14/03/2015

[TAG] Minha Vida em 10 Músicas



Oi pessoas!
Hoje vim trazer para vocês uma tag mega legal, não sei quem a criou, mas fui indicada pelo Marcio do blog Um Baixinho nos Livros
A tag funciona assim, tenho que relacionar momentos da minha vida em música, mega legal né? Então vamos lá?

1- Uma música que te lembre um momento bom.
Gente! Essa é maldade né? Como posso escolher apenas uma? Não dá né? kkkk Quando eu ainda estudava no ensino fundamental eu e meus amigos tínhamos uma música que amávamos e ainda amamos, na verdade são duas, Só Hoje - Jota Quest e Numb - Linkin Park. Sempre que escuto essas músicas me lembro dos meus amigos, dos momentos bons.






2- Uma música que defina sua vida.
Nossa! Essa é difícil também. São muitas músicas, em cada uma das minhas favoritas há um pouco de mim, mas para representar todas elas eu escolho Nobody's Perfect - Jessie J. Amo justamente essa versão acústica, Jessie canta com sentimentos e a letra dessa música é inacreditavelmente linda.




3- Uma música que foi tema de algum relacionamento.
Não posso escolher outra música que não seja a que eu cantei mais meu esposo no nosso casamento não é mesmo? O tempo não pode apagar - Cassiane e Jairinho




4- Uma música que sempre te faz chorar.
Esse sim é fácil. Não tem ser humano no mundo que não chore escutando essa música, quanto mais assistindo esse vídeo, não ha uma só vez que eu não ouço a música sem chorar. Quem quiser saber a história do cantor e sua noiva (para quem ele fez a música) clique AQUI. Chris Medina - What Are Words.




13/03/2015

[PARCERIA] Daniele Fleur & Hellen Pimentel


Olá pessoas!!!
Hoje vim trazer mais um post de parcerias para vocês. Eu estou muito feliz e quero compartilhar minha felicidade com vocês. Fechei parceria essa semana com a Hellen e com a Dani, elas são lindas né? Vamos conhecer o trabalho delas?

[DIVULGAÇÃO] Promoção livros da autora Li Mendi


Livros com até 50% de desconto. (NÃO VAI PERDER, VAI?)
Para aproveitar a promoção é só enviar um e-mail para a autora e dizer que é seguidor do blog Coleções Literárias.

12/03/2015

[RESENHA] Sempre Foi Você - Anna Lemos

Titulo: Sempre foi Você
Autora: Ana Lemos
Editora: Novo Século
Páginas: 264
Estrelas: 3/5
Livro: cedido pela autora para resenha.
Quando a brasileira Lucy Somel passou a morar em Nova York ela tinha apenas uma meta: concluir a faculdade de direito e trabalhar ao lado de sua grande amiga Anna. O amor parece não caber em seu projeto de vida, considerando os poucos breves e decepcionantes relacionamentos.No entanto, esta linda e inteligente mulher será surpreendida por uma “forcinha do destino” ao conhecer seu orientador para o trabalho de conclusão do curso. Marco Salvatore é uma lenda dos tribunais, talento que lhe garantiu a fama de ser um dos melhores advogados da cidade, porém, relacionamentos amorosos também não estão em seus planos.O desejo entre os dois é imediato, mas será o suficiente para fazer marco mudar de ideia e iniciar um relacionamento duradouro? Ou fazer Lucy acreditar que pode viver um grande amor?




E se você se apaixonasse pelo seu orientador de conclusão da faculdade?

Luciana ou (Lucy) é uma brasileira cheia de sonhos, quando ainda estava no ensino médio conheceu Anna, uma garota dos Estados Unidos que começou estudar na sua sala temporariamente, pois o pai estava no país para resolver negócios. As duas ficaram melhores amigas, Lucy conquistou também o coração da família de Anna que resolveu fazer uma proposta para sua mãe, sabendo que Lucy sonhava em terminar os estudos nos Estados Unidos. Dona Inês aceita e Lucy vai morar com a nova família longe do seu país. Na faculdade Lucy e Anna conheceram Thomas, Bia e Kat e logo tornaram amigos.

Anna e Lucy escolheram se formar em Direito, e no trabalho final de conclusão cada uma teria um orientador, é aí que tudo muda na vida dessa brasileira. Lucy estava certa que seu orientador seria um senhor de idade ou uma mulher, mas quando viu Marco pela primeira vez ela sabia que estava encrencada, pois o homem era um deus grego (como ela mesma diz). Depois de uma entrevista Lucy conhece sua sala e começa o trabalho.
Em poucos dias o clima esquenta entre ela e Marco e rola o primeiro beijo, depois disso eles começam uma guerra para manter o lado profissional longe do pessoal.

Lucy é muito ligada aos amigos, eles sempre se encontram nas quartas-feira para colocar a "fofoca" em dia e é lógico que Lucy era o centro da atenção, sendo obrigada a contar tudo o que acontecia com ela e Marco em todos os detalhes.

Eu gostei do livro e vou explicar o motivo das três estrelas. No inicio eu gostei da personalidade forte de Lucy, o jeito como ela falava o que pensava para Marco, como ela o retrucava, odorei os diálogos deles no incio. Mas as coisas mudaram quando acontece uma tragédia e ela volta urgentemente para o Brasil e nesse tempo longe de Marco eles tem a experiencia da primeira briga, eu achei que Lucy e todos seus amigos e família fizeram uma tempestade em copo d'água. É claro que o que Marco fez foi feio, não confiou nela e precipitou seu ponto de vista sem dar a ela a chance de se explicar, mas acho que não precisava daquilo tudo. Outra coisa que me incomodou um pouco foi o fato da Lucy e Marco só pensarem em sexo, caramba gente!!! kkkkkkkkk Eles só pensam nisso quando estão juntos, vão jantar e não há uma narrativa sobre o jantar, mas sim depois do jantar kkkkk (sexo), então senti falta de diálogos entre os dois. Lucy também age de forma bem infantil, mas isso não me incomodou, eu até me identifiquei nessa parte com ela kkkkk. Ela também se deslumbra facil com coisas um pouco simples, mas fazer o que né? Ela é uma mulher apaixonada.

Marco é bem romântico e tal, tirando o fato de ser muito tarado. Para falar a verdade eu gostei de três personagens um deles é Thomas, um dos amigos de Lucy que é gay. Os outros dois foram os personagens que mais me identifiquei e já sei que o próximo livro conta a história desses dois, então com certeza vou amar o livro, os personagens são Andrew e Alice, ele é irmão da Anna e da Lucy por consideração já foram criados juntos, e Alice é a secretaria da Anna e Lucy. Me apaixonei por esses dois e não vejo a hora de ler o livro narrado por eles.

Algo que gostei muito no livro, foi a persistência da Lucy, sua dedicação total aos estudos, e como o livro mostra perfeitamente bem a luta de uma garota de origens difíceis para realizar seus sonhos. Seu carinho pelas pessoas que a cercam e como mirou no alvo e por mais que estivesse a beira de desviar ela não desviou e o atingiu em cheio, gosto disso em Lucy.

Sempre foi você é o primeiro livro da trilogia Amores Traçados, narrado em primeira pessoa com capítulos intercalados entre Lucy e Marco, outra coisa que eu particularmente adoro, pois assim é possível que o leitor saiba o que ainda na mente e coração de ambos personagens. 
Para quem quer ler um livro mais leve e hot, esse é o livro. A leitura flui rápida, quando menos se espera vocês já leu uma boa parte do livro. 
Agora eu estou ansiosa para ler o livro narrados por meus personagens favoritos Alice e Andrew, eu nem imaginava que o próximo livro seria dos dois e fiquei mega feliz, pois eu estou apaixonada por eles.

Obs: Quem aí percebeu que o sobrenome do Marco é o mesmo dos irmãos mais lindos do mundo Stefan e Damon Salvatore da série The Vampire Diaries. Adoreiiiiii.









QUOTES
Você tornou-se parte minha, sem a qual não posso mais viver, porque você é o coração que bate em meu peito, é a razão pela qual acordo todos os dias, o sol que aquece e ilumina minha vida. - Pág 246
Parece que vou acordar de um sonho e descobrir que meu príncipe encantado virou sapo e fugiu para o lago mais próximo. - Pág 248
Não tenho nenhuma dúvida a respeito disso, desde o dia em que percebi que estava apaixonado por você, Lucy. Sempre foi você! - Pág 248

É isso pessoal, quem já leu ou quer ler o livro deixe sua opinião nos comentários.
Ana Lemos minha linda, obrigada pela confiança e desculpe pela sinceridade :/ mas tenho certeza que vou amar o segundo livro, pois me apaixonei por Alice e Drew no primeiro livro kkkkkk, Alice é muito misteriosa, estou louca para saber por que corre tanto do coitadinho.

Beijinhos e até a próxima

11/03/2015

[PARCERIA] Autoras Parcerias



Oii pessoas!
Aqui estou eu com mais um post de parceria e meu sorriso está nas orelhas kkkkkkk. Vamos conhecer as novas parcerias do blog?

10/03/2015

[ENQUETE] Beleza Padrão


Oiii pessoas!
Hoje vim trazer para vocês o segundo post de enquete hehehehehe. O tema é beleza padrão, e chamei alguns amigos para responder a pergunta acima, com participação especial do blogueiro Marcio do blog Um Baixinho nos Livros e da Cinthia a linda parceira do blog, autora do livro fofo Um Novo Amanhecer (UNA) veja a resenha.
Vamos lá conferir as respostas dessas pessoinhas do meu coração?

Cruel, pois desde a infância somos induzidos a crer que, meninas magras, de cabelos lisos e olhos claros é o que realmente é belo. Na adolescência isso se repete, quando chegamos a fase adulta somos apresentados a mulheres com corpos esculturais e cabelos perfeitos mas e onde encontramos isso? Apenas na televisão, cinema e revistas, e infelizmente acabamos cobrando demais de nós mesmas sendo que a grande maioria da população não se encaixa nos padrões estabelecidos pela mídia Ser baixa, gorda, negra ou ter cabelos verdadeiramente cacheados para a mídia é sinal de fraqueza, timidez, inferioridade, podemos ver isso claramente nos personagens, geralmente os protagonistas não seguem esse padrão. É triste, mas infelizmente essa é a ditadura da beleza nos dias atuais. Muito silicone, nada de barriga e o máximo de coisas artificiais que possamos colocar em nosso corpo.




A grande verdade é que a luta pela liberdade e conscientização, de que o melhor padrão de beleza é você nunca cessou. Essa luta só se modificou com o tempo. Hoje de forma bem clara observamos cada vez mais meninas darem um bye bye a ditadura da chapinha. Mas a pergunta que se tornou explicita na minha mente é será que junto com esse novo movimento e identidade própria trazem a consciência negra junto? Parece que não! A consciência negra não se restringe só a mulheres mais a homens também. Quando o Brasil conseguir ver o homem que adere e topa assumir sua identidade negra seja em forma de um Black Power ou um Dread normal teremos um dos melhores remédios para o Brasil que é o de se perceber que seguir padrões de beleza impostos é a maior furada. Sem contar que teremos uma diminuição significativa de suicídio e depressão e um aumento enorme da alegria e valorização própria. Diga não a ditadura da Beleza!

Na minha opinião, a sociedade muda, a mídia prega uma coisa hoje que dentro de alguns meses já não estará mais na moda, os padrões mudam. Dietas, treinos, medicamentos e outros produtos são diariamente a solução mais buscada pelas pessoas que querem melhorar sua aparência. De um modo geral, os valores de beleza que são propagados pela mídia têm uma forte influência sobre o que a sociedade contemporânea define como “corpo perfeito”, o que se tornou uma das maiores buscas das pessoas. Sem duvidas, o verdadeiro padrão de beleza não esta em um rosto ou corpo bonito, mas sim no caráter (uma coisa que dificilmente a mídia prega). Concluindo, desde que as pessoas não se esqueçam disso, a busca pelo padrão de beleza, desde que, de maneira saudável, embora oscilante e difícil de ser alcançada pode até ser bem sucedida.

Eu não concordo muito com essas regras de padrões de beleza!!!
Pois há muitas pessoas que tem sonho de ser por exemplo modelo e quando vão para fazer um teste, acabam sendo reprovados.
Hoje em dia somos muito julgados pela nossa beleza, se somos bonitos: acabamos sendo aceitos em tudo que é tipo de evento “por exemplo”.
Mais se somos feios! Não recebemos nem pelo menos um elogio, olham dos pés a cabeça e não é só com esse tipo de beleza, desvalorizam até uma pessoa que é baixinha ou tem algum problema e acabam por se levar pelo preconceito. Por isso não concordo com esse tipo de padrões de beleza.

Primeiramente quero agradecer a Cinthia (autora do livro UNA), Jeferson e Greicy (Meus amigos lindos) e ao Marcio um querido amigo blogueiro. Obrigada pelo carinho, por tirarem um tempinho para me ajudar com esse post.

E aí? Qual é a opinião de vocês? Deixe um comentário.
Beijinhos e até a próxima.

09/03/2015

[RESENHA] Divergente - Veronica Roth

Titulo: Divergente
Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco
Páginas: 502
Estrelas: 5/5

Sinopse: Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.


Em um futuro distante na cidade de Chicago a sociedade foi dividida em cinco facções - Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição. Quando os jovens completam 16 anos são submetidos a um teste de aptidão e então devem escolher uma facção entre as cinco.

Beatrice nasceu na facção da abnegação, mas nunca sentiu que se encaixava ali. As pessoas da abnegação são altruísta, sempre ajudam ao próximo e principalmente aos sem facções que são desprezados pelas demais facções e por serem altruísta foram os escolhidos para serem membros do (governo) que mantem a ordem na cidade.
Aos 16 anos Beatrice e seu irmão Calebe são submetido ao teste de aptidão para saber em qual facção melhor se encaixam... Esse teste muda completamente a vida de Beatrice.
Ao final do teste Beatrice descobre que ela não se encaixa em somente uma facção, mas sim em três, o que chamam de divergente. Tori (a mulher que realizou o teste em Beatrice) explica que ela não pode contar para ninguém o verdadeiro resultado do seu teste, pois se descobrirem que ele é divergente eles a mataria.
Beatrice vai para casa sem saber o que fazer (o teste deveria facilitar sua escolha) no dia seguinte ela escolhe sua facção permanente e sua vida muda completamente.
Na sua nova facção ela será submetida a diversas provas de competições que determinará quem será membro de uma vez por todas dessa facção. Beatrice muda o nome para Tris, conhece um rapaz, lindo, surpreendente, misterioso e perturbador, logicamente ela se apaixona por ele.
A cada prova de competição fica mais difícil manter em segredo seu verdadeiro resultado do teste de aptidão, mas Tris também descobre que esse segredo pode também salvar não somente ela, mas sim a todos que ela ama.

Eu ouvia muitos comentários positivos sobre essa trilogia, mas como um amigo malvado tinha me contato o final da trilogia eu não quis ler na época, mas em janeiro eu estava na loja americanas aqui na minha cidade e vi que o livro estava em uma promoção, não resisti e comprei, comecei a ler imediatamente, até porque eu queria assistir o filme, e bom! ameii.
Não posso dizer que me identifico plenamente com a Tris, pois não tenho toda aquela coragem que ela tem, mas gosto do fato dela ser forte, determinada e não fazer rodeios em nada. O Quatro é lindo, e frio (perfeito). Amei a escrita da autora, odiei quem deveria odiar e amei quem deveria amar.
Logo depois assisti o filme e fala sério... O livro é bem melhor, mesmo que o filme não seja horrível, mas faz favor heim. Que cachorro era aquele gente? lkkkkkkk e a Tris do livro é muito mais corajosa e forte do que a do filme. Onde foi parar a cena do Quatro colocando a arma da cabeça do idiota do Peter? e a pessoa que morre logo no inicio? (Não é spoiler gente kkkk pelo menos não é um spoiler importante). Bom! o livro é melhor.

Quero terminar a trilogia ainda esse ano, até por que insurgente estará em breve nos cinemas (ou já foi?)
Mas é isso pessoal, não vou ficar falando muito, pois acho que todo mundo conhece essa história né? Então vamos as quotes :3


QUOTES


Com o passar do tempo, o vazio desaparecerá, como ocorre quando um órgão é removido e os fluidos corporais preenchem o espaço que deixou. Os humanos não conseguem tolerar o vazio por muito tempo. - Pág 51
O abismo serve para nos lembrar que há um limite tênue entre a coragem e a estupidez! - Pág 72
-Estou desenvolvendo uma teoria.
-E o que diz sua teoria?
- Que você está pedindo para morrer. - Pág 77
A razão humana é capaz de justificar qualquer mal; é por isso que não devemos depender dela. - Pág 111
[...] a melhor maneira de ajudar alguém é simplesmente ficando a seu lado. - Pág 203

E aí? Quem já leu o livro ou assistiu o filme? Deixe um comentário.
Beijinhos e até a próxima
© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo