01/06/2018

33 [ RESENHA ] Mais Lindo que a Lua

https://images.livrariasaraiva.com.br/imagemnet/imagem.aspx/?pro_id=9941023&qld=90&l=430&a=-1
Título: Mais lindo que lua
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 271
Estrelas: 3,5/5


Mais Lindo Que a Lua, primeiro livro primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre sobre reencontro e desafios, romantismo e perseverança.Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.
Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?
Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?

O livro da resenha de hoje é da autora Julia Quinn. Ela é uma das minhas autoras preferidas da vida. Tenho livros autografados, cheguei cedo em fila para conhecer. A responsável por eu entrar no mundo dos livros de romance de época, indico para todo mundo. Você pode estar se perguntando por que eu estou falando isso. O livro é questão é Mais Lindo que a Lua e como minha experiência com ele não foi tão boa, falei tudo isso para entender como foi triste escrever essa resenha e o quão sincera ela é. Esse livro foi lançando aqui esse ano, mas se minhas procuras não estiverem erradas foi o primeiro livro publicado da Julia. Ele é de 1997. 

“Nenhum raio cruzou o céu, mas o sexto sentido lhe disse para virar e, ao fazer isso, viu Robert pela janela do quarto. Ele estava sentado no peitoril da janela, de costas para ela. A postura parecia triste e desolada.”

Imagem relacionada
A história fala de Victoria e Robert.  Os dois se conheceram quando tinham 17 e 24 anos, respectivamente, e foi paixão à primeira vista. Depois da primeira conversa já estavam apaixonados e fazendo juras de amor eterno. Robert é um conde, filho único e seu pai já dava sinais que queria o filho casado logo. Victoria é filha do vigário da cidade e recém chegada. Órfã de mãe vivendo com o pai e a irmã mais nova.

Após o primeiro encontro nosso personagem principal começa a cortejar a amada, visitando todo dia. Mas o vigário, que é rígido, não vê essas visitas com bons olhos, achando que o conde só quer se aproveitar da filha. Após uma conversa os dois resolvem casar e Robert vai falar com o pai, este não gosta da ideia de ver seu filho casado com uma simples filha do vigário e é contra o casamento. Sem o apoio dos pais os dois resolvem fugir, mas acasos do destino acontecem e os dois acabam se separando. Sete anos após a separação os dois se encontram. Nesse encontro sentimentos que ambos achavam estarem mortos, voltam à tona. Tudo seria lindo se não fosse por um simples detalhe: os dois acham que foram abandonados, e com isso sentimentos como raiva, mágoa e vingança rodam os dois. O reencontro ocorre na página 52 e a partir daí vemos os dois lutando contra os sentimentos e Robert querendo se vingar da ex-amada. 

“Para sua surpresa, ele parou. E parecia bastante chocado com a explosão de raiva dela. Victoria não ficou abalada. A  garota que ele havia conhecido sete anos antes não gritava daquele jeito. Nunca precisou.”

Agora vamos aos problemas do livro. Primeiro tem o amor instantâneo, que consegui ignorar. Quando começa as tentativas de Robert, estava achando engraçado e realmente me divertindo com os diálogos dos personagens. Nessa segunda parte Victoria amadurece de uma forma e enfrenta quem tiver que enfrentar e isso gerou algumas cenas engraçadas e gostosas de ler. A medida que as páginas foram passando foi surgindo um lado de Robert que foi o grande responsável pela minha visão negativa.

O personagem se mostrou extremamente controlador e abusivo. Quando descobre o que realmente causou a separação dos dois, ele tenta desesperadamente conseguir o perdão de Victoria e conseguir casar com ela. Victoria realmente magoada com acontecimentos do passado e recentes, tenta a todo custo mandar o conde embora, mas ele insiste de uma forma irritante. Ele ignora pedidos, pensamentos e sentimentos da Victoria com a desculpa que ele sabe o que é melhor para ela. E esse lado me irritou realmente, mesmo sabendo que ele estava fazendo tudo “por amor”, não consegui torcer pelo casal. A personagem que estava conquistando minha empatia pela força e personalidade forte, começa a duvidar de seus próprios sentimentos e pensamentos por causa de atos de Richard. Mais perto do fim ele percebe o erro e tenta melhorar, mas nesse ponto não tinha mais chance de me conquistar. E a história segue uma linear, sem grandes choques ou reviravoltas.

Ok, mas não tem nada de bom? A escrita da autora é ótima, como disse antes tem partes engraçadas e divertidas. Principalmente a parte em que ele tentar pedir o perdão dela pela primeira vez. O que me desagradou pode te agradar. Tirando a parte controladora de Richard, o livro é bom.

Eu confesso que não me arrependo da leitura, comprei o livro mesmo depois de ler resenhas negativas e que batem com o que achei sobre ele. Foi bom para analisar como a Julia Quinn evoluiu na sua escrita até hoje. E se você quiser começar algo da autora, comece pela série maravilhosa e amor da minha vida que é Os Bridgertons. Se alguém já leu Mais lindo que a lua ou outro livro da autora, comenta aqui.

33 comentários via Blogger
comentários via Facebook

33 comentários:

  1. Li recentemente o primeiro livro dos Bridgertons e me apaixonei demais pela Quinn. Essa mulher é maravilhosa! Também só li coisas negativas a respeito desse livro, então não sei se lerei ele num futuro próximo. Tenho outros livros mais interessantes na lista. Mas por ser da Julia, acho que vale a pena dar uma chance, mas não agora ^^

    Xoxo,
    Abby
    Blog Linhas Tortas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Eu sempre coloco os livros dela em primeiro da lista e esse não foi diferente, mesmo eu sabendo que provavelmente não iria gostar. Ela é incrível e hoje mesmo acabei outro livro dela e minha admiração só aumentou. Não tenha pressa em dar chance para esse livro, tem outros melhores dela para ler

      Beijos

      Excluir
  2. Olá,

    Parece que a Júlia Quinn está dominando todos os blogs, e cada vez que eu leio uma resenha me pergunto o que estou esperando para conhecer a autora. Porém, acho que esse não é dos melhores né? Você me recomenda algum para começar?

    Beijos e parabéns pela resenha...
    www.blogancoraliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julia Quinn virou paixão nacional, em breve terá mais duas resenhas dos livros dela. O livro dois desse que eu resenhei aqui e outro que foi lançando recentemente aqui no Brasil. Realmente não te indico esse para começar, não é o ideal. Comece pela série Os Bridgertons, ela é maravilhosa. São 9 livros e dei 5 estrelas em maioria deles. Os livros 2 e 4 dessa série são os meus favoritos.

      Beijos

      Excluir
  3. Faz tempo que não leio algo da autora. E assim como vc, foi ela que me fez sentir interesse pelo gênero. E meio que abandonei os romances de época e preciso voltar ahuahuahuha.. Porém gostei da sua sinceridade (mesmo sendo fã soube apontar as falhas) e não sei se daria uma chance pra essa leitura =/

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Obrigada, acho que resenhas tem a obrigação de serem sinceras. Te entendo e não te julgo por não dar a chance ao livro. Eu gostei bastante dos dois livros que ela escreveu com outras autoras, terminei o segundo hoje e em breve terá resenha. E te indico o novo da Lisa Kleyplas.

      Beijos

      Excluir
  4. Olá
    É, tem leitoras que amam o livro em sua plena gloria, e tem outras que acham mais ou menos kkkk, mas tirando o negativo, que bom que curtiu a leitura.
    Romance de época não é muito minha praia, digo pois tenho muito pouco na estante, minha mãe que ama demais e tem muitos aqui, então se eu quiser iniciar a leitura do gênero, tenho por onde começar.
    Gostei do seu post e da sua sinceridade.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Tirando o negativo consegui sentir a essência da escrita da autora, esse livro foi o 17º que eu li da autora. Muitas pessoas que eu conheço também não gostam de romance de época e já tentei de tudo hahahaha Querendo dar uma chance, comece pela série Os Bridgertons

      Beijos

      Excluir
  5. Oi, tudo bem? Não tenho interesse nos livros dessa autora, porque não leio mais esse gênero. Personagens masculinos machistas foram a causa de eu ter abandonado as leituras, então, não fico feliz por saber que esse livro tem isso, que é um super lugar-comum do gênero, aliás. Fico triste por constatar que o pessoal ainda não entende os machismos invisíveis que ajudam a construir um relacionamento abusivo :/ Achei o título fofinho, mas ele passaria bem longe da minha estante hehe. Parabéns pela resenha e pela sinceridade.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo e você?

      Os livros da Julia em geral não senti muito machismo. Claro que tem algumas coisas, ainda se pensar na época em que as mulheres não tinham poder de fala, não eram ouvidas. Esse que eu realmente senti mais ao ponto de incomodar bastante. Ultrapassou o limite que eu coloquei como machismo aceitável, pensando no contexto em que viviam. Porque nos livros atuais não tolero nada de machismo.E agradeço o elogio, preciso ser sincera ou não consigo escrever uma resenha.

      Beijos

      Excluir
  6. Olá,
    Não sou muito de ler romance de época, e este parece bem abaixo da média. Mas é sempre bom conhecer o lado negativo e positivo de livros deste gênero, já que leio tão poucos romance de época. Que bom que você não se arrependeu.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Se quiser posso te passar uma lista de livros de romance de época maravilhosos. E vários da Julia Quinn e que não inclui esse.

      Beijos

      Excluir
  7. Oi Taty, não costumo ler romances de época, mas gosto de ler as resenhas dos livros da Júlia, se algum dia eu ler, será dela.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Acho os livros da Julia uma ótima porta de entrada para esse mundo dos romances de época.

      Beijos

      Excluir
  8. O que me deixa feliz em sua resenha é notar como esse livro é antigo e a escrita da autora mudou muito, ela pensou nesses detalhes e hoje ja nao constrói personagens desse modo, ao menos é o que me parece. Parabéns pela honestidade na resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      A escrita dela evoluiu bastante e é muito melhor atualmente. Alguns personagens vão ser levemente machistas, pensando no contexto da época, mas nada comparado ao personagem desse livro. Obrigada pelo comentário.

      Beijos

      Excluir
  9. Eu ainda não li nenhum livro dessa autora, mas morro de vontade. Quando eu for começar a ler algo dela, não vai ser com esse livro. Gostei de ver a sua opinião sincera sobre a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Não comece por esse livro, comece pela série Os Bridgertons. São 9 livros e dei 5 estrelas em maioria. Obrigada pelo comentário.

      Beijos

      Excluir
  10. Oiii

    tudo bom?

    Pelo que percebi esses livros da Julia estão gerando todo tipo de opiniões, alguns consideram ele mais fraquinho em comparação aos outros. Eu só Li O Duque eu Eu da autora, apesar de ter gostado da escrita dela acabei deixando a série, acho que livros históricos ou de época não são pra mim, pelo menos não no momento.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo e você?

      Em comparação aos livros atuais dela, esse livro é fraco mesmo. Olha, caso queira dar uma segunda chance, leia o segundo da série Os Bridgertons. Ele é melhor que o primeiro, na minha opinião. Mas acredito que temos um momento para cada livro e quem sabe bate a vontade de ler.

      Beijos

      Excluir
  11. Olá, a Julia Quinn foi a responsável por me viciar em romances de época, rsrs. Ficou ótima a sua resenha, importante é a sinceridade, esse mocinho tem mesmo desagradado parte dos leitores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Acho que Julia foi o inicio de muita gente nesse gênero. Obrigada pelo elogio e acho que parte dos que disseram que gostaram é porque não querem dizer a verdade.

      Beijos

      Excluir
  12. Apesar de gostar muito de romance de época eu ainda não conheço a escrita da Julia, mas super entendo suas ressalvas em relação a este livro em especial. Não curto amor instantâneo e muito menos personagem abusivo, mas levando em conta que nem mesmo você que já conhece a autora se arrepende da leitura eu quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Dê uma chance aos livros dela e não comece por esse e sim pelo Os Bridgertons. Não me arrependi porque foi o 17º da autora que eu li, então notei os detalhes da escrita dela e foi bom para ver a evolução dela. E para eu me arrepender da leitura o livro tem que ser muito ruim.

      Beijos

      Excluir
  13. Olá!
    Eu sou apaixonada pela escrita da Julia Quinn. O início da trama ficou diferente do que é de costume da autora, mas confesso que o que me incomodou foi sentir uma certa enrolação no meio da trama para o final. Porém gostei da formação do casal.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Meu problema maior foi o personagem masculino e a escrita dela realmente ficou diferente, mas a essência dela está lá. Vou começar o dois hoje e ver se vou gostar.

      Beijos

      Excluir
  14. Não conheço a escrita da Julia,mas vários livros dela estão na minha lista de desejados. Vejo muitos comentários positivos das obras dela..
    Mais lindo que a lua quero ler, acho linda a capa e já li várias resenhas positivas que me instigaram..
    Adorei a sua resenha,gostei da sua sinceridade. Não gosto de nada que seja abusivo e controlador, provavelmente não ia gostar desse personagem também
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Espero que dê chance ao livro no futuro. E obrigada pelo comentário.

      Beijos

      Excluir
  15. Oi, Pâmela! Já li outros livros da autora e também tenho acompanhado as resenhas desse livro e que elas realmente não são muito positivas. Em todo o caso, acho que é comum cometer alguns erros nos primeiros livros, então meio que a gente releva. Eu tenho os dois livros dessa série, pretendo ler em breve e espero curtir um pouco mais a leitura. rsrs
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Já li o segundo dessa duologia e amei! Não lembra nem de perto esse primeiro.

      Beijos

      Excluir
  16. Oie, tudo bom?
    Eu tenho um livro dela mas ainda não li! Estou meio cansada de livros de época, por isso não leria no momento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Ela é uma ótima opção para voltar para leitura.

      Excluir
  17. Olá, tudo bem? Amo a Julia Quinn mas vejo bastante resenhas negativas sobre esse livro. Ainda não o li, mas quero mudar isso em breve. Também tenho problemas com instalove, mas como é JQ, irei encarar. Se não me engano é uma das primeiras ou foi a primeira obra dela, então dá para relevar. Agora é ler para saber! Ótima e sincera resenha.
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ 2018 - Todos os direitos reservados ♥ imagem-logo