25/04/2018

[ LANÇAMENTOS ] Grupo Editorial Letramento - Abril

Olá pessoas lindas e queridas do meu coração.
Hoje vamos conhecer os novos lançamentos da editora Letramento. Vamos lá?

Grupo Editorial Letramento

Para quem gosta de um bom suspense, Chicote é a pedida certa! Escrito por Nuno Rebelo, o livro é o primeiro de uma Saga que já tem 5 volumes!
"CHICOTE é um livro instigante e provocador. Por seu conteúdo, pode ser classificado como suspense policial. Contudo, sua abordagem vai muito além de quaisquer rótulos. Traz uma linguagem inovadora, travando debates de cunho social e político, abordando a natureza humana, as relações sociais, as angústias pessoais, a violência urbana e doméstica.
Sua narrativa de fácil leitura e absorção convida o leitor a se surpreender a cada novo capítulo.
O leitor terá cenas de ação, de ódio, de paixão, de crítica social, de erotismo, de tragédias pessoais, de fanatismo religioso, de reflexão e, especialmente, de suspense.
CHICOTE é um livro impactante. Tem a força dos grandes romances de ficção, a pompa dos clássicos, a sutiliza das obras humanísticas, a robustez dos épicos sociais, a delicadeza dos contos sensuais e o impacto dos suspenses policiais.
CHICOTE é um livro surpreendente. Leia e sinta-se desafiado às reflexões que ele propõe."


O terceiro livro da coleção Feminismos Plurais acabou de sair da pré-venda e já está fazendo barulho! Escrito por Joice Berth, o livro discute esse conceito tão em pauta. É sucesso garantido ;)
"Como mulheres de periferia do quarto de despejo da cidade, é importante falar o que entendemos como empoderamento a partir de nossas vivências. Não encontramos em nenhuma discussão produzida pelo movimento feminista branco uma possibilidade de construção de nossa identidade. Somos muitas, somos plurais.
Nossa discussão sobre empoderamento é no sentido da busca que fortalece o grupo na caminhada dentro de uma sociedade desigual, racista, machista, preconceituosa. Empoderar o coletivo leva a conscientização, união e a transformação das pessoas e da comunidade. Especificamente nós, mulheres periféricas, buscamos estratégias sempre criativas de superar a desigualdade, o machismo, a violência e a maneira como a sociedade nos vê e reage diante de nossas lutas.
Por causa de nossa história de opressão, silenciamento, marginalização, buscamos caminhos pra superação, daí o nosso entendimento do que seja empoderamento. Abrir a discussão sobre esse tema é vital pra nossa caminhada!


Uma das opções de março foi o livro Maria e eu, da Vanda Amorim. Esse mês temos mais um livro da autora para quem gostou e quer um pouco mais e até mesmo para quem tem interesse em conhecer o trabalho dela. É um livro sensível e muito bonito.
"A escalada da angústia de uma jovem e imatura mulher dominada pelas escolhas equivocadas. Eugênia abandona o homem que ama para assumir uma aventura desproposital. Em resposta às suas opções, fracassa em seu casamento e sofre as mais perversas agressões físicas e psicológicas daquele que escolheu para ser seu par. Em uma nova chance, sua filha Sofia, uma linda criança com paralisia cerebral, lhe mostrará um caminho que poderá ser a salvação de sua vida."





Esse é um livro para quem gosta de ler sobre temas mais sérios e densos. É extremamente interessante e tem uma linguagem bem didática!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo