25/05/2017

[ RESENHA ] O Verão em que Salvei o Mundo em 65 Dias

Título: O Verão em que Salvei o Mundo em 65 Dias
Autora: Michele Weber Hurwitz
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 288
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da Editora
Um verão. Uma menina. Um plano. 65 maneiras de fazer a diferença. Neste livro romântico e cativante, Michele Weber Hurwitz, elogiada autora de livros juvenis, conta a história de Nina Ross, uma menina de 13 anos que, um pouco entediada e solitária durante as férias, resolve dar um gostinho diferente aos seus dias com um plano inusitado: fazer uma boa ação por dia, n99/8+anonimamente, a alguém de sua vizinhança. A cada um dos 65 dias em que põe seu plano em prática, Nina descobre algo novo sobre seus vizinhos e sua família capaz de surpreendê-la. E aprende que as coisas podem não acontecer sempre do jeito que esperamos, mas podem ser ainda melhores. Como o verão inesquecível em que ela salvou o mundo – ou pelo menos fez uma pequena diferença nele – e as próprias férias.



Boas ações podem propagar o bem?

Nina Ross tem 13 anos e mora no mesmo bairro há  9 anos, em sua rua tem oito casas, uma marrom, uma branca, uma creme e repete...

Nada de novo acontecia, era sempre a mesma coisa, mas tudo estava prestes a mudar nas suas férias de verão onde Nina embarcaria para o ensino médio. 

"Quase sempre são coisas comuns, as que passam despercebidas, que acabam fazendo alguma diferença"



A avó de Nina morreu há um ano, ela era a única companhia de verdade para a garota, com ela Nina aprendeu diversas coisas, desde costurar à Svs (simples verdades) algo que sua avó acreditava fielmente, segundo ela as coisas acontecem quando têm que acontecer. Também dizia que Nina tinha uma alma velha e uma chama em seu coração, na época nina não entendia o que a avó queria dizer, mas no primeiro dia das suas férias de verão ela começou a entender.

Tudo começou quando Nina estava em sua rede tomando sol, sua vizinha a Sra. Chung tinha colocado cravos em uma vasilha para plantar em seu jardim, algo que fazia todos os anos, mas dessa vez não iria ser possível, pois tinha quebrado a perna.
Foi aí que Nina resolveu fazer sua primeira boa ação no seu primeiro dia de férias. Anonimamente ela plantou todos os cravos para a Sra. Chung e depois de fazer isso sentiu a chama em seu coração se acender, sentiu-se uma pessoa poderosa e então lançou um desafio para ela mesma.


Durante os 65 dias de suas férias Nina iria fazer uma boa ação por dia, algo simples e comum, mas que faria a diferença.
No segundo dia ela limpou e organizou os brinquedos dos Cantaloni, 3° dia colocou um chocolate na caixa de correio dos Millman. 4° dia, deixou uma rosa na porta do Sr. Dembrowski. 5° Dia deixou uma moeda da sorte na caixa de correio de cada morador da sua rua... E assim ela fazia algo, todos os dias, não importava o que acontecia.

"A pequena chama no meu coração escapou e está traçando seu próprio caminho pela calçada, acendendo as casas em círculo"

Além de tudo isso Nina é a melhor amiga de seu vizinho Eli de 14 anos, na verdade ela é apaixonada por ele, mas parece que sua melhor amiga (e também vizinha) Jorie já está investindo pesado nele. Jorie mudou muito, só pensa em garotos e no baile que irá marcar a entrada de todos eles para o ensino médio, mas Nina não está sabendo lidar muito com isso, o ensino médio nem começou e tudo já parece assusta-lá.

A vida familiar de Nina é uma verdadeira bagunça, ela tem até uma sigla especial para o irmão mais velho Matt IAEA (Irmão Ausente Em Ação) que quando não está no trabalho está com os amigos. Seus pais são advogados especialistas em divorcio e estão muito ocupados com o novo caso, o caso dos sonhos de ambos que envolvem um casal famoso. A mãe dela é a pessoa mais dificil de lidar, sempre durona com seus sermões e falta de abraços. Seu pai ainda tenta fingir que se importa, ou pelo menos as vezes tenta conversar do seu jeito ocupado.

"Quando decidimos fazer algo e sabemos que é a coisa certa, não devemos deixar ninguém nos convencer do contrário"

No meio de tudo isso está Nina com seu projeto de boas ações e sua saudade apertada da avó, mas ao longo da história as coisas vão mudando e o bairro de Nina vai ficando cada vez mais interessante, cheio de histórias desde raposas kumiho à fantasmas na casa dos Dixon.

Sabe aquele velho ditado "Você colhe aquilo que planta?" Esse livro é todo baseado nele com toda certeza. Um dos livros mais fofos que já li.
Me senti parte daquele vizinhança, queria ser amiga de todos, até mesma da louca da Sra. Millman hahahaha
Também devo revelar que essa chama no coração de Nina é contagiante, pois senti faíscas no meu também, e fiz minha primeira boa ação inspirada nesse livro e parece que tudo ficou mais bonito depois disso.



O livro é recheado de personagens e mesmo sendo personagens secundários, a autora faz com que você se familiarize com todos e sinta um carinho especial por cada um por igual. Thomas (irmão mais novo de Eli) é um menino mais amorzinho do mundo com sua capa de super-heroi remendada (uma das boas ações da Garota Misteriosa- NINA). Eli pareceu ter muito mais que 14 anos, mas isso acontece quando se tem um pai completamente idiota e oportunista. Jorie é a mais chatinha com obsessão em ir ao baile com Eli e suas insistências em escolher o par de Nina (mas ainda assim ela foi legal no final agindo com certa maturidade).

Agora preciso falar um pouco sobre a protagonista... Estou encantada com Nina, ela é daquelas pessoas que todo mundo tem um carinho especial sabe? Mesmo cometendo alguns erros. No inicio ela não era uma pessoa que tomava iniciativas, que deixava o que estava fazendo para ajudar os outros, mas depois de plantar os cravos no jardim da Sra. Chung ela passa a dedicar sua vida para fazer alguém sorrir, desde costurar uma capa de super-herói rasgada até deixar um bilhete desejando um bom dia ao seu vizinho. São coisas simples que qualquer um pode fazer... Imagina você levantar de manhã para iniciar seu dia árduo e em sua porta encontrar um simples bilhete escrito Tenha um bom dia! Tudo muda, fala a verdade!


"TALVEZ FAZER O BEM SEJA TÃO CONTAGIOSO QUANTO BOCEJOS"


O final foi lindo, fofo, reflexivo e com uma mensagem linda. 
O livro é narrado em primeira pessoa por Nina, cada capitulo tem um simples ilustração linda de uma flor. A fonte está em um tamanho maravilhoso, não encontrei erro de revisão na minha edição e a capa está fofíssima. 

Se eu recomendo o livro? Recomendo 65 vezes!


19 comentários:

  1. Oiii Tay tudo bem linda?
    Eu fiquei bastante interessada em realizar a leitura desse livro, o título bastante engraçadinho e não negaria realizar a leitura, deve ter sido uma aventura e tanto para a personagem, lindas fotos.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie flor.
      Sim sim, o livro é um amorzinho, acho que é impossível encontrar alguém que o leia e não goste; A proposta da autora é linda.

      Excluir
  2. Que fofo!!! Me deu muita vontade de ler!
    Gosto de livros que tenham essa vibe positiva, com personagens fazendo o bem, deixando lição através de suas ações!
    Adorei sua resenha!
    Beijos
    http://www.aquelaepifania.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um livro lindo, bem positivo mesmo.
      Que bom que gostou.;

      Excluir
  3. Oie!
    É a primeira resenha que leio do livro, e agora me animei para poder conferir a história. Achei que não iria gostar da história, mas já vi que gostar.
    Adorei essa dica, e gostei bastante da capa desse livro.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie.
      Que bom que gostou, fico mega feliz.
      Espero que curta o livro.

      Excluir
  4. Devo dizer que histórias com personagens mais novos que eu sempre me dão um calorzinho no coração. Alguém com uma idade tão gostosinha quanto 13 anos ,meche comigo.
    O livro já me deixou encantada, e já entrou na minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. Realmente é muito gostoso esses livros narrados por jovens adolescentes.

      Excluir
  5. Oiee Taty ^^
    Esse livro parece ser tão lindo e apaixonante! Queria tê-lo solicitado agora que terminei de ler a sua resenha...haha' não imaginei que fosse assim tão fofo, e que os personagens eram tão fáceis de se gostar.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lindo e apaixonante mesmo hahahha.
      Ah, desde o momento que li a sinopse e vi a capa eu soube que não me arrependeria.

      Excluir
  6. Olá! Que capa linda e fofa! Amei sua resenha! Fiquei curiosa para ler, por que gostei demais da premissa e dos pontos que você abordou. imaginei toda a vizinhança e as casinhas coloridas, e ficou um lugar lindo! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii que fofa.
      Espero que tenha a oportunidade de ler o livro.

      Excluir
  7. Olá, tudo bem?

    Amei sua resenha e o livro. Vou procurar ele com urgência. Me apaixonei. Essa capa tá muito amorzinho. <3

    Beijos
    Laneh Martins
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii tudo bem??

    Conheci esse livro mas acabei evitando a historia pelo fato dela ser muito nova e eu estar evitando personagens muito novos, estou um pouco cansada, mas sua resenha me fez ter vontade de ler.
    Achei bem interessante e vou colocar na lista de desejados.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Amei sua resenha, fiquei bem envolvida e curiosa com a leitura. Creio que é um livro que dá vontade de abraçar no final com a mensagem que ele nos deixa. Ainda não tinha conhecimento dessa obra, mas vou procurar para comprar, pois já estou encantada com a Nina. Beijos

    ResponderExcluir
  10. Ah! Essa capa é uma gracinha, apesar de sua resenha esse não é o tipo de livro que leio. Na verdade ando fugindo, mas fico feliz que tenha curtido, tenho certeza que mais pessoas vão se encantar também.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  11. oi tudo bem
    gosto de livros que teja uma vibe positiva, deve ser um livro otimo para tirar a ressaca literária, mais o que eu mais gostei e os personagens leve e divertidos.
    a capa e linda quem sabe um dia de oportunidade para o livro.

    ResponderExcluir
  12. Oi linda,

    Esse livro me lembrou muito o enredo do filme A Corrente do Bem, na qual o professor lança um projeto para os alunos bolarem ideias para ajudar o mundo e um dos personagens faz uma teia de ajudas e vai ficando maravilhoso e emocionante e isso me deixou feliz com esse livro.

    Já coloquei nos meus desejados.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo