08/04/2016

[ RESENHA ] Histórias em Retalhos

Titulo: Histórias em Retalhos
Autora: Nina B. Prescott
Editora: Independente
Páginas: 52
Estrelas: 3/5 
Histórias em Retalhos é uma coletânea de contos intrínsecos e sinceros que narra a história de uma mãe introspectiva, o amor de uma irmã pelos irmãos bastardos, uma garota apaixonada e uma filha que enfrenta dificuldades com a perda dos pais. A coletânea aborda de forma sensível o sentimento mais singelo de todos: o amor.


Olá leitores!

Este livro é uma coletânea de quatro contos, e cinco poemas que combinam o tom melancólico com a sonoridade, envolvendo o realismo da vida junto e as emoções.

O primeiro conto se chama Rosas de Cabeceira que retrata a história de Laurie que está na fase terminal de uma doença grave. Sua mãe, Cindy, é uma mulher que teve uma infância distante do amor dito da mãe, ou seja, sua mãe na infância e no decorrer da vida raramente, ou nunca, dizia “eu te amo”. E Cindy “herdou” isso dela, tendo desde então dificuldade de se expressar para a filha Laurie, adotando então outras formas de amá-la, como ler repetidas vezes o mesmo livro ou deixar rosas na cabeceira da filha.
“Ela contou que para sempre carregaria os flagelos do arrependimento.” -Cindy

Os Filhos do Meu Pai é um conto que alguns considerariam pesado. Foi narrado através de uma carta de Lily direcionada para os seus meios irmãos, Ava e Tommy. Nessa carta, Lily explica o motivo deles nunca poderem ir visitá-la e porque que ela terá que passar um tempo longe deles. Tem algo a ver com o lugar em que ela se encontra.

Querido Louis é o terceiro conto e sendo considerado por mim um dos mais leves, pois o principal tema é o amor platônico. Mia é apaixonada por Louis desde onze anos, porém Louis sempre a viu como “uma amiga presente”. É narrado também através de cartas que são trocadas entre personagens. 

E na primeira, da Mia destinada a Louis, ela finalmente se declara, pois não consegue mais lidar com o fato de que um dia irá se arrepender, porém é tarde porque Louis está apaixonado por outra garota... Será que há uma solução?
“A culpa não é sua. Eu me apaixonei pela pessoa errada. A mente é a própria armadilha do homem.Sagaz e audaciosa.” –Mia.

O último conto se chama Inverno de Aurora, e é meu favorito do livro por ser além de curto e objetivo, se tratando da perda de entes queridos num modo interessante. É narrado na terceira pessoa sobre a perspectiva de Aurora, uma jovem que perdeu os pais a cerca de um ano.
“Não havia tempo suficiente para prestar atenção nas coisas da vida por muito tempo. O tempo não permitia. A vida fluía e se escorria de uma maneira rápida demais.” –Aurora.

Fiquei apaixonada pelo primeiro poema, logo que comecei já senti a sonoridade, o ritmo e o jogo das palavras, tudo isso transmitindo sentimentos profundos. O poema se chama A Morte Não Faz Exigências, e pelo título já se nota a temática.
“Sou eu aqui de novo perdido em meus pensamentos loucos,no meu recôndito me dissolvo em saudade e angústia.”

Os outros poemas são mais curtos, e também melodiosos. E uma das coisas que mais gostei no livro foi que a autora separou uma playlist super bacana de músicas que combinam com os textos dos contos.
“Contei seus sussurros e olhei para você bem fundo porque te enxerguei comas palavras.” – Poema Acróstico.


Não sou muito fã de poesias, mas gostei da obra e da escrita da Nina. Recomendo, pois retrata pequenas coisas que devem ser valorizadas na vivência humana, principalmente sobre as várias faces do amor. 


13 comentários:

  1. Adorei a capa deste livro. Já ouvi falar da Nina, mas não tive a oportunidade de ler ainda.
    Eu adoro contos, e sua resenha me deixou ainda mais fascinada para conhecer os que este livro trazem. E ler ouvindo playlist preparada pela própria autora, e que combina perfeitamente com cada conto, ai é pra apaixonar de vez.
    Já foi pra lista de desejados!

    www.detudopouco.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie, primeiro vamos a capa, que achei maravilhosa, a delicadeza já denuncia que o conteúdo será bom.
    Segundo, adoro livros de contos, crônicas, poemas, etc.
    Acho que são muito bons para você refletir. O primeiro conto me parece bem duro pela personagem estar em fase terminal.
    Fiquei bem curioso com os poemas.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Olá linda,

    Gostei muito quando li "coletânea de contos e poemas". O nome do meu blog não é Poesia que encanta a vida por acaso. Amo poemas e contos desde os 8 anos, porque foi minha forma de esvaziar meu coração e derramar minha alma.
    Sempre fui um "eterno outono" ou uma chuva outonal constante. Melancolismo sempre foi minha vida e adoro ver novas obras com esse tema e esse livro já está nos meus desejados.

    Beijos,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiii, nossa eu não conhecia esse livro que gracinha, lendo sua resenha me senti tão confortável, tão acolhida. Não sei porque mas me senti rsrs.
    Que bom que gostou do livro. Parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Gosto muito de contos, vira e mexe estou pegando uma coletânea para ler, fiquei curiosa com o segundo e o terceiro conto.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Também não sou muito fã de poesias, mas contos eu até leio. Amor é um tema e tanto, muito rico e esse livro - que eu não conhecia - parece ser bem bonitinho, com histórias densas e carregada no drama do jeito que eu gosto.
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  8. Oi
    Tudo bom?
    Que capa fofa <3
    Ainda não conhecia. Mas parece ser o meu tipo de livro!
    Adorei sua resenha
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Não conhecia mas achei uma graça. A capa também.
    Eu gosto muito de poesias, então para mim é uma ótima dica.
    Parabéns pela resenha.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Vou ser sincera... A capa não me chamou em nada a atenção. Sei que agora os autores e editoras estão presando pelo clean, meu... Ficou clean demais para o meu gosto.
    Mas existe sempre aquela máxima, não julgue um livro pela capa e o conteúdo desse... Nossa! Realmente chamou a minha atenção. Já estou louca para ler!

    ResponderExcluir
  11. sabe que eu gostei dessa capa e desse título????
    apesar de eu não gostar muito de poema, noto que o título tem tudo a ver né? muito legal a tua resenha!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Não conhecia o livro Histórias em Retalhos e achei a premissa interessante.
    Não sou mto de ler contos, mas esse me chamou a atenção, fiquei mais curiosa com o conto Querido Louis, por ser sobre amor platônico, quem nunca teve ne?
    Gostei de conhecer mais sobre o livro aqui no blog, sempre é bom pegar novas indicações de leituras.
    Adorei a sua resenha.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Não conhecia a autora e a obra, e me interessei muito! Mesmo não sendo fã de contos, a trama que cada um trás me interessa! Gosto de tramas densas e que mechem com a gente.

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo