03/08/2016

[ RESENHA ] A Tormenta de Espadas – vol. 3

Título: A Tormenta de Espadas (As Crônicas de Gelo e Fogo)
Autor: George R. R. Martin
Editora: LeYa
Páginas: 880
Estrelas: 5/
Enquanto os Sete Reinos estremecem com a chegada dos temíveis selvagens, que atravessam a Muralha numa maré interminável de homens, gigantes e terríveis bestas, Jon Snow, o Bastardo de Winterfell, que se encontra entre eles, divide-se entre sua consciência e o papel que é forçado a desempenhar. Robb Stark, o Jovem Lobo, vence todas as suas batalhas, mas será que conseguirá vencer os desafios que não se resolvem apenas com a espada? Arya continua a caminho de Correrrio, mas mesmo uma garota tão destemida como ela terá grande dificuldade em ultrapassar os obstáculos que surgem em seu caminho. Na corte de Joffrey, em Porto Real, Tyrion luta pela vida, depois de ter sido gravemente ferido na Batalha da Água Negra; e Sansa, livre do compromisso com o homem que agora ocupa o Trono de Ferro, precisa lidar com as consequências de ser a segunda na linha de sucessão de Winterfell, uma vez que Bran e Rickon foram dados como mortos. No Leste, Daenerys Targaryen navega em direção às terras de sua infância, mas antes ela precisará aportar nas desprezíveis cidades dos escravagistas. Porém, a menina indefesa agora é uma mulher poderosa. Quem sabe quanto tempo falta para se transformar em uma conquistadora impiedosa? Todo o território continua a ferro e fogo. 



Olá, caros leitores!

Esta é uma resenha que escrevo com muita alegria, pois trata-se do meu livro favorito entre os já publicados na saga As Crônicas de Gelo e Fogo, do George R. R. Martin. Como muitos já sabem, até o momento a série conta com cinco volumes publicados, mas a previsão é de que ao todo será composta por sete livros. Existe também uma adaptação para a TV, chamada Game Of Thrones, que se tornou bastante popular.

Detalhes sobre o tipo de escrita do Martin, a forma como os capítulos são divididos e informações sobre os temas mais pesados presentes nessa saga podem ser encontrados na resenha que fiz sobre A Guerra dos Tronos, que fala um pouco da série de forma geral, sem spoilers. Esta resenha terá como foco unicamente o livro A Tormenta de Espadas, mas não terá spoilers dos livros anteriores.


Por se tratar de um livro que gostei em vários aspectos diferentes, se torna ainda mais difícil descrevê-los aqui, ainda mais sem dar spoilers dos demais livros. Por este motivo, irei separar os temas que mais me chamaram a atenção no livro e comentá-los de forma separada. Não será possível mencionar todos os personagens, pois como vocês já sabem, há muitos nesta saga.


Imprevisível
Motivados por situações muito difíceis, senti que neste livro alguns personagens acabaram expondo outro lado de sua personalidade que ainda não conhecíamos. Senti bastante isso com o Jon, que o tempo todo me causava incerteza na história, me deixando sem saber de qual lado ele se colocaria. Esse sentimento de dúvida e expectativa no leitor desperta ainda mais a curiosidade para ler o livro até o fim.

Amadurecimento
A forma como vemos que os personagens, principalmente os mais jovens, precisam amadurecer na história é fantástica. Vemos bastante isso com o Robb e as decisões que ele acaba tomando, assim como as consequências que estas resultam. Nos últimos capítulos da Arya, da Sansa, da Daenerys e principalmente do Jon conseguimos ver um grande amadurecimento desses personagens também. Sabe aquela sensação de que os adolescentes se tornaram adultos? Pois é exatamente isso o que senti nos últimos capítulos desses personagens.

“Eles mal acabaram de enterrar os mortos da última batalha e já estão treinando para a próxima”. (pág. 65)

Bilateralidade
Uma coisa legal nesta série é a bilateralidade, que nos permite saber que nem todos os personagens são apenas maus ou bons. Isso fica bastante visível nesse livro, principalmente porque passamos a ter capítulos do Jaime. O Jaime sempre foi um personagem que eu odiava nos livros anteriores, justamente porque não era possível que soubéssemos de seu próprio ponto de vista, então ele era visto por mim apenas como um homem detestável. A partir deste livro, podemos conhecer melhor o personagem e entender que ele não é um completo insensível, muito pelo contrário. Ele é complexo e tem suas próprias motivações e coisas com as quais realmente se importa. É um personagem incrível!


Ação
Este é um livro com muita ação, principalmente do meio para o fim. Quando digo “ação”, não estou me referindo à batalhas ou coisas assim. O que digo é que neste livro acontecem muitas coisas que nos deixam surpresos o tempo todo. Sabe aqueles sustos que você leva quando algo totalmente inesperado acontece? Pode se preparar para muitos desses. Mas já aviso que você pode esperar muitas mortes nesse livro, inclusive mortes de personagens muito importantes.

“Num manto de ouro ou num manto vermelho, suas garras um leão mantém”. (pág. 530)

Daenerys
Tive que escrever um tópico só para falar da Daenerys nesse livro, porque sempre gostei da personagem, mas ela nunca foi minha favorita. Neste livro, entretanto, ela me conquistou totalmente. Creio que é o livro que mais é capaz de mostrá-la como uma mulher forte, que se preocupa com os outros, e que é capaz de tomar qualquer território que deseje. Seu senso de preocupação com os oprimidos e seu desejo por vitória e justiça é tão grande e arrebatador neste livro que é impossível não admirar as coisas que ela faz.

“Ela era Daenerys Filha da Tormenta, a Não Queimada, khaleesi e rainha, Mãe de Dragões, matadora de feiticeiros, quebradora de correntes, e não havia ninguém neste mundo em quem pudesse confiar”. (pág. 742)


Certamente devo ter deixado escapar alguns pontos do livro, pois muitas coisas nele me chamaram a atenção. Mas tudo o que eu digo é que vale muito a pena que leiam. E caso já tenham lido, comentem aí o que acharam! :D 

10 comentários:

  1. Nunca li George Martin mas também todas resenhas que leio só tem elogios dos livros dele. Deve ser uma escrita bem emocionante de ler, histórias muito envolvente.. Estou louca para começar a ler, o que me desanima muito é a série e livros com muitasss páginas :P

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Não consigo me prender essa história, mas admiro quem tem tempo pra ler um livro desse tamanho!! Martin tem um talento incrível, ele merece vida longa!!

    ResponderExcluir
  3. Oiiii! Você não sabe o quanto me deixou feliz com essa resenha!! Sou fã de GOT, já li todos os livros e ansiosa pelo sexto. A escrita de Martin é arrebatadora, a história é maravilhosa. E o que gosto bastante é a forma como ele trabalha os personagens, nada idealizado, tentando relatar o mais perto do real...Amei sua resenha! beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Já li todos os livros lançados da série e estou aqui esperando o sexto (já faz 84 anos... Kkkk). Foi bom ler sua resenha e relembrar de várias coisas do livro porque já tem algum tempinho que eu li. A Dança dos Dragões eu terminei de ler em 2014, então já tem mais de dois anos. Eu gosto muito dessa série, a série de tv eu gostava mais e nem estou mais acompanhando.
    Vou esperar suas próximas resenhas pra me relembrar ainda mais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Socorro,eu achava que seriam só seis livros, rs, então tenho que esperar mais dois pra começar a ler? Hahaha... Minha memória é um lixo e tenho medo de ter que reler quando o restante for publicado, por isso resolvi esperar tudo. Achei interessante a presença de imprevisibilidade e amadurecimento, quero muito ler.

    ResponderExcluir
  6. Jéssica, por enquanto só li o primeiro livro da série e já nele gostei muito da construção dos personagens e da história.
    Já gosto de Jon e Daenerys, mas pelo que você falou vou gostar mais ainda dela até esse livro.
    Espero que os livros que faltam sejam lançados logo e que a história só melhore.

    ResponderExcluir
  7. Nunca li George R.R mas na minha listinha tem muitoooos livros deles!
    Gostei muito da resenha, já conhecia o livro mas essa resenha me despertou mais interesse ainda! ❤

    ResponderExcluir
  8. Ei, Jéss! Eu nem sonho em começar a ler os livros de Martin... são grandes demais, eu gosto de carregar os livros p cima e p baixo, impossível com estes. Além disso, minha estante, coitadinha, n ia aguentar o peso de SETE livros desse calibre. De qq forma, o conteúdo é q é importante e eu sei que é uma história incrível! Acompanho a série GOT e sei que adaptações sempre deixam escapar alguns detalhes, but... N dá p negar que é uma lindeza literária! Boa leitura!

    ResponderExcluir
  9. Oi Jéssica, sua linda, tudo bem?
    Essa série é muito famosa, mas já me avisaram para eu não me apegar aos personagens, pois o autor não tem amor a eles e está sempre matando alguém, risos... O que mais chamou minha atenção, foi o fato de eles não serem totalmente bons ou maus, pois na realidade, é o ser humano é assim mesmo, lutamos diariamente contra ou a favor dessa duas forças. Somos falíveis. E que legal que um personagem que você não gostava, lhe mostrou um lado que fez com que você o olhasse de outra forma. Adoro personagens complexos e esses pelo visto o são. Estou louca para ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    Beijinhos.
    Cila.

    ResponderExcluir
  10. Oi Jéssica, você vai querer me matar, mas eu pessoalmente não curto muito livros em séries muito longas.
    Então apesar de todos os muitos pontos positivos do livro eu passo reto.. Kkkk
    Mas adorei conhecer um pouco mais dessa tão aclamada série.

    Beijos

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo