24/11/2016

[ RESENHA ] Depois Daquela Montanha

Título: Depois Daquela Montanha
Autor: Charles Martin
Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Estrelas: 5/5 ♥
Livro: Cortesia da editora Arqueiro
O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo.
Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida.
Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada.
Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.

Hey leitores!
Tudo bem? ... Comigo não muito. Eu fui esmagada e destroçada por este livro, mas sabe de uma coisa louca? Eu amei cada instante, cada palavra e cada emoção. Depois Daquela Montanha é um livro impressionante, lindo numa medida tão profunda que surpreende e encanta. 


Ben Payne é médico ortopedista que está voltando de uma conferência. No aeroporto, ele conhece Ashley Knox, uma mulher inteligente e dotada de um excepcional senso de humor. Ela é colunista e escreve para uma revista feminina, e está tentando chegar a tempo da própria cerimônia de casamento, enquanto Ben quer voltar logo para sua amada esposa, Rachel. 

Com os voos cancelados, Ben consegue fretar um avião pequeno com esperança de passar à frente da tempestade, e como sabe que Ashley também quer muito chegar em casa a convida para ir junto. 

Mas as coisas se complicam durante o voo quando o piloto sofre um ataque cardíaco e perde o controle do avião, conseguindo ainda heroicamente de alguma forma pousá-lo sem matar seus dois únicos passageiros. 

“Em seguida, ouvi estalido alto, Ashley gritou, o cachorro latiu e foi lançado para fora da aeronave. A neve salpicou meu rosto, seguida pelo som de galhos de árvore quebrando e pelo barulho do impacto.”

A partir daí, Ben que se feriu menos que Ashley, passa a fazer de tudo pela sobrevivência dos dois usando todo seu conhecimento médico e de montanhista, já que ele adorava correr e fazer escaladas com a esposa. Juntos, Ben e Ashley enfrentam animais perigosos, o frio, a dor, a fome e as próprias forças da natureza, ao mesmo tempo em que passam a se conhecer e a confiar um no outro.

“─[...] Todo dia é uma partida de xadrez. Nós contra o mal. Na maioria dos dias, vencemos. Em alguns, não. –Girei a mão num gesto largo. –E fazemos tudo isso por causa de uma palavra. –Dei um tapinha no gravador. –Esperança. Ela corre nas nossas veias. É o que nos alimenta.” 

Ben teve uma infância difícil com seu pai que exigia que ele simplesmente fosse o melhor atleta corredor, e Rachel foi seu primeiro e único amor verdadeiro, já Ashley começa a ver com outros olhos como o amor realmente deveria ser e passa a questionar seu relacionamento com seu noivo, Vinci. 

“Muito do que eu sou foi ele quem fez. Forjou-o em mim. Sei disso. Mas meu pai usava dor para me livrar da dor. E me deixava vazio e ferido. Você se derramou em mim e me preencheu até a borda. Pela primeira vez, não senti dor.Você me deu a única coisa que ele nunca ofereceu. Um amor que não dependia de cronômetro.”

O livro em si tem toda essa pegada de sobrevivência e suspense, envolvido em um romance denso. Ben é apaixonado pela esposa, sua fidelidade e dedicação para com ela é simplesmente admirável, e a forma como ele fala sempre dela com carinho e um tom terno é quase invejável. Porém, por algum motivo ele está separado dela, e eu quase fiquei maluca tentando entender o porquê já que infidelidade estava fora da equação. Eu não conseguia entender porque um cara como ele, tão apaixonado pela esposa, e ela igualmente por ele, estavam separados. Até eu chegar ao final do livro. E meu Deus!

“— Paus e pedras podem quebrar ossos, mas, se você quiser ferir alguém... bem fundo, use palavras.”

A história é narrada na primeira pessoa por Ben em capítulos curtos, mas de um jeito bem “externo”, descrevendo quase sempre a situação em que eles se encontravam e o cenário, quase nunca nos permitindo saber o que o personagem estava pensando em termos de sentimento, o que me deixava muito intrigada. Entretanto, alguns capítulos são gravações de voz que Ben faz para a esposa (ela lhe deu o gravador), lhe contando abertamente como se sente e às vezes relembrando alguns momentos marcantes que viveram juntos.

“Às vezes me pergunto como foi que você se apaixonou por mim. Você acredita em coisas que não pode ver e fala uma língua que só os corações entendem.”

Então leitores, estou me segurando para não dar spoilers. A capa é fantástica com toda sua simplicidade, adorei o tom de vermelho sobre o branco da neve, e muito obrigada Arqueiro por trazer essa história para o Brasil. Já saí recomendando para todos que encontro no caminho, pois é o tipo de livro que faz você querer que o mundo inteiro leia. 


A trama é maravilhosa demais e alguns compararam o escritor com Nicholas Sparks, mas eu digo que Charles Martin é totalmente único. Imaginem a minha alegria quando vi que irá ser adaptado para cinema com Kate Winslet (de Titanic e Divergente) e Idris Elba (de Mandela e Círculo de Fogo) previsto já para estrear em 2017!


Depois Daquela Montanha é um livro sobre amor, perdão, e recomeços, indico para todos que são corajosos o suficiente para mergulhar nessa história profunda e arrebatadora .

“Você murmurou: “Ben... em algum ponto dos muitos quilômetros percorridos... em algum lugar entre lá atrás e agora... eu lhe dei meu coração... e não o quero de volta. Nunca mais. Está me ouvindo?” -Rachel. 


19 comentários:

  1. Marcela que livro mais lindo é esse? Fiquei apaixonada mesmo e gostaria muito de ter a oportunidade de realizar a leitura, ainda mais depois da sua avaliação.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo mesmo, né Morgana?
      E obrigada, espero que possa lê-lo em breve!
      Beijos!

      Excluir
  2. Oi, Marcela, esse livro, a princípio, não havia me animado, mas agora diante de experiências como a sua, talvez dê uma chance a ele se tiver oportunidade. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Beta!
      Puxa, fico muito feliz ao saber disso, obrigada!

      Excluir
  3. Oie!
    Nossa, não sabia que a história essa assim tão intensa!
    Eu ainda não li o livro, mas espero ler ele em breve, uma história que com certeza vou me emocionar.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Intensa? É, podemos defini-lá assim com certeza kkk
      E emocionante na certa!
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá
    Estou bem curiosa com esse livro, especialmente com a parte da sobrevivencia, eu adorava assistir a programas de tv que mostra como sobreviver na natureza ou histórias reais de pessoas que sobreviveram. Agora você tem um ar de mistério no livro, isso só me deixa ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
  5. Tô curiosa com esse livro é já ouvi coisas boas só não tinha ouvido ainda a comparação do autor com Nicholas Sparks e não sei se concordo nao. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Acho que sou a única que não achou a história tão arrebatadora assim, mas ainda indico essa leitura, é mesmo maravilhosa. Só não atendeu plenamente minhas expectativas porque desvendei bem rapidinho esse mistério da separação. Mas com certeza valeu a pena conhecer o enredo.

    ResponderExcluir
  7. Olá!! Fiquei ainda mais entusiasmada pra essa leitura!! Parabéns pela ótima resenha!
    Bjs
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Desde que fiquei sabendo desse lançamento, já adicionei a wishlist. E a cada novo comentário ou resenha que leio, e vou sabendo um pouquinho mais da história, minha curiosidade só aumenta. Pois, o livro é do jeitinho que gosto. Quando você falou que a escrita do autor é comparada a do Tio Nick, isso só despertou ainda mais curiosidade *-----*

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Até que enfim um romance que se difere dos outros clichês que estão sendo lançados exaustivamente por ai. Esse clima de suspense e sobrevivência em meio a historia de amor entre os dois, deixa a historia ainda mais instigante. Não conhecia a escrita do autor, mas já adorei"

    ResponderExcluir
  10. É uma história arrepiante! Li sua resenha pronta para terminar e ir atrás do livro, realmente muito boa! Certamente ele será mais um dos meus bebês logo logo!

    http://www.literaturanews.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Marcela,
    Esse livro é o próximo da minha fila e já estou ansiosa para lê-lo, porque sua resenha me fez ver o quanto irei me apaixonar por essas páginas. Uma história com todo esse potencial deve mesmo ser lida pelo mundo.

    Beijos
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Marcela sua linda, tudo bem?
    Eu também amei esse livro. Também fiquei admirada com o sentimento dele pela esposa e da esposa por ele. Não vemos mais um amor assim, o que é uma pena. O final acaba com a gente e ao mesmo tempo é lindo!!! Estou louca para ler o filme. Adorei sua resenha!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Marcela lindona tenho lido tantos elogios a esse livro que já coloquei em minha lista de leituras, amei essa capa delicada, e pelo visto a leitura te encantou, não vejo a hora de conhecer esse personagens marcantes. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. AAAAAAAAAAAAA, que premissa maravilhosa
    estou até pulando de empolgação com esse livro,realmenteparece ser uma história linda,e eu adoro também premissas que envolvem sobrevivência e isso misturado ao que parece ser uma grande lição de amor vai ficar lindo demais

    ResponderExcluir
  15. Ooi! É a segunda resenha que leio e que elogia bastante esse livro. Estou bem curiosa sobre ele, principalmente por trazer esses temas que você citou. Espero também assistir ao filme!
    Beeijos e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  16. Já me deu agonia quando você mencionou do problema com o piloto de avião, angustiante! Mas ao desenrolar da sua resenha, fiquei cativado com toda essa história e um livro incrível, sua resenha me deixou com vontade em ler essa obra, já quero de natal rs.

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo