiro um pouco rançoso de um quarto que costuma permanecer fechado durante a semana toda, e tentava discernir a silhueta da cama, do armário, sentindo-se uma invasora num local povoado de fantasmas.”

© Coleções Literárias ♥ 2018 - Todos os direitos reservados ♥ imagem-logo