23/08/2016

[ RESENHA ] A Caçadora de Bruxos

Título: A Caçadora de Bruxos
Autora: Virginia Boecker
Páginas: 308
Editora: Galera Record
Estrelas: 4/5
Livro: Cedido em parceria com a editora
Sinopse: No mesmo estilo de Guerra dos Tronos, “A Caçadora de Bruxos” reconstrói uma Inglaterra medieval mítica, com magia e muita intriga política. Na Ânglia do século XVI, a prática da magia é ilegal e infratores são queimados nas fogueiras. Elizabeth Grey é uma das melhores caçadoras de bruxos do rei: ela localiza e captura Reformistas, rebeldes suspeitos de praticar feitiçaria para que sejam julgados e executados, conforme manda a lei. Até que, inexplicavelmente, ela é incriminada e acaba presa sob a acusação de praticar a arte que se dedicou a erradicar. A salvação, no entanto, acaba vindo na forma de seu maior inimigo: Nicholas Perevil, o mago mais poderoso e procurado de Ânglia. À medida que Elizabeth se associa aos Reformistas, suas crenças sobre a legitimidade da proibição da magia são profundamente abaladas. Ela se vê em meio a uma contenda política de proporções épicas e percebe que seus antigos aliados agora são seus inimigos mortais. Será que Elizabeth está pronta para decidir de qual lado está sua lealdade, afinal de contas?




Primeira obra que leio da autora Virginia Boecker, A Caçadora de Bruxos nos promete uma protagonista forte e corajosa, que vai vivenciar diversas aventuras, em um enredo incrivelmente instigante.

O livro nos apresenta a história de Elizabeth, uma jovem caçadora de bruxos  que trabalha junto com o seu parceiro Caleb, sendo que os dois lutam pela vigência de uma nova lei, que considera crime o uso da magia. Acontece que as coisas nem sempre foram assim, alguns anos atrás, a magia era utilizada abertamente, tanto para tratamentos, como para poções, proteção e utilização de ervas.


No entanto, alguns bruxos começaram a usar a magia para fins malignos, o que acabou resultando em uma guerra que devastou famílias. Após este marco na história, a magia foi proibida e aqueles que ousassem praticá-la seriam queimados na fogueira. Elizabeth e seu parceiro investigavam justamente os infratores da lei, afim de que os capturassem para sofrer o devido castigo.

"Não sei o que sentir. Alívio talvez; meu estigma é o que fez mim uma caçadora de bruxos".

Este trabalho no entanto, não era nada fácil. As pessoas que usam magia, são sempre ardilosos e espertos, o que quase sempre dificultava muito o trabalho da dupla.  Elizabeth nunca hesita em uma luta e por vezes sempre dá o primeiro passo, querendo fazer tudo por conta própria. Caleb é um jovem mais reservado, que tem um treinamento muito bom, mas sempre espera Elizabeth.

Mas o orgulho se mostra um aliado perigoso quando Elizabeth ao tentar fazer tudo a sua forma, acaba cometendo um erro.  E sendo assim, a jovem logo é acusada de praticar magia. A lei clara como é, requer a condenação dela, mas a mesma acaba conseguindo ajuda de algumas pessoas inusitadas, o que a faz rever os seus conceitos.  Divida entre provar a sua inocência e se juntar ás pessoas que ela sempre tentou combater, Elizabeth precisará decidir logo a qual lado se juntar, antes que seja tarde demais.


“Estou na beira da praça apinhada de gente, observando os carrascos acendendo as fogueiras”.

Com personagens bem construídos, a autora fez a trama fluir razoavelmente bem. Gostei muito da ambientação narrada, dos acontecimentos que não deixaram a desejar e o final que soube ser satisfatório a sua forma, deixando algumas pontas soltas para serem solucionadas no próximo livro. Elizabeth soube ser uma personagem muito convincente, se no início senti uma certa antipatia pelo jeito esnobe dela, posteriormente consegui me simpatizar  que foi criada para um único objetivo e por isso seria difícil esperar algo diferente dela. Caleb é uma figura marcante também no livro, pacifico ele teve até algumas participações bem interessantes, mas poderia ter sido melhor desenvolvido. Há outras figuras mais interessantes na obra, mas menciona-los estragaria a magia da obra.


O ponto alto do livro é sem dúvidas a ambientação, que conseguiu ter cenários bem construídos e cativar o leitor. O enredo que a princípio pareceu inovador, acabou tendo vários elementos de outras obras, o que não atrapalhou a leitura, mas me incomodou um pouco. Ainda assim, a história conseguiu me prender e ser convincente e já estou ansiosa pelo próximo volume.

"A prática da magia é ilegal, e infratores são queimados nas fogueiras todas as semanas".

A obra é um trabalho da Galera Record, que fez um bom trabalho com a capa, que é chamativa e condizente com o livro. A diagramação é simples, mas adequada.  Encontrei poucos erros na minha edição, mas nada que prejudicasse a leitura. O livro faz parte de uma série, sendo que somente o primeiro foi publicado no Brasil e não sabemos ao certo quantos serão publicados.

A recomendação fica para os fãs de fantasias e todos aqueles que gostam da típica história de caças as bruxas, relembrando a Inquisição. Essa obra diverte e nos choca com a quantidade de acontecimentos significativos.

15 comentários:

  1. Não curto muito fantasia. Não é um dos meus gêneros preferidos.
    Sua resenha está muito bem construída e passa bastante da ideia do livro.
    Vou guardar a indicação para amigos que gostam do gênero, e que não são poucos!

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Uma pena, mas caso se interesse um dia. Obrigada pelo elogio.

      Abraços

      Excluir
  2. Oie
    Adoro livros de fantasia. Pelo que vi esse é mais juvenil.
    Gostei da sua resenha e me interessei pelo livro, mas sendo série já me deixa ansiosa, e a galera nem sempre publica logo os outros livros.
    Ainda assim, vai para whishlist.
    Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosana,

      Tem uma pegada mais juvenil sim e para os fãs de fantasia é uma excelente dica. Fico feliz que tenha se interessado.

      Abraços

      Excluir
  3. Esse livro tem tudo que eu mais amo na vida... primeiro pq é uma fantasia, segundo pq tem bruxos e mais bruxos e alta magia. É a primeira resenha que leio dele e já posso dizer com certeza que vou adorar a leitura, me lembrou uma outra série que eu amo tanto... espero poder lê-lo em breve, mesmo ele sendo uma serie, o que me desanima as vezes... kkk

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raissa,

      Eu adoro bruxos também e fantasia, então a obra é sim uma excelente pedida para nós. Pois é, a questão de ser uma série desanima muito gente, mas de uma chance a obra.

      Abraços

      Excluir
  4. Oi!
    Eu gosto muito de obras com essa temática, é bem empolgante e tem um clima tenso e "silencioso" bem interessante! Deve ser bom, vou já colocar na lista, fiquei mega curioso! Ainda mais com essa sinopse de que ela tem que se aliar aos inimigos e tal, bem interessante =D
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro fantasias e estou ansiosa para fazer a leitura porém como se trata de uma serie prefiro esperar um pouco mais.
    Adorei a capa d livro e confesso que quando vejo livros que se assemelham muito a outras obras também fico desanimada.
    Enfim amei a resenha
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  6. Oi, adoro livros de fantasia, e adorei esse que fala sobre bruxas , com pegada da epoca da Inquisição, e o livro parece ser muito bem escrito e estruturado, sendo bem ambientado, nos transportando para o ambiente que a protagonista está vivendo. Adorei a resenha e já vou anotar a dica.
    bjus

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu li esse livro no final de semana e gostei bastante da trama. Estou bem curiosa para a segunda parte, para saber como a protagonista resolveu os problemas com o antigo grupo. Um livro com uma narrativa bem envolvente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Esse livro está na minha lista de leituras justamente por causa da comparação com Game Of Thrones hahaha Gostei bastante da trama e entendo porque você não gostaria da protagonista no começo, ela parece ser uma pessoa bem difícil de gostar mesmo. Enfim, prefiro ler primeiro para tirar minhas próprias conclusões.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Achei a premissa muito interessante, apesar de não me interessar muito por fantasias com bruxas, gostei da proposta. E outra coisa me chamou atenção e que gosto muito em histórias é quando a ambientação é bem construída, fato, que este parece ter acertado.

    beijos
    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá
    muito legal sua resenha e o enredo está bem chamativo mas não é o tipo de leitura que procuro por agora, vou deixar a dica passar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá! Nunca li um livro em questão que tenha um caçadora de bruxas, pela sua resenha me deixou instigado em ler. Gosto de uma história que prenda atenção e com certeza esse livro é o mais certo para ser lido.

    ResponderExcluir
  12. Gosto quando uma história é bem detalhada em cenário, já que isto é bastante importante para a trama realmente e isto parece ter sido bem feito neste livro. Não sou de ler muito na questão de fantasia, mas ainda mais como uma saga, teria que ler uns capítulos para ver se gostaria mesmo.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo