28/04/2018

15 [ DICA DE FILME ] 6 Balões

Em pleno dia da independência dos Estados Unidos, Katie (Abbi Jacobson) descobre que seu irmão, Seth (Dave Franco), teve uma recaída com a heroína enquanto a filha de dois anos está sob seus cuidados.
Gênero: Drama || Duração: 1h 14m || Lançamento: Abriu 2018 || Elenco: Dave Franco , Abbi Jacobson... ||+14


Esse era um filme que assiste sem a intenção de falar dele aqui no blog, principalmente por ser um filme difícil de resenhar.
Mas deixei nos stories uma enquete e foi escolha de vocês (que me seguem no instagram) que esse filme fosse resenhado, e aqui estou para cumprir minha palavra... Vamos lá então.

Imagem relacionada

É dia da independência nos Estados Unidos e aniversário do namorado de Katie. O filme começa com Katie e sua mãe comprando os balões e tudo mais para uma festa de aniversário. Sua mãe comenta algumas vezes sobre o filho, Seth (irmão de Katie) diz estar preocupada, pois enviou um presente para a filha de Seth e ele não ligou agradecendo, nem respondeu as suas cartas... Enfim.

25/04/2018

0 [ LANÇAMENTOS ] Grupo Editorial Letramento - Abril

Olá pessoas lindas e queridas do meu coração.
Hoje vamos conhecer os novos lançamentos da editora Letramento. Vamos lá?

Grupo Editorial Letramento

Para quem gosta de um bom suspense, Chicote é a pedida certa! Escrito por Nuno Rebelo, o livro é o primeiro de uma Saga que já tem 5 volumes!
"CHICOTE é um livro instigante e provocador. Por seu conteúdo, pode ser classificado como suspense policial. Contudo, sua abordagem vai muito além de quaisquer rótulos. Traz uma linguagem inovadora, travando debates de cunho social e político, abordando a natureza humana, as relações sociais, as angústias pessoais, a violência urbana e doméstica.
Sua narrativa de fácil leitura e absorção convida o leitor a se surpreender a cada novo capítulo.
O leitor terá cenas de ação, de ódio, de paixão, de crítica social, de erotismo, de tragédias pessoais, de fanatismo religioso, de reflexão e, especialmente, de suspense.
CHICOTE é um livro impactante. Tem a força dos grandes romances de ficção, a pompa dos clássicos, a sutiliza das obras humanísticas, a robustez dos épicos sociais, a delicadeza dos contos sensuais e o impacto dos suspenses policiais.
CHICOTE é um livro surpreendente. Leia e sinta-se desafiado às reflexões que ele propõe."


O terceiro livro da coleção Feminismos Plurais acabou de sair da pré-venda e já está fazendo barulho! Escrito por Joice Berth, o livro discute esse conceito tão em pauta. É sucesso garantido ;)
"Como mulheres de periferia do quarto de despejo da cidade, é importante falar o que entendemos como empoderamento a partir de nossas vivências. Não encontramos em nenhuma discussão produzida pelo movimento feminista branco uma possibilidade de construção de nossa identidade. Somos muitas, somos plurais.
Nossa discussão sobre empoderamento é no sentido da busca que fortalece o grupo na caminhada dentro de uma sociedade desigual, racista, machista, preconceituosa. Empoderar o coletivo leva a conscientização, união e a transformação das pessoas e da comunidade. Especificamente nós, mulheres periféricas, buscamos estratégias sempre criativas de superar a desigualdade, o machismo, a violência e a maneira como a sociedade nos vê e reage diante de nossas lutas.
Por causa de nossa história de opressão, silenciamento, marginalização, buscamos caminhos pra superação, daí o nosso entendimento do que seja empoderamento. Abrir a discussão sobre esse tema é vital pra nossa caminhada!


Uma das opções de março foi o livro Maria e eu, da Vanda Amorim. Esse mês temos mais um livro da autora para quem gostou e quer um pouco mais e até mesmo para quem tem interesse em conhecer o trabalho dela. É um livro sensível e muito bonito.
"A escalada da angústia de uma jovem e imatura mulher dominada pelas escolhas equivocadas. Eugênia abandona o homem que ama para assumir uma aventura desproposital. Em resposta às suas opções, fracassa em seu casamento e sofre as mais perversas agressões físicas e psicológicas daquele que escolheu para ser seu par. Em uma nova chance, sua filha Sofia, uma linda criança com paralisia cerebral, lhe mostrará um caminho que poderá ser a salvação de sua vida."





Esse é um livro para quem gosta de ler sobre temas mais sérios e densos. É extremamente interessante e tem uma linguagem bem didática!



24/04/2018

38 [ RESENHA ] Bodas de Fogo

Título: Bodas de Fogo (De Lacis #1)
Autora: Deborah Simmons
Editora: Bezz- Leque Rosa
Páginas: 295
Estrelas: 5/5
Livro: Cedido pela Editora- pdf

Tentando evitar um casamento não desejado após receber um decreto do rei Edward de escolher um de seus cavaleiros, Aisley de Laci escolhe o Barão Montmorency, conhecido como o Cavaleiro Vermelho, cuja fama é de que se isolou para ter liberdade de praticar as Artes das Trevas. Na certa o rei não endossaria um enlace desse e Aisley poderia voltar para sua vida em Belvry.Reconhecido como um dos melhores em batalha, o Cavaleiro Vermelho isolou-se  em Dunmurrow por motivos pessoais. E ele não quer uma esposa, não importa o quão rica ou bela ela seja. Mas mesmo sendo quem era, ele não poderia desafiar a ordem do rei, e uma vez que ela venha a ele, ele toma - e preserva.Em bora Aisley se recuse a acreditar nas histórias que fazem de Montmorency mais mito do que mortal, ela começa a se perguntar se ele possui poderes misteriosos. Senão, como explicar seus próprios sentimentos crescentes para com seu marido, um homem envolto pelas sombras e do qual ela nunca viu o rosto?Estaria ela sob um feitiço ou tinha verdadeiramente contraído Bodas de Fogo?
 


Aisley de Laci sempre foi uma menina muito rebelde desde o berço, principalmente por ter crescido com três irmãos, que lidavam com ela de forma áspera e rude, sem mãe para ensinar-lhes maneiras delicadas de tratar sua irmã. A família De Laci sempre foi muito rica e possuía uma propriedade em Belvry de dar inveja não apenas aos nobres, mas também ao próprio Rei Edward, que tinha muito apreço pela família. Contudo, a tragédia chegou cedo para eles.

 Enquanto os dois filhos mais velhos tinham sucumbido a uma febre, o terceiro fora morto na última Cruzada. Porém foi com a morte recente do pai que fez com que a vida de Aisley mudasse totalmente. Sendo a única sobrevivente dos De Laci, as circunstâncias exigiram que ela amadurecesse cedo. E aos 17 anos, Aisley se tornara uma Castelã muito respeitada, gerenciando as propriedades do pai, resolvendo problemas com êxito, levando os plantios à fruição, sem deixar de mencionar a casa, onde tudo corria tão bem que parecia tocar como uma melodia de um violino. Porém, para o Rei Edward, uma mulher não poderia gerenciar uma propriedade sozinha, então ao invés de receber uma recompensa pelos seus esforços, Aisley recebe um decreto; ela teria que se casar.

Aisley poderia escolher seu futuro marido entre os cavaleiros mais elegantes das terras do Rei, mas esta honra fora concedida a ela apenas porque tinha dinheiro suficiente para pagar pelo privilégio. Enquanto permanecia na Corte do Rei, cercada de cavaleiros ansiosos por um prêmio, Aisley franzia o cenho de puro desgosto e indignação, mas ao mesmo tempo, se sentia indefesa e sem escapatória do seu destino. Apenas sua criada, Edith, uma senhora de meia idade que a conhecia desde bebê, era capaz de reconhecer facilmente o seu humor.


Edith a aconselhava para se comportar e escolher sabiamente, usando a cabeça e não o coração. Aisley sempre fora uma jovem forte e esperta, mas também era teimosa e durona, por isso, ela não iria se entregar tão facilmente; ela tinha um plano. Escolheria o Barão Piers Montmorency, ou como ele era conhecido, o Cavaleiro Vermelho.

19/04/2018

16 [ RESENHA ] Playboy Irresistível

Título: Playboy Irresistível #3
Autor: Cristina Lauren
Editora: Universo dos livro
Páginas: 360 
Estrelas: 5/5
Uma linda nerd. Um incorrigível Don Juan. E uma aula de química só para maiores...Quando Hanna Bergstrom escutou de seu irmão que ela precisava ter uma vida social e se libertar um pouco da faculdade, ela jurou que iria cumprir essa tarefa: sair mais, fazer amigos, começar a namorar. E quem melhor para transformá-la na garota dos sonhos de todo homem do que o lindo melhor amigo de seu irmão, o investidor e playboy assumido Will Sumner? Will ganha a vida assumindo riscos, mas a princípio ele não bota fé na transformação daquela garota desajeitada... até que numa noite selvagem, sua inocente pupila o seduz e acaba ensinando uma lição sobre o que é ficar com uma garota ardente e... inesquecível. Agora que Hanna descobriu o poder de seu próprio sex appeal, resta a Will provar que ele é o único homem que ela precisa.


Senta que lá vem a resenha...

Tenho que dizer que esse livro me surpreendeu demais.
Quando li o resumo do livro na contra-capa, eu achei ele muito clichê. Parece muito com aqueles filmes que a gente acompanha na sessão da tarde.

Tipo: GAROTA NERD, CONHECE BONITÃO, TOMA UM BANHO DE LOJA, E DE REPENTE SUA BELEZA É DESCOBERTA.

E como eu tinha acabado de ler sobre o Sr. Max Stella no livro anterior da série, eu sinceramente fiquei um pouco decepcionada quando li a contra-capa. Mas como eu tinha que passar por esse livro pra seguir rumo ao fim da série, eu comprei o livro e comecei a folhear as páginas. Quando dei por mim, já havia lido 270 páginas e só queria saber do final.

Eu estava completamente apaixonada pelos dois.

Will é um solteirão assumido, e isso fica claro no livros anteriores quando ele aparece em algumas cenas. E é claro, ele tinha que ser lindo pra complicar tudo.

Daqueles que quando você vê pela primeira vez olha novamente só pra ter certeza de que é de verdade. E claro que nem tudo pode ser perfeito. Afinal, um cara lindo, bem sucedido, inteligente e divertido não poderia esta sozinho à toa.

17/04/2018

13 [ RESENHA ] O Misterioso Conde de Rothesay

Título: O Misterioso Conde de Rothesay (As Irmãs Reims #1)
Autora: Roxane Norris
Editora: Qualis
Páginas: 176
Estrelas: 5/5
Livro: Cedido pela Autora

Um homem atormentado pelo passado, uma mulher com o poder de mudá-lo, e embora seja essa a premissa de um amor verdadeiro, pairam entre eles um título, segredos e mistérios que os envolvem numa rede de intrigas além do desejo em seus corações. Será o amor capaz de salvá-los?
 

 
Era manhã de primavera e na casa a beira da estrada em Carlisle, Edward Reims havia saído para o sermão matutino enquanto suas filhas arrumavam a casa. Irina Reims, era a filha mais velha de um pároco viúvo que, após a morte da esposa, apenas pensava na educação das três filhas e em cuidar do presbitério.

Lady Charlotte Boyle era uma senhora de quarenta e poucos anos, gentil, inteligente e amorosa. Sendo filha do Conde de Carlisle, ela também era casada com o Duque de Abercorn, Harold Hamilton. O Duque vivia a negócios e em jogos, pois ocupava sua mente da preocupação de Charlotte não poder lhe dar um herdeiro. Porém, isso nunca a deixava triste, pois ela adorava visitar as três irmãs sempre que podia e tinha uma grande afeição de mãe por elas. Principalmente por Irina, cuja senhora desejava apresentá-la a sociedade, contudo o pai nunca concordou.

Foi numa dessas visitas que enquanto Irina declamava alguns versos que compunha, uma carta endereçada a Charlotte havia chegado. Um pedido de ajuda fora solicitado. A filha do Conde de Rothsay precisava ingressar na sociedade, mas nunca teve uma preceptora. O conde de Rothesay era primo de Charlotte, seu nome era Thomas Hattway, cujo pai era Barão de Windsor e Conde de Plymouth. Thomas era filho único e tinha um futuro promissor, contudo, suas conquistas e flertes quando era mais jovem eram vistos com receios pelas mães que procuravam um bom partido para suas filhas e pela sociedade que conhecia sua reputação.


Charlotte era muito amiga de seu primo e sempre o recebera em sua casa, mas isso foi antes dele se casar em segredo com uma mulher e ter uma filha sem a aprovação de seus pais. Depois disso, ele nunca mais foi visto. Não necessitava da aprovação de seus pais, pois se tornou Conde de Bute, por causa de um primo escocês que morrera sem deixar um herdeiro. As pessoas da cidade nunca viram sua esposa ou sua filha, com isso, as fofocas rondavam na cidade. Mas Charlotte não acreditava nas fofocas a respeito do Conde, pois ela pressentia que havia muito mais por detrás dessa história. E mesmo sendo paquerador, ela sabia que Thomas era incrivelmente inteligente e perspicaz.

12/04/2018

20 [ DICA DE SÉRIE ] The Sinner

Lançamento: 2017 || Temporadas: 1 || Episódios: 8 || Gênero: Drama, Suspense|| Elenco: Jessica Biel, Bill Pullman, Christopher Abbott ... || País: EUA || Indico para: +18

NOTA:  
A investigação acerca de um crime precisa acabar quando se sabe qual foi o crime e quem foi o criminoso? Quando uma jovem mãe de família comete um crime nefasto em público e se vê incapaz de explicar o motivo que a levou aquele estado de fúria súbito, um investigador se torna cada vez mais obcecado em entender as profundezas da psique da mulher, desenterrando os momentos de violência que ela tenta manter no passado, longe dos olhos do mundo.

Falar dessa série não é fácil, principalmente por conta da primeira cena que acontece logo no primeiro episódio, toda história parte dessa cena e ela é desenvolvida tão maravilhosamente que eu realmente me senti parte dela, me senti presente ali, como se eu estivesse assistindo tudo de perto, os sentimentos que a cena me passou foi realista ao extremo. Legal é a pessoa começar a série as escuras, acho que dá aquela emoção maior, mas enfim, tudo o que eu falar aqui nessa resenha confiam em mim, não será spoiler. 

Cora mora em uma cidade pequena e tranquila, com seu marido Mason e seu pequeno filho (que não me recordo o nome) de aproximadamente 2 anos. Uma mulher bonita, tranquila, de bom caráter que segue uma vida honesta e comum, até que um dia sua vida muda drasticamente. 

Imagem relacionada

Cora estava na praia com Mason e seu filho, parecia ser um dia de praia normal, um dia tranquilo em família, a praia estava lotada, o dia ensolarado e nada fora do normal. Cora cortava uma simples fruta para seu filho quando um rapaz coloca uma música para sua namorada e algo acontece com Cora, o pânico toma conta dela mudando-a completamente seu estado emocional e ali no meio daquela multidão, ela levanta em fúria e mata o rapaz que ela nem mesmo conhecia, na frente da namorada, na frente do esposo, na frente do filho... Na frente de todos. 

10/04/2018

18 [ RESENHA ] A Parte que Falta

Título: A Parte que Falta
Autor: Shel Silverstein
Editora: Companhia das Letrinhas
Páginas: 112
Estrelas: 5/5
Livro: Cedido pela Editora Companhia das Letras
Com sua poesia hábil e sensível, Silverstein aborda neste livro a busca do autoconhecimento e da completude. A metáfora se dá por meio da história de um ser circular a quem falta uma parte. Otimista, ele se lança no mundo à procura de preencher esta lacuna. À medida que descobre o universo ao redor – e também a si mesmo –, percebe que as relações interpessoais são muito mais complexas e delicadas do que pensava e que a felicidade quase sempre está dentro de nós mesmos – e não no outro. Uma prova de que a liberdade é o maior bem que podemos possuir.

O livro foi um presente que recebi da editora Companhia das Letras
Resultado de imagem para a parte que falta

Nunca me senti tão estranha lendo um livro. Eu fui tão inocente, estava preparada para ler um livro fofinho com uma história "bobinha e cute" para crianças, estava preparada para uma simples e inocente história infantil que em seguida seria lida para meu baby de quase 2 aninhos de idade. Mas o que aconteceu foi simplesmente inacreditável.

Eu juro que não vou conseguir passar nem 2% da minha reação lendo o livro e muito menos minha reação após ler o livro. Foi surreal.

Imagem relacionada



 1ª Reação


Imagem relacionada



2ª Reação



Resultado de imagem para gif surpresa


3ª Reação


Resultado de imagem para gif confuso


4ª Reação




Como comecei a leitura esperando uma simples história infantil, fui pega de surpresa, fiquei confusa sem saber o que estava acontecendo ali. Apenas devorei o livro e a ficha foi caindo aos poucos, a cada página.  Então ao terminar o livro e refletir sobre o que o autor estava tentando passar para o leitor eu simplesmente achei tudo aquilo muito incrível. Depois as reflexões ficaram intensas e percebi que o livro pode ser interpretado de diversas formas e isso bugou meu cérebro. Enfim... Vou tentar contar para vocês essa breve história.

09/04/2018

10 [ RESENHA ] Volte Amanhã

Título: Volte Amanhã
Autor: Reinaldo Fontes
Editora: Autografia
Páginas: 158
Estrelas: 4/5
Livro: Cedido pela Editora

Gabriela Moraes pode ter diversos defeitos, mas certamente autoestima não é um deles. Para ela, os desafios diários não passam de pequenos testes para a sua parede mental de persistência. Acostumada a olhares de reprovação, ela sabe que precisa de uma força duas vezes maior que as dúvidas que a cercam. É com essa força que ele enfrenta a distância de sua família, a opressão velada vivenciada em sua universidade e o medo de sucumbir a um improvável amor.
 


Gabriela Moraes é uma mulher moderna de 22 anos, que mora na cidade de São Paulo, ama usar salto alto e de se vestir de forma ousada. Além de ser bastante extrovertida, ela procura sempre dizer o que pensa e nunca levar desaforos para casa, o que às vezes desencadeava numa hilária confusão quando algo não saia como ela planejara.   

Contudo, além de ter que lidar com pessoas que não a conheciam e que a julgavam pela sua aparência, Gabí também tinha que lidar com seus pais. Seu pai, Ricardo, era um homem sério e silencioso, mas bastava apenas um olhar em sua direção, que ela logo percebia toda a frustração e vergonha que ele sentia pela filha ser tão extravagante. Já sua mãe, Teresa, mesmo sendo o mais próximo de refúgio familiar que Gabriela possuía, sempre foi bastante introvertida e nunca levantara a voz para o marido.

O silêncio estava tão impregnado que ao chegar em casa, Gabriela passava pelos pais e ia direto para o quarto que era o seu refúgio. Refletir sobre o quão diferente a sua família se tornara, fazendo-a relembrar dos curtos, porém bons momentos da sua infância.

Mesmo tendo estudado em colégio particular até a conclusão do ensino médio, e da sua família ser classe média alta por conta da carreira de sucesso do pai, um desembargador aposentado, Gabí sempre teve os pés no chão. Estagiando desde os dezesseis anos, ela procurava ter a sua independência e liberdade, o que deixava Ricardo bem irritado e sem saber o que fazer.


“O jeito Gabí de ser não era tradicional. Na medida em que minha transparência não fazia sentido para as pessoas, minha forma de lidar com os haters me colocava em um degrau acima, aquele que não cai tão cedo e se mantém firme diante das complicações. Meu corpo esguio, com 1,80 perfeitamente distribuídos em um corpo curvilíneo – beijinho no ombro -, cabelos escuros, olhos castanhos e traços delicados geravam um tipo de destaque. O fato de eu ser meio brava, questionadora e bem resolvida comigo mesma me destacava ainda mais. Em uma sociedade sexista e conservadora, talvez eu ainda não conseguisse fazer o mundo me aceitar, mas eu certamente o faria me respeitar. Você precisa de poucas coisas para sobreviver, uma delas é amor próprio.”

05/04/2018

11 [ RESENHA ] Estranho Irresistível


Título: Estranho Irresistível #2
Autor: Cristina Lauren

Editora: Universo dos livro
Páginas: 288
Estrelas: 4/5
Um charmoso playboy britânico. Uma garota determinada a finalmente viver. E uma ligação secreta revelada em cores quentes... Após ser traída, Sara Dillon se muda para Nova York em busca de agitação e paixão sem compromisso. É assim que ela encontra um sexy e irresistível dançarino britânico de uma boate que não deveria significar nada além de uma noite de diversão. Mas a maneira – e a velocidade – com a qual ele acaba com suas inibições está prestes a transformar essa relação em algo arrebatador.




Um breve gostinho da história...


Nessa história temos a Sara, uma mulher que teve um longo e extremamente passivo relacionamento com um cara que a traia.

Ela estava tão cega com o que ela sentia por ele e pelo comodismo de estarem juntos, que ela simplesmente aceitou por muitos anos permanecer ao lado desse cara.

Mas então, um belo dia aquele famoso clique se liga dentro dela e ela percebe que não precisa daquilo. Não precisa daquela vida medíocre e nem daquele cara mala e idiota.

Então ela resolve recomeçar.

"Quando minha antiga vida morreu, não se pode dizer que foi calmamente, durante o sono. Ela levou um tiro. Para ser honesta,fui eu mesmo quem apertou o gatilho.”

Bennett oferece um emprego para Sara na nova filial da RMG e ela aceita porque quer ter uma vida nova. Uma nova Sara, como ela mesmo cita no livro.

Numa dessas "novas aventuras", ela conhece Max Stella. Um cara lindo, bem sucedido, interessante e... eu já disse lindo ? rs

"Ele estava bebericando seus três dedos de uísque com um amigo – e, vendo como pouco se surpreendeu por ser flagrado me olhando, entendi que vinha observando a noite toda cada movimento que eu fazia. O efeito dessa percepção foi mais potente que o álcool. Aqueceu cada centímetro da minha pele, queimou o meu peito e continuou descendo: o calor passou pelas minhas costelas e se concentrou na minha barriga. Ele levantou o copo oferendo um brinde, tomou um gole e sorriu. Senti meus olhos se fecharem lentamente. Eu queria dançar para ele."

03/04/2018

21 [ RESENHA ] A Lady de Lyon

Título: A Lady de Lyon
Autora: Julie Garwood
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 464
Estrelas: 5/
Livro: Cedido pela Editora

Julie Garwood , aclamada autora dos best-sellers Esplendor da honra e Um amor para Lady Johanna, traz novamente uma inesquecível história de amor...Christina Bennett causou furor na sociedade londrina. A arrebatadora beldade esconde com sucesso o segredo de seu misterioso passado até a noite em que Lyon, o Marquês de Lyonwood, rouba-lhe um beijo ousado e sensual. O arrogante aristocrata com coração de pirata prova o gosto do fogo selvagem que arde por baixo do charme indiferente de Christina e anseia por possuí-la intensamente.Mas a destemida e insolente Christina não será conquistada com tanta facilidade. Dona do próprio coração e de sua fortuna, ela resiste às sensuais carícias de Lyon. Ela se atreve a não se render ao seu amor... pois, se o fizer, também terá que abrir mão de seu precioso segredo... e de seu destino prometido!


Em 1797, o Xamã, Wakan, da tribo dos Dakotas finalmente teve a visão que tanto ansiara. Contudo, havia algo na visão que o deixara intrigado e até mesmo assustado. Wakan viu uma manada de búfalos, que simbolizava o povo Dakota, e no meio deles havia um belíssimo leão da montanha, seus pelos eram brancos e os olhos eram incrivelmente azuis. Mas o que poderia significar esse leão?

Ao retornar a aldeia, Wakan temeu contar a visão completa ao seu líder, Águia Cinzenta, pois este estava muito desolado por ter perdido a filha, Alegria, e o neto, Águia Branca, durante uma batalha contra uma aldeia inimiga.

Mas para o alívio de todos os Dakotas, mãe e filho retornam sãos e salvos para a sua aldeia depois de onze meses desaparecidos. Porém, o que Alegria carregava em seus braços, surpreende a todos, principalmente Águia Cinzenta, e o marido de Alegria, o guerreiro, Lobo Negro.


Seu nome era Christina, uma menina branca, de cabelos loiros da cor do relâmpago e olhos azuis. Aos dois anos, Christina já era uma criança muito curiosa, determinada e possessiva em relação à Alegria e Águia Branca, que agora eram sua família. E apesar de ser filha de um homem branco, ela falava a língua dos sioux tão bem quanto qualquer criança Dakota.

01/04/2018

1 [ LANÇAMENTOS ] Universo dos Livros - Abril

Olá meus queridos e amados leitores! 

Tudo ok? Tudo blz? Tudo no lugar?

Hoje vamos conhecer os lançamentos de abril da editora Universo dos Livros... Quem aí está mega curioso? Eu estou...

Então vamos lá?




Estilhaça-me
Um toque é o bastante. Com apenas um toque, Juliette Ferrars é capaz de fazer um homem adulto se ajoelhar de dor e implorar por misericórdia. Um único toque de Juliette pode matar. Ninguém sabe por que a garota tem um poder tão impressionante, o qual ela acredita ser uma maldição, um fardo que uma pessoa sozinha seria incapaz de carregar. Contudo, o Restabelecimento enxerga essa característica como um dom e passa a vê-la como uma oportunidade – uma oportunidade de usá-la como arma letal. Porém, Juliette tem seus próprios planos.


Restaura-me
A história de Juliette e Warner continua no eletrizante novo volume da série Estilhaça-me, de Tahereh Mafi, autora best-seller do The New York Times. Juliette Ferrars acreditava ter vencido. Assumiu o controle do Setor 45, foi nomeada nova Comandante Suprema da América do Norte e agora conta com Warner ao seu lado. No entanto, quando a tragédia se instala, Juliette precisa confrontar a escuridão que existe tanto à sua volta quanto em seu interior.
© Coleções Literárias ♥ 2018 - Todos os direitos reservados ♥ imagem-logo