23/02/2016

[ RESENHA ] O Príncipe Congelado

Titulo: O Príncipe Congelado
Autor: Raigor L. Ferreira
Editora: Publicação independente
Páginas: 9
Estrelas:  5/5
Livro: Cortesia do autor - pdf

Nas terras longínquas do Reino de Arvoredo, os habitantes já estavam acostumados com um príncipe fora do tradicional. Phelipe, o herdeiro superestimado do trono tinha uma condição exótica e que fazia os moradores do Reino se perguntarem: “Como alguém pode ser tão gelado?”. A resposta para a pergunta não era simples e esmerada. Na verdade, era muito complexo entender o que tornara a majestade, um homem tão frio e indiferente.






Olá Leitores.


Quando a Taty perguntou se eu queria ler um conto de fantasia e resenhar, fiquei animada (óbvio) e assustada, pensei: Como vou resenhar uma história de nove páginas?

Então eis que respirei fundo e dei início ao meu prazeroso desafio.

O Príncipe congelado é um conto publicado de forma independente na Amazon pelo Raigor L. Ferreira. Narrado em terceira pessoa conta sobre a corte de Arvoredo, o reino distante de um Rei impulsionado pela ordem e disciplina, exigente com todos e com Phelipe, seu filho e sucessor da coroa, que até então tinha apenas seis anos de idade. 

O Rei porém tinha atitudes e reações muito duras, que constantemente assustavam o príncipe e provocavam a ira da Rainha, mãe zelosa e protetora, seu instinto de defender o filho e o instinto do Rei em torna-lo mais forte era motivo de terríveis brigas. 

"O rei não conseguia perceber o filho como uma criança. E a rainha divergia de todos os princípios de seu esposo. Por isso noite após noite, eles discutiam o futuro do garoto. O rei era persistente em afirmar que o príncipe deveria ser um admirável guerreiro. Arainha teimava em defender que o filho deveria ser um admirável conciliador."

As consequências desse embate afetaram o jovem Phelipe de tal forma, que o mesmo tomou distância de sentimentos calorosos e se tornou tão frio e indiferente que seu próprio corpo já não conseguia fornecer-lhe calor o bastante e o mesmo congelou, tratando seu reino com a mesma frieza que sentia em seus dias, seu povo não nutria grande afeto por ele, pois todos foram afetados, até que uma jovem dotada de grande curiosidade chegou ao Reino de Arvoredo para conhecer pessoalmente o dono do apelido de Príncipe Congelado. 

"A princesa gostava de conhecer coisas novas, embora já tivesse conhecido uma série de coisas em toda a sua vida."

A leitura é rápida, perfeita para ler antes de dormir ou no café da manhã, no primeiro caso significa bons sonhos, no segundo, ânimo para começar mais um dia. Achei esse conto tão lindo e encantado que recomendo para mães, pais, avós e etc ler para as crianças da casa. Tenho certeza de que será uma bela experiência.



10 comentários:

  1. Olá, eu já vi várias resenhas deste livro e todos me dão vontade de ler ele, acho que já passou da hora de ler não e mesmo? Adorei sua resenha, parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda há tempo, siiim! É lindo mesmo, sem exagero :)

      Excluir
  2. Awn amo contos e parece ótimo pra ler tomando uma xícara de chá ou chocolate quente :3 Amei a resenha e seu layout kkkk
    http://gordicesliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chocolate quente com certeza, o chá é bom quando esta bem frio hahahaha
      Obrigada pela visita, espero que goste da leitura.

      Excluir
  3. Esse conto parece ser lindo mesmo! Estou curiosa para ler desde a primeira resenha que li, acho que é uma daquelas histórias apaixonantes que ganha o nosso coração, mesmo tendo só nove páginas.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o número de páginas me fez pensar: Será?É muito pouco! As vezes acabamos por esquecer que o número de páginas não é importante se a história for boa :)

      Excluir
  4. Oi Thaise!
    Estou pensando em ler esse conto antes de dormir, para ter boas energias e ter um sono tranquilo \o/ Gostei do enredo, e com certeza vou apreciar essa leitura. Tem uma história lindíssima.
    Bjks!

    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Carla, espero que a essa altura já tenha lido e se apaixonado também *_*

      Bjs

      Excluir
  5. Olá.
    Tudo bom?
    Eu tenho um sério problema com contos, pois sempre quero saber mais da história. Mesmo gostando da premissa vou deixar passar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá... Thaise tudo bem???
    Bom esse livro mostra exatamente a influência que os pais criam nas crianças... de um lado vemos severidade de um pai para que o filho cresça forte... e do outro uma mãe amorosa e que deixa o filho confuso... daí a criança cresce com esse tipo de sentimento pesado... mas enfim... infelizmente isso acontece... mas achei a premissa bem legal para leitura dos pequenos... xero!!!

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo