09/05/2016

[ RESENHA ] A Escolhida

Título: A Escolhida
Autora: Amanda Ághata Costa
Páginas: 360
Editora: Independente
Estrelas: 5/5

Livro: Cortesia da Autora - pdf
Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota dispersa na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais desde a infância. Devido à sua aparente doçura e beleza, ninguém seria capaz de supor que, além de um anjo, ela também é um demônio com sede de poder. Os espertos deveriam manter-se distantes, mas há olhares que não deixam de admirá-la. Egran não desperdiçaria a chance de apoderar-se de habilidades tão interessantes: ela é a escolha perfeita. Entretanto, nem todos se sentem realizados. O círculo seria um refúgio ideal para os demais feiticeiros, se o próprio líder não os tratasse como marionetes descartáveis. Movidos pelo medo e controlados pelo mestre, os componentes do grupo obedecem, sem pestanejar, às ordens recebidas. Ao se ver arrastada para lá, Ari se encontra diante de situações improváveis, arriscando-se a expor mais do que gostaria. Para ela, sentir é algo que sempre esteve fora de seus limites. Não poderia vivenciar qualquer forma de emoção, esta era a promessa. Até que Luke surge em seu caminho e abala as estruturas congeladas, derretendo-as e modelando novos conceitos. O amor realmente fará brotar a alegria? Ou irá arrastá-la diretamente para a morte? O passado obscuro de Ari será o suficiente para fazê-la estilhaçar de uma vez por todas, não restando oportunidades para uma nova tentativa de se isolar do mundo.

Olá leitores!
Para hoje eu trago a resenha do livro A Escolhida, cujo gênero é literatura fantástica!

A história se passa em um mundo totalmente diferente do nosso, em uma possível cidade chamada Lostcity, onde podemos encontrar vampiros, lobisomens, feiticeiros, fadas, demônios, e claro, anjos. Ariali, ou Ari, como prefere ser chamada, é o que todos nomeiam de Banida (um anjo que caiu do Paraíso). Entretanto, sua história vai mais além, e seu passado é o mais obscuro. Abandonada pela mãe e marcada para morrer pelo pai, Ari se vê presa a um mundo onde tudo que importa é a sobrevivência, e sua insaciável sede por sangue.

Porém, tudo muda quando Ari é raptada por dois feiticeiros, Edlun e Luke, e levada para o Círculo, onde vivem os feiticeiros submetidos ao mestre Egran, um homem poderoso e cruel, capaz de qualquer coisa para conseguir o que quer.

Ari é uma jovem que desde cedo teve que aprender a se virar, ainda mais depois de ter matado a única pessoa que lhe foi benevolente. Incapaz de sentir culpa ou remoço por suas vitimas, Ari é a arma perfeita que Egran estava precisando. Não demora pra que seja selado, mesmo que contra a vontade dela, um acordo perigoso e fatal que envolve Ari assassinar quem Egran ordenar, em troca de informações a respeito dos seus pais, pois ela é especial, por mais que não aceite.

“-Não se molda o destino, menina. É impossível mudar o curso de dois rios quando ambos são feitos para desaguar em um só lugar. ” –Stella, a feiticeira.

Enquanto espera as ordens do Mestre, Ari precisa viver no Círculo, e dividir o quarto com Vincy, que a princípio se mostra um “pé no saco”, mas era isso ou dormir na rua, ao mesmo tempo em que passa a conhecer melhor o charmoso feiticeiro, Luke Philki.

Logo que se conheceram, ocorre entre Luke e Ari (acidentalmente) o que chama de lin-espiritics. Uma força poderosa e destinadora, que abala até o mais gelado dos corações.

“Duas pessoas destinadas a juntas ficarem, lin-espiritics na pele sentirá.
Quando a lua define a quem o privilégio concederá.
Jamais, jamais, alguém o encanto quebrará.
Estas forças que os une são intensas, você notará. Não tente fugir: quem um dia se une, apenas um sempre será. ”

Não demora pra que nasça entre eles um sentimento intenso, e proibido; pois há regras que dizem que criaturas diferentes não podem se relacionar, tornando tudo muito arriscado para ambos. Mesmo contra sua vontade, Ari acaba rodeada de inesperadas amizades no Círculo, descobre um lado bom em si mesma que nunca ousou despertar, e se depara com parte da verdade sobre seus pais através da magia.

“—A maior bondade é camuflada por uma camada generosa de maldade. Essa é a grande diferença, Ari.”

Então gente, algo que me chamou muito atenção nesse livro foi os personagens, amei o quanto eles se fixaram em minha mente com facilidade. Sem contar os principais, me apeguei principalmente a irmã de Luke, Vincy, e as outras feiticeiras, Tyla, Melany e Lana, que acabaram se tornando amigas vitais da Ari. Mas também odiei outros amargamente como Egran, o mestre ambicioso; e, Evan e Edlun, seus irmãos.


O livro em si é cheio de altos em baixos, o começo foi rápido demais, porém não demora para que seu próprio ritmo seja achado, tornando a leitura fluída e muito fácil de ser apreciada. Adorei a capa e todos seus elementos ali encontrados, as cores, os detalhes, e a garota que é a imagem perfeita de Ari, e claro, as ilustrações internas são perfeitas!

“-Depois de todos esses anos, eu te encontrei mais uma vez. Eu jamais vou desistir do que me faz sentir vivo, Ari. ” –Luke.

A narrativa é feita na primeira pessoa, sobre o ponto de vista de Ari, e ao longo das páginas somos levados pela busca do Livro das Sombras, mas não vou entrar em proeminências para não estragas as surpresas. 

Então, pelo que contei, acredito, que tenham uma ideia do o quanto esse livro é intenso, e cheio de aventuras, minha única decepção foi não ver realmente esse lado assassino de Ari mais vezes, eu queria muito que Egran tivesse a enviado para mais missões, pois tinham momentos que ela não passava de uma garota chorona e instável, ao contrário de Luke, que é sensível, protetor e a bondade em pessoa, que está sempre tentando ver um lado bom nos seres.

A essência do livro é fantástica, mesmo eu tendo me sentido um pouco perdida no começo, mas há tudo que o gênero pede, principalmente fantasia e os elemento de seres sobrenaturais.

“‒Eu quero você – digo, cuspindo as letras uma por vez. –Eu quero você, está bem? Desde o primeiro beijo. Eu quero muito, e não sei o que você fez comigo, porque não consigo não querer você! Maldição! ”

Enfim, com essa escrita fácil de ser lida, e com uma trama bem construída, não posso deixar de desejar ansiosamente pelo segundo livro da série, já que o final da obra ficou em aberto. Recomendo então para os leitores que apreciam livros nacionais e literatura fantástica e sobrenatural.


25 comentários:

  1. Olha.. eu amei sua resenha sério mesmo, mas não costumo mais ler fantasia, porém uma das minhas colaboradoras tem paixão eterna pelo gênero irei indicar a ela. Espero que ela goste.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Acompanho a autora pelo facebook e tenho muita vontade de ler esse livro. Sua resenha me deixou ainda mais curiosa rsrs
    Beijos

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Conheço a Amanda e já fiz As Primeiras Impressões do livro dela, antes mesmo de ela assinar com a Arwen (até tenho esse e-book, comprei na Amazon e ainda n li). Gosto muito de fantasia e sei que este será uma boa leitura. Gostei muito do seu texto, você evidenciou os pontos bons do livro, sem deixar spoilers cabeludos escaparem XD
    beijo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Nuccia, sempre fico receosa de acabar falando demais nas resenhas kkk . Torço para que goste da leitura tanto quanto eu!
      Beijos!

      Excluir
  4. Oiii Marcela, tudo bem?
    Conheço a autora e sou completamente louca para ele esse livro, o que me desanima até no momento que quero em físico e não em e-book preciso de grana kkkkkkkk gostei muito da sua resenha só me incentivou a comprar o quanto antes.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Nossa, também queria muito o físico, ainda mais quando notei (pelo ebook) as ilustrações internas, que são lindas, mas também preciso de grana kkk
      Beijos!

      Excluir
  5. Eu pensava que esse livro tinha saído pela MODO. O enredo do livro é bem interessante. É legal perceber como nasce o romance de Eri e Vincy. Pela resenha, percebi que o fato do início deixa o leitor um pouco perdido, não interfere muito.

    ResponderExcluir
  6. Gosto do gênero e curti muito sua resenha. Esse é um livro que certamente eu leria.
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie
    acho essa capa uma graça e sempre vejo muitos elogios ao livro e a autora, quero muito ler assim que tiver oportunidade e gostar tanto quanto você, pelo jeito é uma leitura bem marcante

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá! Que capa linda, o livro é do gênero que gosto, amo fantasia! A premissa me pareceu ser muito legal, gostei os mistérios que a história aparenta ter, fiquei bem curiosa, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Suzana! Realmente a capa é linda e a premissa é uma das melhores; amei de verdade esse livro e espero que quando puder ler, também goste!
      Beijos!

      Excluir
  9. Olá! Estou lendo fantasia ultimamente e este livro é uma ótima pedida, gosto de livros com personagens femininas fortes que tem personalidade forte como a da protagonista!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond |Fan Page

    ResponderExcluir
  10. Queria tirar um momento para compartilhar o meu choque. Um monte de gente já tinha me dito que o livro era bom e que eu deveria ler, tanto é que acabei comprando ele (mas ainda não chegou), mas nunca me dei ao trabalho de ler a sinopse (sou dessas que confia cegamente nas indicações). Eu não imaginava NUNCA que o livro era sobre isso. Seres fantásticos, fantasia e romance. CHOCADA!! Hahaha
    Sua resenha foi bem esclarecedora e ainda bem que gosto de tudo isso e fiquei ainda mais curiosa para ler o livro. Só fico triste de ser uma série e ter que esperar a continuação. No mais, acho que vou querer bater na personagem por ser chorona. hahaha
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha
      Chocada? Fico feliz que tenha sido um choque "bom", e que o gênero seja do seu gosto... Também fiquei um pouco pra baixo quando vi que seria uma série e que teria que esperar a continuação (sou muito ansiosa com isso), mas acho que a autora tem ótimas surpresas para nós nos próximos livros... E espero que eu realmente não seja a única a querer bater na personagem kkk
      Beijos!

      Excluir
  11. Olá Marcela, eu li esse livro faz algum tempo e pretendo reler essa nova edição, eu amei a ideia e como a autora conseguiu desenvolver bem o enredo colocando diversos seres sobrenaturais mais sem exagero *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Jéssica, a autora conseguiu envolver vários seres sobrenaturais na trama, sem exagero. Mais um ponto para ela kk
      Beijos!

      Excluir
  12. acho que não me encaixo no perfil de leitores do livro, pois não curto romances, apesar da temática sobrenatural... mas prefiro quando é voltada pra terror mesmo... =T
    Legal que os personagens te cativaram e a escrita é fluida... espero que logo vc possa ler a continuação...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  13. Tô vendo muitas pessoas falando desse livro e eu realmente tô tendo uma visão positiva dele, só não acho que seja a leitura que eu estou procurando no momento.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Primeiro de tudo é essa autora, linda, maravilhosa, simpática, um amor! Adoro ela!
    Eu comprei ele físico finalmente, agora vou ler! Pq eu tenho dificuldade com e-book. Estou cheia de expectativas!!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau Andréa! Espero sinceramente que goste muito da obra! Amanda é mesmo uma escritora maravilhosa!

      Bjs!

      Excluir
  15. Olá! Não costumo ler fantasia, mas esse drama familiar que envolve a personagem principal me interessou muito. Narração em primeira pessoa é bacana porque acabamos entendendo melhor a cabeça do personagem, na minha opinião.
    Beijos.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá! Não costumo ler fantasia, mas esse drama familiar que envolve a personagem principal me interessou muito. Narração em primeira pessoa é bacana porque acabamos entendendo melhor a cabeça do personagem, na minha opinião.
    Beijos.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi, Marcela! Sua resenha está ótima, e apesar de eu gostar muito de livros do gênero, não me senti atraída por este em particular.

    ResponderExcluir
  18. Olá,já havia ouvido falar desse livro, e menina,que capa é essa hein?
    A história parece ser muito bem escrito, e o universo criado em torno dela me parece um pouco complexo, tal qual você disse, não difícil de se entender. Certamente eu leria este livro em outro momento rs

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo