09/02/2017

[ RESENHA ] A Noiva Fantasma

Título: A Noiva Fantasma
Autora: Yangsze Choo
Editora: DarkSide
Páginas: 360
Estrelas: 4/5 
Certa noite, meu pai me perguntou se eu gostaria de me tornar uma noiva fantasma...
1893. Li Lan é uma jovem que recebeu educação e cultura, mas que vive sem grandes perspectivas depois da falência de seus pais. Até surgir uma proposta capaz de mudar sua vida para sempre: casar-se com o herdeiro de uma família rica e poderosa. Há apenas um detalhe: seu noivo está morto.



Li Lan é uma jovem chinesa de 17 quase 18 anos de família renomada, porém enfrentando sérios problemas financeiros. Embora a jovem desconhecesse o fato, seu pai tinha um arranjo de matrimonio para ela desde que era ainda criança. Porém agora que está em idade de se casar o acordo foi desfeito por parte da família do noivo, e no lugar uma nova proposta foi feita a Li Lan. Se ela aceitaria ser a noiva fantasma do único filho homem herdeiro da família Lim que falecera a pouco menos de um ano. O casamento na qual um dos cônjuges já é falecido é até comum em algumas condições, como no caso de um casal de noivos a qual um dos dois acabou morrendo antes do casamento.

"Certa noite, meu pai perguntou se eu gostaria de me tornar uma noiva fantasma. Perguntar talvez não seja bem a palavra. Estávamos em seu escritório, eu folheando um jornal e ele no sofá de vime."

Mas no caso Li Lan era um pedido um tanto estranho, pois não havia nenhum vinculo com o falecido e ela não imaginava se casando com um morto. Sua resposta foi não.

O casamento fantasma seria uma solução aos seu problemas financeiros, afinal a família do noivo era muito rica, tanto que era exatamente esse motivo que a desqualificava para proposta de casamento inicial. Li Lan era prometida para Tian Bai desde a infância, por que ele era primo de Lim, e por ser pobre ela não poderia casar com Lim o herdeiro, mas com a morte de Lim a herança passou para Tian Bai. Meio confuso né.

"Esposa de Tian Bai! Era tudo que eu poderia desejar. Todo esse tempo e eu estava prometida a ele. Tranquei-me no quarto, chorando. Era trágico, sem dúvida, mas também havia um quê de algo terrivelmente cômico nessa história."

Mas o fato é que Lim estando morto não tinha direito a herança alguma, e sua viúva iria desfrutar do conforto do casamento fantasma., logico que ela ficaria presa a esse casamento pelo resto da vida sem poder se casar com outro e ter filhos. E ainda estaria condenada a ver seu amor casado com outra mulher dia apos dia, convivendo na mesma casa. Essa ideia somado ao fato de se casar com um morto lhe aterrorizava, mas as coisas ficaram ainda pior.

"Queria vomitar, cuspir a bílis de todo aquele encontro pernicioso. Eu, que fora tão bem-educada por meu pai para não acreditar em espíritos, confessava para mim mesma, no calar da madrugada"

Depois de uma visita a mansão Lim e dar uma fita de cabelo de presente a senhora Lim, se bem não era exatamente um presente, pois a senhora Lim pediu o lenço e Li Lan o deu. Nessa visita ela conhece um rapaz lindo sem nem imaginar que ele era para ser seu marido, e nesse primeiro encontro rola um clima entre eles. Mas o interessante é que depois de ir na mansão ela passou a sonhar com Lim, que resolveu corteja-la e se possível até força-la a aceitar a sua proposta.

"Ela suspirou. “Gostaria de lhe pedir um favor.” Prestei atenção, mas aquilo era estranhamente inofensivo. “Você se importaria de me emprestar a fita de seu cabelo? Pensei em usá-la para fazer um novo baju.”"

Essas visitas noturnas deixou Li Lan doente, a ponto de pedir ajuda para se livrar daquela alma que insistia em atormenta-la noite apos noite. Contou a sua Amah, uma senhora que cuidou dela desde pequena e anteriormente tinha cuidado de sua mãe que morreu ainda jovem. E Amah a levou ao templo para ver uma médium, e de fato a médium percebeu a presença de Lim próximo a Li Lan, e o afastou por algum tempo, e deu uma mistura de ervas para que Li tomasse, para mante-lo afastado.

"Movida por um fascínio misterioso, coloquei minha mão sobre seu peito. Um clarão de luz percorreu meu corpo, rasgando seu caminho com uma imensidão de memórias, imagens e impressões. Em um átimo, relembrei quem eu era, quem eram todas aquelas pessoas e que o corpo estendido na cama era meu corpo. Por uns instantes fiquei parada ali, congelada e aturdida. Eu era um espírito agora? Frenética, circundei o corpo."

Na primeira noite que tomou a infusão teve uma noite sem sonhos e tranquila, mas logo depois os sonhos tornaram pior, e Li Lan exagerou nas ervas, e seu espirito se desprendeu de seu corpo, que ainda permanecia vivo, apesar dela não conseguir retornar. Foi nessa hora que começou a viagem espiritual de Li Lan, em busca de uma maneira de retornar em vida, assim como uma maneira de se livrar do espirito Lim de uma vez por todos.

O gostoso do livro é descobrir uma cultura totalmente diferente da nossa, cheia de mistérios. Li Lan viveu um triangulo amoroso diferente de tantos outros que já conheci, e o final trás consigo muitas surpresas. O livro tem um total de 317 paginas, a diagramação é linda, com desenhos de origamis a cada abertura de capitulo e no final temos enunciados de como fazer os origamis, temos também os significados dos nomes narrados no livro. Algo que não curto muito é quando os diálogos são sinalados por aspas, e infelizmente nesse é assim, mas certamente valeu apena ler cada linha lida e indico a leitura. 

13 comentários:

  1. Oi Cris, que baita história hem. Já gostei e estou louca para ler. Achei interessante isso do cansamento com um dos "noivos" mortos, diferente.
    Beijos
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Que história louca, né? Achei intrigante! Já ouvi falar várias vezes desse livro, no entanto nunca parei para ler nenhuma resenha, essa é a primeira, e devo confessar que o livro causou uma primeira impressão muito boa. Espero lê-lo em breve, fiquei curiosa sobre o desenrolar dessa história.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Cris!
    Esse livro é lindo e louco né?
    Ainda não li, mas já li diversas resenhas sobre.
    Fico imaginando porque Lim está atrás de Li Lan, mesmo depois de morto. É estranho e cativante.
    E claro, trabalho da darkside é sempre lindo! <3
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Eu não gosto muito de triangulo amoroso, mas acho que esse vai ser bem diferente.
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas ficou empolgada com essa história. Acredito que vou gostar da leitura.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Oiii!

    Eu ainda não li esse livro, mas sei o quanto ele é bom por todas as resenhas que vi.
    Realmente, poder conhecer uma nova cultura é excelente! Gostei da resenha <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oiii Cristina, tudo bem?
    Eu realmente tenho muito interesse em ler esse livro e sei que seria uma ótima pedida para mim, sua resenha soube me cativar e fazer com que eu anotasse a dica, com toda certeza irei ler em breve, se pegar uma promoção ahahha
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Tenho que ler esse livro!!!!
    Ganhei ele de presente e acabei ainda não lendo, é tantos livros na lista de prioridades que a diversão está ficado para trás T_T
    Amo a cultura oriental, lei muito a respeito das lendas e costumes deles, e mesmo não sendo fã de triângulos, conhecer algo tão diferente com se casar com um noivo já morto deve ser bem enriquecedor.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Ainda não esse livro da Dark, apesar de querer muito conhecer outras culturas e por causa dessa edição linda. Confesso que não estou animada para o triângulo amoroso, mas se a leitura for boa, dá para passar por cima. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Realmente o que mais me encanta neste livro é o desenvolvimento da trama mostrar uma cultura nova e diferente, nos fazendo viajar por sua página. Eu adoro triângulos amorosos, principalmente se são bem construídos como este que você mostrou. Quero ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  10. Eu tinha interesse nesse livro só por causa do título e da capa, mas não sabia que tinha um triângulo amoroso. Mesmo sendo um triângulo realmente diferente, não consigo curtir esse recurso e por isso desanimei bastante. Também não sou fã de diálogos com aspas, mas surpreendentemente estou me acostumando e já consigo ler livros assim sem me irritar... Rs...

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Adorei sua resenha, pude conhecer um pouco mais sobre esse livro. Lembro que quando a Grazi lá do blog, leu, ela adorou e falou super bem. Eu não sabia que tinha como fazer os origamis, oowwiinnn, fiquei mega curiosa com isso hahaha. Eu amo quando o livro é assim, ilustrado e fofinha. Maaass, to no teu time, não curto nada quando os diálogos vem em aspas... ~.~

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Esse livro é legal, mas eu o achei muito moroso, a escrita da autora não é tão fluida, isso me incomodou na leitura, mas ainda assim, tb gostei bastante da história. Eu estou acostumada com as aspas. rs

    Mas o final, esse me irritou. Kkkkk

    Beijo.
    Ana.

    ResponderExcluir
  13. Oi Cristina, tudo bem?
    Eu fiquei impressionada quando esse livro foi lançado, pois descobri que essa prática é real. Definitivamente é uma cultura bem distinta da nossa. Gostei da parte do mistério, estou curiosa para descobrir o motivo do fantasma dele a perseguir todas as noites e como é que ela vai conseguir voltar a vida. Está na minha lista com certeza!!! Gostei muito da sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo