29/08/2018

19 [ RESENHA ] O Clube dos Jardineiros de Fumaça

Título: O Clube dos Jardineiros de Fumaça
Autora: Carol Bensimon
Editora: Companhia das Letras
Estrelas: 4/5
Livro: Cedido pela editora

Em um cenário formado por coníferas milenares, estradas sinuosas e falésias, a região californiana do Triângulo da Esmeralda concentra a maior produção de maconha dos Estados Unidos. É lá que o jovem professor brasileiro Arthur busca recomeçar a vida, depois dos acontecimentos que o levaram a deixar Porto Alegre. Aos poucos, ele se insere na dinâmica local e passa a fazer parte de uma história que começa com a contracultura dos anos 1960 e se estende até o presente. À vida de Arthur e daqueles com quem estabelece vínculos — o atormentado Dusk, a solitária Sylvia, a indecisa Tamara — mistura-se a de personagens reais que participaram do embate que levou à descriminalização do uso da maconha, fazendo deste um poderoso romance panorâmico. Cruzando história e ficção, com uma linguagem original e ousada, a meio caminho entre Brasil e Estados Unidos, Carol Bensimon compõe em O clube dos jardineiros de fumaça um brilhante retrato da geração hippie e de seu legado.
 

“-Você acha que o tempo está passando mais devagar ou mais rápido ou, de alguma maneira, diferente do normal? -Não parece diferente do normal. Só que… só que eu meio que perco a noção. Não sei se é cedo ou tarde… -Imagine que você tenha que se levantar e ir para o trabalho agora. Como você faria? -Eu acho que eu não daria a mínima para isso. -Bom, imagine que este lugar esteja pegando fogo.-Ia ser engraçado. -Ia ser engraçado? Você acha que teria o ímpeto de se levantar e sair daqui, ou você simplesmente ia ficar assistindo?-Eu não sei. Não me parece que o fogo represente nenhum perigo neste momento… tudo parece engraçado no Exército. -Tudo que as pessoas dizem parece um pouco engraçado… -É como se você estivesse de bom humor e pudesse rir de qualquer coisa? -Isso… é como sair com um monte de gente e daí todo mundo ficar rindo, todo mundo ficar só—
-Fazendo farra? -Aham. E tudo parece engraçado. -Você faria isso de novo? Faria esse teste de novo?-Aham. Claro. Eu não ia me importar nem um pouco.”

Arthur Lopes sempre foi um homem quieto e solitário, seu hobby desde a adolescência consistia em fumar maconha no escuro do seu quarto com seu único amigo, Fernando, ao som de rock clássico. No entanto, na sua vida adulta ele se tornara um respeitado professor de história na sua cidade em Porto Alegre, e apesar de sempre divagar sobre o quão comum e monótona era sua vida, um acontecimento o faz tomar uma decisão que mudará a sua vida de uma maneira que ele nunca imaginou.

Após ser preso por plantar maconha na estufa da casa de seus pais, Arthur não apenas perde o emprego como professor na escola onde lecionava, mas também perde qualquer oportunidade que ele poderia ter nesta profissão. Decidido a recomeçar a sua vida, Arthur se muda para a Califórnia, especificamente no Condado de Mendocino, por conter áreas amplas para o plantio da maconha. Mendocino Humboldt e Trinity formavam a região conhecida por Esmerald Triangle, o lugar de onde saía boa parte da maconha consumida no país. A referência à esmeralda veio do formato que os pés de maconha têm quando vistos de um helicóptero.

Em 1996, a maconha medicinal fora legalizada na Califórnia, de modo que ninguém precisava mais esconder os pés de suas propriedades. Nos dias atuais, não apenas a comunidade hippie tem interesse por esse material, mas também a maioria das pessoas em Mendocino vendia para o mercado ilegal, chamando atenção da polícia, que só poderia ser silenciada se também fosse compensada. Com isso, as pessoas desta região tornavam-se mais misteriosas em relação a esse assunto.

27/08/2018

14 [ RESENHA ] Quando a Escuridão Bate à Porta

Título: Quando a Escuridão Bate à Porta
Autora: Ge Benjamim
Editora: Sinna
Páginas: 186
Estrelas: 5/5
Livro: Cedido pela editora- pdf

Quando as pedras no caminho impedem a travessia e as sombras da depressão engolem as almas atormentadas, resta apenas o desespero dos inocentes e o verdadeiro filme de terror se inicia.As feridas abertas causam dores insuportáveis, deixando somente lágrimas e, no fim, a sombra da morte encerra toda a luz interior. Na coletânea de contos “Quando a escuridão bate à porta”, cada escritor expressa bem estes sentimentos com personagens instigantes à espera de alguém para levá-los a um banho de sol.


Confesso que essa foi uma das leituras mais difíceis, profundas e emocionantes para mim neste ano. E não teria como eu resenhar esta obra sem contar um pouquinho da minha experiência de vida com essa doença tão cruel, que surge do nada e te consome de uma maneira tão intensa que é como se toda a sua felicidade e desejo de viver tivessem ido embora para sempre. Não apenas com a minha experiência, mas também como esse livro maravilhoso irá mostrar que, é possível sim, vencer a depressão.

Não me lembro exatamente quem ou o quê foi o agente que iniciou toda a minha tristeza, acho que foram alguns acontecimentos bem ruins que ocorreram ao longo da minha vida, mas como eu era bem fechada em relação a falar sobre os meus sentimentos, a tristeza acabou me corroendo por dentro até que eu não aguentasse mais.

Tudo começou em 2015, o primeiro sintoma foi a vontade de não sair da cama, sem fome e sem vontade de fazer qualquer outra coisa a não ser dormir. É como se você não tivesse forças ou vontade de viver. E por que eu teria? Sabia que não iria conseguir mesmo, que era uma inútil e nunca conseguiria realizar meus sonhos! Era isso que eu pensava todos os dias! Esse seria o segundo sintoma, a autopiedade, quando nos desvalorizamos, dizendo coisas negativas sobre nós mesmas. O terceiro é a indiferença e a frieza a tudo e a todos, eu perdi a conta de quantas vezes tratei mal a minha família e uma amiga que vinha me visitar todos os dias. Eu sabia o quão cruel estava sendo com eles, mas não conseguia mudar, foi aí que percebi que precisava de ajuda. E agradeço a Deus por eles não terem desistido de mim, pois eles sabiam que algo estava muito errado comigo.

Mas com o tempo e com a ajuda dessas pessoas, consegui me erguer. E em 2016 comecei a fazer um curso de administração de manhã, pois mesmo tendo o sonho de fazer faculdade, eu ainda não tinha certeza do curso haha e precisava fazer alguma coisa para me distrair antes que isso se realizasse. Eu não tinha o costume de fazer resenhas após concluir leitura, então comecei a fazer isso no início como um hobby ou apenas para expor a minha opinião sobre o livro. Era incrível escrever sobre os livros, cujas histórias me encantavam tanto que eu precisava escrever a minha opinião. Não tinha muitas pessoas que liam, pois eu escrevia no tumblr haha.

E no final de dezembro de 2016, eis que surge uma inscrição para ser resenhista do blog Coleções Literárias, enviei uma resenha do livro Julieta, vocês não têm noção do quanto eu amava aquele livro, gente haha! Em 2017, para a minha surpresa e alegria, fui escolhida pela Taty, administradora desse blog lindíssimo e minha amiga <3, para fazer parte dessa família maravilhosa.     

24/08/2018

10 [ RESENHA ] Herdeira?

Livro: Herdeira?
Páginas: 176
Editora: Mundo Uno
Estrelas: 3/5
Livro: Cortesia da Editora
“Existe extremo perigo em sua justa decisão de reclamar o Trono. Não deve fazê-lo, alteza. Sua maior proteção é não parecer uma verdadeira princesa.”
A jovem princesa Katelin, última descendente da Linhagem de Relana, acatou o aviso: tornar-se Imperatriz a transformaria no próximo alvo daqueles que assassinaram sua família. No entanto, conhecia seus deveres. Não podia abandonar seu povo nas mãos dos inescrupulosos e ganaciosos membros do Conselho.
Se não podia assumir o Trono, encontraria outros meios. Assim, ela e os amigos Lordes passaram a utilizar astúcia, criatividade, inteligência e coragem para sabotar aqueles que estavam destruindo tudo o que seus pais haviam construído.
Agora, como Conselho ultrapassando os limites do bom senso e da ética, Kate e seus Lordes precisarão correr contra o tempo na tentativa de salvar a capital atlante de uma catástrofe colossal.

Uma breve resumo da história:

Katelin se tornou a única herdeira do trono de Relana Reclama de um jeito abrupto.
Sua família foi alvo de um assassinato, deixando a jovem sem ter outra opção a não ser se tornar imperatriz.
"Kate engoliu em seco.
Seus dois irmãos haviam sido príncipes dourados e, ao menor descuido, a aura de Relana os cercava num maravilhoso clarão. Mas eles tinham morrido, e ela decidira não brilhar nunca mais, reprimindo sua luz com tanta força e teimosia que nem tinha precisado de treinamento de controle."
Porém, como ainda tem pouca idade, Katelin tem ajuda da avó e do Conselho para governar.
Tudo ia as mil maravilhas no Castelo, até um belo dia katelin descobre que nem todos são seus reais aliados no governo de sua amada Cidade. Mas talvez ela tenha a chance de defende-la contra essa mortal ameaça.

Senta que la vem a resenha ...

23/08/2018

13 [ RESENHA ] Chicote

Título: Chicote #1
Autor: Nuno Rebelo
Editora: Letramento
Páginas: 296
Estrelas: 4/5
Livro: Cortesia da editora

Para quem gosta de um bom suspense, Chicote é a pedida certa! Escrito por Nuno Rebelo, o livro é o primeiro de uma Saga que já tem 5 volumes!
"CHICOTE é um livro instigante e provocador. Por seu conteúdo, pode ser classificado como suspense policial. Contudo, sua abordagem vai muito além de quaisquer rótulos. Traz uma linguagem inovadora, travando debates de cunho social e político, abordando a natureza humana, as relações sociais, as angústias pessoais, a violência urbana e doméstica.Sua narrativa de fácil leitura e absorção convida o leitor a se surpreender a cada novo capítulo.O leitor terá cenas de ação, de ódio, de paixão, de crítica social, de erotismo, de tragédias pessoais, de fanatismo religioso, de reflexão e, especialmente, de suspense.CHICOTE é um livro impactante. Tem a força dos grandes romances de ficção, a pompa dos clássicos, a sutileza das obras humanísticas, a robustez dos épicos sociais, a delicadeza dos contos sensuais e o impacto dos suspenses policiais.CHICOTE é um livro surpreendente. Leia e sinta-se desafiado às reflexões que ele propõe."


Antes de começar a resenha, eu tenho que confessar que eu estava mega curiosa para conferir esse livro desde que eu soube que a Editora Letramento iria me enviar um exemplar, principalmente por se tratar de um suspense policial e ainda por cima ser de um autor nacional. E conforme eu lia, descobri que esta obra é muito mais intensa e intrigante do que eu imaginava. Agora vamos à resenha!

“Seu corpo estava paralisado, seu coração em disparada. Seus olhos molhados, sua garganta seca. Não conseguia entender o que estaria acontecendo. Aonde estaria seu filho. Quis olhar em volta, mas não teve tempo. Foi tudo muito rápido. Sentiu algo lhe apertando pelo pescoço, uma corda talvez. Tentou lutar, mesmo mais fraca e de costas para o agressor. Suas mãos tentavam bater naquele homem. Puxou-lhe o capuz, os cabelos, tentou chutá-lo, tentou gritar. Suas forças a estavam abandonando. Primeiro, foi levantada até perder o contato com o chão, depois, quando cedeu, foi caindo ao chão de joelhos.”

A história se passa em Belo Horizonte, cujo primeiro personagem a surgir é Felipe Xavier, um estimado advogado que, apesar de ter uma vida regada de posses e prestígios sociais, ele era infeliz em seu casamento com sua esposa, Paula. Mesmo que sua família sempre tenha sido rica, Felipe não precisava da ajuda deles quando era jovem. No dia a dia ele se habituara a viver com pouco, pois apenas a sua liberdade importava, onde ele tinha envolvimentos de apenas uma noite, vivia sem rumo e não tinha que dar satisfações a ninguém. Mas sua família não aprovava suas decisões e logo exigem que ele devesse se casar.

 Por terem educações e valores assemelhados, ambos de boa aparência e sem sorte em relacionamentos, Felipe e Paula têm seus destinos unidos por suas famílias onde a relação dos dois seria benéfica e conveniente para ambas as partes. E mesmo que o seu casamento não tenha ocorrido do jeito que ele imaginava, Felipe acreditava que seria feliz com sua esposa. Infelizmente, a realidade era bem diferente.

O casal vivia de aparências e pelos costumes, as brigas e desavenças a cada dia enfraqueciam mais a relação. Não havia mais respeito entre eles, era como se fossem dois estranhos morando juntos. Com isso, Felipe se entregara ao trabalho como advogado, porque não tinha mais vida pessoal.

22/08/2018

10 [ RESENHA ] O Fundo é Apenas o Começo

Título: O Fundo é Apenas o Começo
Autor: Neal Shusterman
Editora: Valentina
Páginas: 272
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da editora Valentina
Uma poderosa jornada da mente humana, um mergulho profundo nas águas da doença mental. CADEN BOSCH está a bordo de um navio que ruma ao ponto mais remoto da Terra: Challenger Deep, uma depressão marinha situada a sudoeste da Fossa das Marianas. CADEN BOSCH é um aluno brilhante do ensino médio, cujos amigos estão começando a notar seu comportamento estranho. CADEN BOSCH é designado o artista de plantão do navio, para documentar a viagem com desenhos. CADEN BOSCH finge entrar para a equipe de corrida da escola, mas na verdade passa os dias caminhando quilômetros, absorto em pensamentos. CADEN BOSCH está dividido entre sua lealdade ao capitão e a tentação de se amotinar. CADEN BOSCH está dilacerado. Cativante e poderoso, O Fundo é Apenas o Começo é um romance que permanece muito além da última página, um pungente tour de force de um dos mais admirados autores contemporâneos da ficção jovem adulta.
 


A primeira vez que eu soube do lançamento desse livro, fiquei completamente ansiosa para conferi-lo, pois eu já conhecia a escrita do Neal Shusterman por conta do livro “O Ceifador”, então as minhas expectativas sobre a história estavam super altas, eu só não imaginava o quão impactante esta leitura seria haha. Demorei mais do que o normal para escrever essa resenha, pois eu ainda estava refletindo sobre essa obra maravilhosa que me deu não apenas uma ressaca literária, mas também uma nova perspectiva sobre essa doença tão cruel e assustadora, que é a esquizofrenia. Agora vamos à resenha!

“Sua irmã dorme no quarto ao lado; seus pais, no seguinte. Seu pai está roncando. Daqui a pouco sua mãe vai dar uma cutucada nele, que vai se virar e parar de roncar, talvez até o amanhecer. Tudo isso é normal, o que é um grande conforto. Do outro lado da rua, os sprinklers do vizinho começam a funcionar, sibilando tão alto que chegam a abafar o tique-taque do relógio. Dá para sentir a bruma do sprinkler pela janela aberta — o leve cheiro de cloro, o forte cheiro de flúor. Não é legal saber que os gramados da vizinhança terão dentes saudáveis? O sibilo dos sprinklers não é como o som das serpentes. E os golfinhos pintados na parede do quarto da sua irmã não são capazes de elucubrar tramas mortais. E os olhos dos espantalhos não enxergam. Mesmo assim, há noites em que você não consegue dormir, porque essas coisas que te obrigam a fazer mil e um malabarismos tiram toda a sua concentração. Você tem pavor de que uma das bolas caia, porque, se isso acontecer, como é que vai ficar? Você nem se atreve a imaginar além desse momento. Porque quem está à sua espera nesse momento é o Capitão. Que é paciente. E espera. Sempre. Muito antes de o navio existir, já existia o Capitão. Essa viagem começou com ele, você suspeita que vai terminar com ele, e tudo o que resta entre uma coisa e a outra é a comida em pó dos moinhos de vento que podem ser gigantes triturando ossos para fazer o próprio pão. Pise com cuidado, ou irá despertá-los.”

Caden Bosh é um jovem de 15 anos, que vive com seus pais e sua irmã de 10 anos, Mackenzie. Também têm dois melhores amigos chamados, Max e Shelby, e que juntos trabalhavam num projeto de RPG, onde ele criava os personagens para o projeto por ser muito bom nos desenhos. Caden tinha uma vida bastante normal, era inteligente, sempre super confiante e extrovertido, mas isso foi antes da doença mental surgir em sua vida.

21/08/2018

0 VOLTEI !!!!


Resultado de imagem para voltei gif

Quanto tempo heim?

Dei uma pausa aqui no blog por motivos pessoais, que não vem ao caso agora. Mas o importante é que voltei, e voltei com tudo.


Ps: desculpa pelo sumiço ♥
© Coleções Literárias ♥ 2018 - Todos os direitos reservados ♥ imagem-logo