13/11/2017

39 [ RESENHA ] Metáforas do Amanhã

Título:  Metáforas do Amanhã
Autor: Mirtes Waleska
Editora: Penalux
Páginas: 72
Estrelas: 4/5
Livro: Cortesia da Penalux
Mirtes Waleska sulpino, poeta do cariri paraibano, prepara-se para lançar um novo livro de poesias. METÁFORAS DO AMANHÃ. São alguns poucos poemas, que podem se multiplicar ou diminuir até o momento decisivo da publicação.É o segundo livro de Mirtes, o primeiro, "Versos Expressos", lançado em 2008, já para sair para o mundo, para as mãos e os olhos vorazes dos leitores. O tema, (qual o tema?) é o mesmo: o amor, as vicissitudes, as explosões, as alegrias, as tristezas do amor...Esse é o segundo livro de poesias que eu leio esse ano e devo dizer que estou orgulhosa de mim, pois fazia muito tempo que não tinha contato com poemas e poesias.


Em metáforas do amanhã encontramos poemas intensos, profundos, como esse:

“Na minha poesia
Cabem todas as palavras
Mesmo aquelas 
Escondidas
Sujas,
Malditas,
Indecifráveis
Numa ruptura
Louca
Entre o poeta
Lírico
E o poeta
Lítico
À la Drummond.
Na minha poesia
Cabe a candura
O beijo
O segredo
O orrrrgasssssmo
O tesão,
O prazer,
Na minha poesia
Cabe a loucura
Freud,
Frida,
Calo,
Grito,
Engasgo,
E sopro
A dor
Até morrer...”



Poemas delicados e dramáticos:


“Meus sonhos são de bolso
E cabem numa
Estante qualquer [...] ”

“Constelações
São estrelas
Escrevendo poemas 
No céu.”

“Antes de ser poema,
Eu era apenas palavras mortas,
Sem rima, sem poesia.
Antes de ser poema
O tempo me silenciavam as ações
E o verbo, esse, nem exista.
Antes de ser poema,
O chão não tinha estrelas,
E a lua me era sempre igual.”

Dá-se a entender pelos textos da autora que ela visa mostrar ao leitor a importância da poesia na vida de alguém, que chega quebrando o tabu, descarregando a alma de palavras que acabam presas no peito ao longo da vida.

Senti em alguns dos poemas um desabafo que estava guardado, como se a autora tivesse ficado muito tempo guardando para si e soltado tudo em palavras. E poesia é isso não é? Descarregar a alma através de palavras.

“Já acumulei tantas mágoas
Tantas outras causei
Tantas palavras não ditas
Tantos mistérios revelei
Palavras contidas 
Num mosaico de ilusões
Palavras
Mal ditas
Meio amargas
Verdades reveladas
Entre um gole e outro de café.”

O livro está recheado de poesias lindas, que tocam o leitor de uma maneira única, faz refletir, se apaixonar, olhar para a vida com olhos detalhistas. Uma das poesias que tornou meu favorito foi o poema FOTOGRAFIA que realmente me tocou, me fez refletir muito sobre como somos frágeis.

“FOTOGRAFIA

Um dia seremos
Guardados.
Nossas histórias
Nossas viagens
Nossos diplomas 
Nossos amores
Nossas dores,
Numa caixa de sapato,
E vez ou outra
Sairemos do armário
De dentro da caixa
E seremos
Lembranças,
Lágrimas,
...
Apenas
Fotografia."

Acho que todo mundo tem uma caixa de sapato com lembranças guardadas.  No meu caso não são fotografias e sim cartas. Quando li esse poema me lembrei da minha caixa de sapato de cartas, guardo cartas de amigos do ensino fundamental, e entre elas tenho muitas da minha melhor amiga que se foi muito cedo deixando uma saudade dolorosa. De vez em quando abro a caixa e leio suas cartas para matar a saudade.
O poema fez minha imaginação fluir... Me fez pensar que um dia seremos como cartas ou fotos guardadas no fundo do armário de alguém querido, somos passageiros nessa vida.

Amei o livro e recomendo para qualquer pessoa com toda certeza. Foi uma leitura deliciosa de alguns minutos, e ainda me ajudou com a ressaca literária hahaa.

39 comentários via Blogger
comentários via Facebook

39 comentários:

  1. Olá!
    Confesso que não sou fã de poesia, mas que bom que o livro lhe agradou. Essa poesia da fotografia foi mesmo ótima para refletirmos uma realidade nossa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A da fotografia é linda né? Realmente retrata bem a realidade.

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Eu adoro ler poesias, então é claro que já fiquei super empolgada para ler este livro. Adorei tua resenha e as poesias que colocou no post!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bem?
    Confesso que não sou muito de ler livros de poesia porém as que você citou me deixou bastante curiosa para dar uma chance ao livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou mesmo não tendo o costume de ler poesias. Também não tenho, mas amei o livro.

      Excluir
  4. Oii Taty tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro da Penalux e fiquei surpresa, com toda certeza eu adoraria ler e me aventurar, gosto de tudo que envolva poesias, dica anotada e lindas fotos.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.
      Leia sim, e me conta depois. Tenho certeza que você vai amar.

      Excluir
  5. Oi tudo bem? confesso que não sou muito fã de poesia mas gostei tanto da sua resenha que me interessei pelo livro também !
    Seu blog é lindo, parabéns! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz que tenha gostado, leia sim hahhaa

      Excluir
  6. Eu gosto muito de poesias, estou sempre lendo. Eu não conhecia o livro, mas não fiquei muito interessada na leitura. Gostei de ver a tua opinião sobre ele, só não me interessei para ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Bia. Mas por que não se interessou em ler? :(

      Excluir
  7. Sou grande apreciadora de poesias, costumo dizer que são suspiros da alma, prontos a se comunicar com as almas abertas.
    Realmente a Fotografia é tocante, deu pra sentir um pouquinho do que o livro deve trazer ao leitor. Dica anotada.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii que lindo isso hahaha. Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  8. Adorei tua resenha. Agradeço pelas palavras e pela sensibilidade. Esse poema, fotografia, é um dos mais comentados por quem adquire o livro. Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda. Fico feliz que tenha gostado e é uma honra ter seu comentário aqui.
      Fotografia é lindoo.

      Excluir
  9. haaaaaaaaaaaa fico tão feliz quando vejo resenhas de livros de poesias, anotei a dica, sou amante do gênero e não conheço a autora, gosto de apreciar os contemporâneos, leio muitos da editora Patuá e CEPE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor, e fico feliz que tenha gostado. Leia sim. =)

      Excluir
  10. Olá, ainda não conhecia esse livro,a edição parece bem bonita. Pelos trechos que você postou, parece ter poemas lindos. Tão bom quando a poesia nos toca assim.

    ResponderExcluir
  11. Oiii Taty

    Confesso que não curto muito poesia. Eu me distraio muito facilmente e na poesia sempre termino cansando. Fico feliz que vc tenha curtido a obra, e a edição parece estar bem bonita

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Alice. Mas eu entendo isso de se distrair, no meu caso, isso acontece com contos hahaha com poesia já é mais tranquilo.

      Excluir
  12. Olá!
    Achei lindo o projeto gráfico, mas poesias apesar de terem algumas belíssimas, não são o tipo de leitura que eu gosto de fazer.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Não conhecia esse título, mas, infelizmente, não curto muito poesias. Eu sinto sempre que não entendo o que o autor quis passar.
    Gostei muito das poesias que você trouxe. E achei elas bem construídas, apesar de não animar para ler. Eu não tenho uma caixa de lembranças, mas gostaria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o livro e nem a autora, mas as poesias dela parecem ser realmente tocantes.
    Infelizmente, esse é um gênero que não funciona para mim. Muitas vezes fico perdida com o significado que o autor realmente quis dar, acho subjetivo demais.
    De qualquer forma, fiquei feliz de ver que você gostou tanto da leitura e foi sensibilizada pelas palavras da autora. Não pretendo ler, mas vou anotar a dica para presentear algum amigo que goste de poesias.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi Taty,
    Tudo? Infelizmente não sou fã de poesias e poemas então a dica não se detém muito a minha pessoa, mas achei curiosa você ter uma caixa de sapatos com cartas de amigas da escola e que uma delas já se foi, eu também tenho e aconteceu a mesma coisa comigo, são lembranças que carregamos né?
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Anotado a dica! Amei todos poemas selecionados. Para mim, o que mais chamou minha atenção na poesia de Mirtes Waleska foi a intertextualidade com textos e autores conhecidos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. não conhecia o livro mas pelos trechos que vc separou na resenha fiquei super a fim de realizar a leitura. amo poesia <3
    bjs^^

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Poesia não é meu forte, mas admiro quem escreve. Não pretendo ler, mas pra quem gosta, é um livro e tanto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também admiro muito. Uma pena que não pretende ler.

      Excluir
  19. Oi :D

    Poesias e eu não andamos próximas, confesso que a culpa é minha por não conseguir me conectar com os versos, mas acho muito bacana quem consegue transcrever em poucas palavras tantos sentimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii, que triste. Também admiro muito as pessoas que em poucas palavras escrevem coisas lindas.

      Excluir
  20. Não leio poesias, acho que nem lembro a ultima vez que vi um livro de poesia. Então eu ficaria meio perdida neste rs. Gostei da sua resenha, explica bem sua opinião quanto ao livro.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica não hahahah, também pensei e foi tudo bem tranquilo. Tenta que dá certo.

      Excluir
  21. Adoro poesias e não conhecia o livro, gostei muito do lado que os escritos abordam. A edição está bem bonita e sua resenha ficou excelente.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  22. Olá,

    Quando mais nova eu amava poesias, só que conforme o tempo passou, acabei perdendo o interesse, raramente pego algum livro do tipo para ler, e confesso que o que mais me chamou a atenção no livro foi a capa, mas acabei curtindo as poesias que separou para nos mostrar.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, aconteceu o mesmo comigo.
      Eu fui perdendo o costume com o tempo, mas esse ano estou tentando a voltar a ler poesias hahaha
      Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ 2018 - Todos os direitos reservados ♥ imagem-logo