01/11/2017

[ RESENHA ] Garotos de Lugar Nenhum

Título: Garotos de Lugar Nenhum
Autora: Elise McCredie
Editora: Rocco
Páginas: 296
Estrelas: 3/
Livro: Cortesia da Rocco
Já imaginou retornar para casa depois de uma excursão da escola e descobrir que ninguém se lembra de você? Que sua existência simplesmente foi apagada, como se você nunca tivesse nascido? Parece um pesadelo, mas é o que acontece com Felix, Andy, Sam e Jake em Garotos de lugar nenhum, versão em romance da primeira temporada do famoso seriado de TV australiano Nowhere boys. Depois de passarem uma assustadora noite de tempestade perdidos na floresta durante o que seria um passeio rotineiro a um parque nacional da região, os meninos finalmente conseguem retornar para casa. Mas, estranhamente, ninguém os reconhece, nem mesmo seus familiares. Presos em um universo paralelo onde eles não existem para o mundo a sua volta, os quatro tentam entender o que aconteceu quando percebem que uma força das trevas está à solta. E precisam lutar para restaurar as coisas, antes que ela os destrua de uma vez por todas.


Tudo começa com uma simples excursão pela floresta organizado pela escola de Felix. Mesmo ele detestando a natureza fica interessado em participar ( Interessado até demais), assim que seus pais esquecem de assinar a autorização por estarem muito ocupados com Oscar (Irmão caçula e cadeirante de Felix) o rapaz pede para sua vizinha e melhor amiga Ellen falsificar a documento.

Chegando no ônibus Felix cautelosamente parece apreensível como se estivesse esperando alguém, somente quando vê Andy, Sam e Jack no ônibus ele se tranquiliza. Na hora do professor separar os grupos, curiosamente Jack, Sam, Felix e Andy ficam na mesma equipe, o que deixa Felix aliviado. Escondido o rapaz troca o mapa dado pelo professor por um que ele desenhou a mão.
Mas o que quatro jovens completamente diferentes estariam fazendo no mesmo grupo, e porque Felix ficara tão satisfeito com isso já que é chamado de "esquisitão" o tempo todo por Sam e Jack?


Logo um dos garotos começa a reclamar que a outra equipe estaria ganhando e ele não aceitaria derrota, então Felix diz conhecer um atalho, mas assim que saem da trilha o mapa sai voando das mãos do rapaz por conta de uma rajada de vento, e os garotos caem em uma ravina. Sem saber como voltar eles acabam passando a noite ali mesmo no meio da floresta ao som da musica esquisita que Felix se empenhou tanto em compor e gravou em seu celular.

No dia seguinte eles começam a procurar uma maneira de voltar, mas isso seria impossível pela ravina, é quando encontram uma estrada, mas do nada começam a ser perseguidos por um tornado estranho. Com muito custo conseguem escapar e encontram um senhor que oferece carona até a cidade, logo os garotos pulam de alegria, quando chegam na cidade, cada qual segue seu rumo e ao chegarem em suas casas percebem que algo muito estranho aconteceu.


Oscar (irmão de Felix) não precisava mais de uma cadeira de rodas, mas não fazia ideia de quem era o garoto gótico em sua frente.
Sam não foi reconhecido pela família, muito menos pela namorada. Andy foi expulso de sua casa pela avó e seu cutelo gritando aos quatro ventos que havia um tarado em sua casa.  E a mãe de Jack não morava mais no mesmo lugar, tinha uma vida completamente diferente, a casa não caia mais aos pedaços, agora era a casa que ela tanto sonhava, mas estava casada com outro homem, e seu pai não era mais um perdedor, mas sim o delegado da cidade (que nunca tivera um filho).

Assim que os quatro garotos se reúnem novamente, percebem que estão em um mundo paralelo onde não existem, onde ninguém os conhecem.
Sem saber o que fazer ou para onde ir, dormir, o que comer, os garotos começam a revirar latões de lixos para se alimentarem, e encontram uma cabana velha no meio do mato para se abrigarem e começam a deixar as diferenças de lado para sobreviverem e encontrar um modo de voltar para casa.

"Abrigo é uma condição essencial de sobrevivência."

E como se as coisas já não estivessem ruins o bastante os quatro começam a ser perseguidos por uma força desconhecida.

O livro é narrado em terceira pessoa pelos quatro jovens. Foi uma leitura mega fluida e envolvente, a escrita da autora é ultra simples, mas com diálogos que prende o leitor. Gostei muito de como a relação dos garotos vão mudando ao longo da história, como vão de uma maneira bonita construindo uma amizade que parecia bem improvável.

Não consegui escolher um dos personagens como meu preferido, cada um conseguiu me cativar e irritar na mesma porcentagem, rsrsrs.
Senti vontade de abraça-los e protegê-los quando começam a sentir fome e procuram comida no lixo mesmo estando tão perto de suas casas confortáveis e não podendo fazer nada.

"Não tinha certeza de qual era a pior tortura: estar permanentemente com fome ou permanentemente esquecido"

O único ponto negativo foi parte do final que ficou ligeiramente corrido, como se a autora estivesse com muita pressa, principalmente na hora das revelações que não pareciam ser adequadas para aquele momento, mas curti muito o livro e estou louca para ler a continuação. A autora deixou as coisas bem temperadas para o volume dois.
Ainda não assisti a série de tv, mas pretendo conferir, mesmo achando que não vou gostar tanto quanto gostei do livro, mas vou tentar e trarei um post especial falando sobre isso quando acontecer.

Não encontrei erros de revisão no meu exemplar que tem essa capa maravilhosa, folhas amareladas, fontes em ótimo tamanho,e espaçamento bom.

Para quem curte Fantasia/ Ficção cientifica/ Distopia vai gostar, mas não esperem uma narrativa muito mega elaborada, o livro tem uma ultra mega pegada juvenil, direi até que é um livro perfeito para quem está querendo mergulhar no mundo da literatura.
Recomendado!

29 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro, mas me pareceu ser uma obra bem interessante e diferente do que estou acostumada, só é uma pena que o final deixe a desejar. Adorei a resenha!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem.
      Não que o final deixou a desejar só teve um ponto que ficou meio corrido, como mencionei na resenha :)

      Excluir
  2. Olá, não conheia a história, apesar de já ter vista a capa, gostei da trama, e fiquei curiosa agora com tudo. Adorei a resenha. Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Fico feliz que tenha curtido a resenha ...
      bjs

      Excluir
  3. Olá! Eu gosto muito de fantasia, distopia ou algo parecido.
    Mas um amigo meu me desestimulou a ler.
    Parabéns pela resenha sincera. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.
      Que bom... também amo.
      Aiiiii que amigo é esse?? Não é amigo então :(
      leia sim que é um passa tempo delicia.

      Excluir
  4. Oi,
    Não conhecia a história mas achei interessante. Gostei muito desse esquema de eles estarem em um novo mundo onde não são lembrados. Porque foram parar lá? Vão conseguir voltar? Interessante premissa, me agradou mesmo. Legal saber que tem uma série também, será que tem na Netflix? Vou procurar mais sobre ela com certeza. Super curti a dica.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou,o livro bem gostosinho de ler.
      Não sei se tem na Netflix, mas procura aí sim :)

      Excluir
  5. Olá!
    Eu curto muito uma distopia e, apesar de ter achado o enredo desse livro bem inusitado. Acho que tudo dependerá de como será conduzida a continuação.

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que você tenha a oportunidade de ler e espero que curta, hahah nem que seja um pouquinho.
      Tambm amo distopias.

      Excluir
  6. Tem um tempo que não pego algo do gênero e o enredo me pareceu Muito bom, uma pena foi esta correria no final. Achei interessante esta ideia de um mundo paralelo.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu também estava bem afastada e foi uma ótima opção, curti.

      Excluir
  7. Eu sempre gostei de histórias que abordam mundos paralelos. É tanto que adoro Stranger things justamente porque tem essa questão do mundo investido. Bom, voltando ao livro: fiquei bem desconfiada do personagem Felix. O que será que ele tem a ver com toda essa desordem das coisas, dos mundos?

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca tinha lido uma assim. Nem sabia que Stranger things tem essa pegada hahaha, baixei a série para assistir essa semana, já estou animada com essa noticia.

      Excluir
  8. Olá, ainda não conhecia esse livro, mas depois de ler sua resenha achei a premissa super interessante. Muito louco isso de eles irem parar numa cidade onde a vida deles é diferente da que era antes de saírem para o passeio. É uma leitura que talvez eu vá querer fazer em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Pois é, é tudo bem louco mesmo. Espero que você curta a leitura.

      Excluir
  9. Oi.
    Quando comecei a ler sua resenha pensei que o garoto estivesse orquestrando uma vingança contra os outros e já comecei a criar teorias. Por isso gostei muito da proposta do enredo.
    Adoro livros que têm essa pegada juvenil também.
    Dica anotada.
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente isso que veio na minha cabeça quando comecei a ler o livro hahahhaha
      Que bom que vc gostou.

      Excluir
  10. Olá!!

    Não conhecia o livro, mas achei a premissa muito interessante. Não sei se lerei logo, mas já anotei a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito de ler a sua resenha sobre esse livro, estou curiosa com ele há algum tempo. Achei muito bom poder conhecer mais sobre a trama, parece ser um livro que eu me envolveria facilmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tirei um pouco das suas dúvidas.
      Espero que vc leia o livro e goste <3

      Excluir
  12. Oiii tudo bem?
    Fiquei bem curiosa para ler esse livro menina, gosto de suspense e tramas envolventes e com situações assim, pena que sua avaliação não tenha sido muito alta, mas pretendo ler.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem e com vc?
      Aii que bom que você gostou, pois é... não foi alta, mas ainda assim vale a pena ler, é um livro gostosinho de ler.

      Excluir
  13. nossa, que premissa... :o
    mesmo tendo esse ar juvenil, fiquei curiosa pra fazer a leitura...
    pena o final ter sido meio corrido, mas ainda assim quero ler...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Maria, pois é a autora deu uma corrida no final, mas ainda é bom.
      Leia sim.

      Excluir
  14. Li o livro e gostei bastante, achei bem fiel aos episódios da série que já assisti, embora ele tenha menos emoção que ela. Achei o final bom mas o gancho para continuação me deixou insatisfeita, mesmo porque pelo que pesquisei já faz quatro anos que ele saiu e nenhuma continuação foi lançada. O que me dá esperanças é que ele corresponde à primeira temporada da série e tem duas temporadas disponíveis na Netflix, espero conseguir um final melhor nem que seja por lá... Rs...

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Parece bem fiel à série que gostei bastante, mas não sei se leria no momento por já conhecer a história e ter outras prioridades.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas achei bem curioso o tema e fiquei com vontade de realizar essa leitura. Que pena que o final do livro ficou um pouco corrido, mas mesmo assim acho que é uma leitura que vale a pena.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo