20/01/2017

[ RESENHA ] O Cavaleiro dos Sete Reinos

Livro: O Cavaleiro dos Sete Reinos
Autor: George R. R. Martin
Páginas: 416
Editora: Editora Leya
Estrelas: 5/5
Duzentos anos após a Conquista, a dinastia Targaryen vive seu auge. Os Sete Reinos de Westeros atravessam um tempo de relativa paz, nos últimos anos do reinado do Bom Rei Daeron.
É neste cenário que Dunk, um menino pobre da Baixada das Pulgas, tem uma chance única: deixar a vida miserável em Porto Real para se tornar escudeiro de um cavaleiro andante. Quando adulto, o cavaleiro morre e Dunk decide tomar seu lugar e fazer fama no torneio de Campina de Vaufreixo.
É quando conhece Egg, um menino de dez anos, cabeça totalmente raspada, que é muito mais do que aparenta ser. Dunk aceita Egg como seu escudeiro e, juntos, viajam por Westeros em busca de trabalho e aventuras. Uma grande amizade nasce entre eles – uma amizade pela vida toda, mesmo quando, anos mais tarde, os dois personagens assumem papéis centrais na estrutura de poder dos Sete Reinos.
As aventuras de Dunk e Egg trazem para os fãs de As Crônicas de Gelo e Fogo a oportunidade única de vivenciar outro momento da história de Westeros, de conhecer e analisar fatos que teriam desdobramentos noventa anos depois, na guerra dos tronos.

Olá leitores!

Hoje trago a resenha desse livro incrível cujo gênero é fantasia épica (ou simplesmente história medieval), escrito pelo condecorado e brilhante autor George R. R. Martin.

“Uma estrela cadente traz sorte para quem a vê, Duck pensou. Mas aos demais estão nos pavilhões agora, encarando a seda em vez do céu. Então a sorte é só minha.”

Por onde começar... O Cavaleiro dos Sete Reinos é um livro que reúne três contos que acontecem 90 anos antes de A Guerra dos Tronos, que é o primeiro volume da série As Crônicas de Gelo e Fogo. E através da HBO, recebeu uma adaptação de série de TV chamada Game of Thrones.

Nesse livro é narrada a história de Duck, um garoto pobre que cresceu na Baixada das Pulgas, em Porto Real, mas que deixou essa vida miserável ao se tornar escudeiro do cavaleiro andante, Sor Arlan de Centarbor.


A história se inicia alguns anos depois, com Duck enterrando o “velho”, como ele costuma se referir ao Sor Arlan, mas que pouco antes de morrer tornou Duck um cavaleiro. Ambos seguiam para o torneio de Vaufreixo, na Campina, antes do velho “bater as botas”, portanto Duck, um homem feito, resolve adotar o nome Sor Duncan, o Alto, e assumir seu lugar no Torneio em busca de fama.

“Um cavaleiro andante precisa se agarrar com força ao seu orgulho. Sem isso, não era mais do que um mercenário.”

No caminho para o torneio, Duck pára em uma estalagem e confunde Egg com o cavalariço, e logo o toma como um menino audacioso e de língua afiada, que merece sempre um tapão na orelha. Egg tem olhos incomuns, a cabeça raspada, e é mais quem diz ser ou aparenta.

Duck reluta em aceitar Egg como escudeiro, mas o garoto é persistente e consegue seu objetivo. Juntos partem em busca de aventuras e trabalho por Westeros, jurando sua espada a quem quiser.

“-[...] Não vou me esgueirar com o rabo entre as pernas. Minha espada ainda está aqui –tocou o punho da espada. [...]
Egg estava olhando para Duck.
-Não sabia que tinha rabo, sor –o garoto comentou.
-Quer um tapão na orelha?
-Não, sor. Quer sua armadura?
-Sim –Duck falou.”

Egg tem uma personalidade cativante, devido a sua ousadia e caráter puro. Já Duck é mais conhecido por sua altura assustadora e por ser um tremendo cabeça dura. Mas ao decorrer do tempo, nasce entre eles uma amizade leal e verdadeira.

“Dunk, o pateta, cabeça-dura como uma muralha de castelo, ele podia ouvir o velho repreendendo.”

O livro, e assim como todos os escritos do Martin, são publicados no Brasil pela editora LeYa, e como já comentei, há três contos no livro, o primeiro se chama O Cavaleiro Andante, depois A Espada Juramentada e por fim O Cavaleiro Misterioso. Eu particularmente, amei mais a primeira narrativa e gostei mais do final do terceiro conto (estranho, eu sei). A capa do livro é simplesmente perfeita, pois de certa forma descreve bem ambos os personagens principais.

É um livro obrigatório para os fãs das Crônicas de Gelo e Fogo, principalmente para conhecer de perto grandes Mitos, como Baelor Quebra Lança, Maekar Targaryen, Leo Espinholongo e entre outro, como Lorde Corvo de Sangue (meu “vilão” favorito).

“Quantos olhos Lorde Corvo de Sangue tem? Mil olhos e mais um.”

Porém, também recomendo para os que adoram uma boa história de cavaleiros e lordes, ladys e príncipes, porque se tem uma característica que marca os escrito de George R. R. Martin é a fidelidade a Era Medieval.

Eu sempre quis resenhar algo do Martin, porém temos que concordar que seus livros são complexos demais, e com muitos personagens (mais de mil na série). Mas O Cavaleiro dos Sete Reinos é mais simples por ser um conjunto de contos, e com um mundo mais fechado. O que na série se foca nos Grandes Lordes e Reis, nos contos, Martin mostra o lado dos mais pobres e simples.

“Carvalho e ferro, guardem-me bem, senão estou morto e no inferno também.”

Duck tem um caráter humilde e honesto, que ao decorrer das histórias vai crescendo e amadurecendo, assim como Egg aprende aos poucos a deixar de lado suas verdadeiras origens e ser o escudeiro leal que prometeu ser ao Duck (Sor Duncan).


Enfim, amo história medieval, principalmente os livros do Martin, recomendo também a série As Crônicas de Gelo e Fogo, contendo atualmente cinco volumes, e a série de TV, Game of Thrones, que está atualmente na sexta temporada.

26 comentários:

  1. nossa senhora!! amei sua resenha! amo guerra dos tronos e estou ansiosa para o novo livro.
    fiquei bem curiosa sobre esse livro,vou comprar e ler^^
    amo esse cantinho lindo.
    http://escreverdayse.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, muito obrigada!! Tenho certeza então que você vai amar esse também.
      Bjs

      Excluir
  2. Menina acredita que estou com o box das Crônicas de Gelo e Fogo aqui a séculos e não li ainda? Que vergonha kkk preciso! Eu já ouvi falar muito desse livro e não curto muito histórias medievais, mas sua resenha me deixou bastante curiosa! Parabéns, e suas ftos ficaram lindas também!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura??? Haha, menina quando puder leia pelo amor ! São incríveis
      Bjs

      Excluir
  3. Marcela,
    Eu comprei essa coleção para o meu filho e é possível que eu leia, mas, não agora, porque são muito volumosos e tenho muitos livros para esse ano, mas sua resenha está ótima! Com certeza vou procurar conhecer melhor essa série que é muito queridinha de todos que eu conheço! Abração,
    Drica.

    ResponderExcluir
  4. Eu comecei a ler GOT, mas cheguei apenas ao segundo livro e desisti dessa vida sofrida.
    Interessante saber sobre esse livro com oa três contos. Talvez eles sejam menos torturantes para o emocional.rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, sofrida mesmo! Ser fã do tio Martin não é fácil! E sim, talvez sejam bem "menos torturantes para o emocional" do que a série em si!

      Excluir
  5. Olá! Eu amo os livros do Martin, sou fã de GOT, louca para o sexto livro ser lançado! Eu imaginava que era uma história só, mas achei legal ser dividido em contos, legal mostrar o antes de toda a guerra dos sete reinos. Amei sua resenha, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o/ louca pelo sexto livro também!! Reza a lenda que ele lança ainda esse ano.. Vamos ver kk
      E obrigada, beijos!

      Excluir
  6. Olá
    Devo ser um dos poucos seres humanos que não gostam de GOT, e estou em duvida se gosto da escrita de Martin, mas meu marido é um fã, vou mostrar sua resenha para ele, já que ele ainda não leu esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ueu, que legal, espero que ele goste tanto da resenha como do livro (isso se ele se interessar, claro rsrs).
      Bjs

      Excluir
  7. Oie!
    Acredita que só li os dois primeiros livros da série GOT e depois parei? Inclusive nem comprei esse que tem os contos que fazem parte do mesmo universo. Preciso comprar e voltar a ler os livros.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, poxa! Mas espero que você volte a ler a série!
      Bjs

      Excluir
  8. Oiii!!

    Eu não conhecia esse livro. Na verdade eu só ouvi falar sobre o livro a série mas não sabia desse enredo se modo geral...
    Gostei da resenha e fiquei feliz que tenha sido uma leitura boa...

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Oie, eu devo ser uma das poucas criaturas que nunca viu a série nem leu os livros. Confesso que ainda não animei. Mas é bom saber que tem contos, talvez seja o melhor ponto de partida quando eu decidir embarcar nesta jornada. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que está certa, os contos são ótimos e um bom modo de começar essa jornada! Kkk
      Bjs

      Excluir
  10. Oiii Marcela, tudo bem?
    Eu tenho tanta vontade de ler esse livro que vocÊ nem imagina, ainda não tive oportunidade de ler Got, por mais que eu tenha os livros. Dica super anotada.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Não consigo gostar dessa série, e não é por causa das muitas páginas, mas porque o gênero não me atrai, fantasia sempre me deixa boiando, me distraio fácil na história.

    ResponderExcluir
  12. Oi Marcela! ^^
    Já conferi alguns episódios da série, mas não cheguei a concluir a primeira temporada... Tenho um pouco de receio de adquirir os livros do Martin, pois nunca me aventurei no gênero que ele escreve e não sei muito bem o que esperar.
    Gostei da premissa de O Cavaleiro dos Sete Reinos e acredito que seria um bom inicio, vou tentar começar por ele!

    ResponderExcluir
  13. Olá linda,

    Para ler Martin tem que está disposto e coloca na cabeça que terá que anotar os nomes dos personagens num caderno e anotar do lado suas respectivas famílias para não se perder durante a leitura, porque são muitos personagens e reinos que confundem qualquer leitor, o que é típico dos livros que são ambientados na Era Medieval.

    Ainda não li esse e preciso finalizar o livro três da série.

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Acredita que ainda não li nenhum dos volumes e nem assisti a série?!
    Não sei em que mundo vivo!! rsrs e olha que gosto bastante do gênero.
    A premissa é interessante e fiquei intrigada para conferir essa mudança de Duck que passa de um garoto pobre a um grande escudeiro, além de seu crescimento e amadurecimento.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li nenhum livro do autor, mas adorei essa coletânea de contos vindos da Crônicas de Gelo e Fogo. Adorei ver em sua resenha como o gênero se desenvolve bem neste livro, e como o autor encanta cada vez mais seus leitores. Preciso ver pelo menos a´serie.rs

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem? Ainda estou tentando tomar uma mega coragem para ler os livros do autores. Não sou fã da série, afinal nunca assisti por isso também não posso falar que nunca irá acontecer. Sou fã de história medieval, mas parece que o George vai para um lado paralelo do que costumo ler. Vamos ver se dou uma chance para frente. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Já cheguei a ver comentários ótimos sobre a série, mas ainda nao tive aquele entusiasmo de conhecer, mesmo ter gostado da sua resenha, acredito que eu possa futuramente mudar de ideia.

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir
  18. Olá!! Há uns dois anos estou "ensaiando" a leitura de Guerra dos Tronos kkkk e, saber que este livro não é tão complexo, me anima e muito a iniciar a leitura dele. Sua resenha está maravilhosa, o que me deixou ainda mais animada para ler! Deixe apenas te perguntar uma coisa: Iniciar a saga por este livro afetará na leitura dos outros? De qualquer forma, muito obrigada pela resenha!! Bjs
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo